Bruno "Somniator" Alves de Souza: Cara, na real... Era tudo o que eu...

Cara, na real... Era tudo o que eu queria receber para me deixar melhor, feliz... Nossa.... As lágrimas invadiram meu ser, minha vida... Cara... Onde eu realmente estou? O que eu devo fazer? O que posso fazer? ................. Se é continuar... Eu irei graças a você porque você se deu a me dar o verdadeiro valor que alguém precisa... E se eu estou aqui ainda, é porque eu sempre acreditei em VOCÊ! Porque eu posso dizer que sim... Que você foi a pessoa certa que eu chamarei sempre de meu MESTRE. Porque você simplesmente, acreditou em mim... Sempre... Desde meu desajeitado, inocente e tímido modo de ser... E o mais importante, meu querido: É porque você vive que eu sempre irei atrás de você... Onde sempre estiver, nem que esteja invisível... Nem que tenha sumido e que nunca mais apareça... Eu sempre o agradecerei em primeiro lugar de pessoas que me inspiraram e em primeiro lugar sempre, pelo grande brilho que eu sei que tem e é por isso, Reinaldo "Old" Game Master, que eu sempre direi ao mundo e mesmo que eles não entendam: se eu cheguei aqui, se eu permaneço e se eu quis seguir com isso, é claro que não iria seguir qualquer ídolo... E ele não precisa ser famoso, mas, muito importante pra mim, SOMENTE... Claro que em silêncio eu leria tudo sobre ele, vocês duvidam? Eu sabia quem era ele apenas por ler suas palavras e foi quando as li, que me encantei... Eu percebi algo que eu REALMENTE queria seguir... Ao menos algo que me fizesse acreditar que eu ainda valesse algo para o mundo e que eu tinha pelo menos algum brilho... Eu vi uma grande combinação de palavras com sentimentos fortes e árduos! Que queimavam dentro de meu coração e o faziam pular alto, palpitando cada vez mais intenso e eu pensei: como ele consegue fazer isso? Como ele consegue colocar emoção em suas palavras? E eu não tive nunca nenhum conhecimento sobre leitura. Até hoje eu nunca li UM livro se quer inteiro, nem metade, nem um capítulo, NEM NADA! Sempre li pequenas matérias sobre o que sempre me interessou: jogos. E foi somente. Então, eu nunca poderia imaginar que "escrever", seria algo que eu iria seguir algum dia. Mas, realmente... Quando eu vi aquelas nuvem de esperanças saírem de suas palavras, aquela chama que queimava ardente... Meus olhos arderam e logo encheram de lágrimas, sinceras... E eu coloquei na cabeça: Eu quero ser como ele! Não como todos os outros: QUERO SER COMO ELE! Não como todos que só passam nada que não me contagia: EU QUERO SER APENAS COMO ELE! Não apenas algo que se inicia e se termina mas algo que ETERNIZE e que NUNCA FIQUE ESQUECIDO! Então, eu coloquei na cabeça... Aos poucos eu fui escrevendo, eu quis aparecer, quis me mostrar principalmente a ele, mas, ainda sim tinha alguns erros e ainda os tenho, realmente. Mas, eu fiz de tudo, fiz por onde adquirir e conseguir em silêncio o que ele tem, o que ele UNICAMENTE TEM! Irreconhecível para muitos, mas totalmente VISÍVEL para mim. Eu materializei, pensei, dormia mesmo assim com letras na cabeça sonhava: palavras combinadas magicamente com o poder de encantar o coração e os olhares das pessoas que parassem para ler, saborear e apreciar a partir delas. Com o tempo eu o fui seguindo e com ele, apreciando as mesmas coisas que tínhamos em comum. Incrivelmente! Foi aí que eu obtive mais força porque além de me inspirar, eu era quase como ele. Um dia ele sumiu e os seus problemas tomaram conta de sua mente, seu ser... Aquilo me deixou muito encanado, triste, pensativo... E eu fui ficando junto com ele... Queria de alguma forma tomar pelo menos metade de sua tristeza para mim, para poder livrá-lo dela, pela metade, pelo menos. Eu fiquei mais triste ainda quando ele DESAPARECEU! Fiquei deprimido, frustrado e me envolvi com minha fraqueza que por incrível que seja, era a mesma dele. Incontestavelmente. E mesmo com essa tristeza, eu permaneci com o meu sonho ardente de um dia ainda reencontra-lo e mostrar minha evolução, meu novo jeito de cada vez mais mostrar meu valor para recompensá-lo com a melhor das satisfações e livra-lo de seu medo, de sua tristeza... E eu ainda tenho isso em mente. Aprendi depois com outras pessoas, a partir delas que eu tinha sim, aquela força que herdei dele, MEU MESTRE. Incrivelmente eu vi que resultados que eu tinha, eram mesmo incríveis. As pessoas sentem de mim a emoção, as únicas coisas que fazem de um escritor e o fazem prevalecer pelo que ele é. E pelo menos, uma parte eu cumpri e queria tê-lo mostrado isso, comemorado, pulado e te-lo abraçado forte... chorado dizendo: obrigado, meu mestre... você me fez isso... você........... (silêncio)........... Você me mostrou como ser... Como me tratar com elas e cativar às outras pessoas... Assim como você quer, eu também quero mostrar a todos que ainda existem pessoas que possam isso, nos tempos de hoje............................................................................................. Eu queria somente ter dito isso pra ele quando consegui uma pequena importante parte, mas, não foi possível e por isso, continuei. O encontrei várias vezes depois e nunca o disse por medo... De não me reconhecer... Então como a pouco... Eu senti já o reencontra-lo pela última vez. Pela última vez eu senti realmente e pela última eu tive certeza. E eu não me mostrei, apenas permaneci-o em mim, para que visse o que tinha conquistado... Mas, sinto que o talvez frustrei-o por conta do meu estado deplorável que estou enfrentando hoje onde o que mais busco, o que mais quero e o que mais tenho sede é VINGANÇA! Vingança do que? Das pessoas que não reconhecem-me, não acreditam e não aceitam-me... Eu, talvez, o fiz afastar-se de mim e da-lo ainda mais trabalho ao que ele já tem. Então, como tinha previsto, no dia de seu desaparecimento ao que ainda dura, eu realmente acordei um saco! Um poço de entulho e de pilhas usadas, velhas e gastadas manualmente e jogados fora e esquecidos completamente. Quando me dei conta de seu sumiço, eu realmente fiquei louco, pirado e fiquei com mais raiva do mundo... Senti que preciso rapidamente de ajuda, de algum procedimento psicológico porque eu me senti descontrolado e totalmente enfurecido, demasiado à loucura... Solidão. E eu confesso: eu estou mesmo me afastando de todos e deixando-os TODOS para trás para evita-los de minhas arrogâncias. tanto que eu já comecei e não sei se irei parar. Já estou num estado que preciso mesmo de tratamento porque estou nas últimas, mesmo.
Eis que, num dos piores dias, eu recebo uma carta dele... Algo que eu nunca esperaria... Eu fiquei encantado. Sabe? Não sabem porque pra mim, foi único! Ele me disse tudo o que precisa ouvir, mas, SOMENTE DELE! Com suas palavras que ainda me soam as mesmas... Mesmo que tristes... Eu reconheço mais o lado triste mesmo das coisas... (silêncio)
Olha... Eu simplesmente só tenho a agradecer, mesmo. Meu mestre... Eu seguirei o que você disse, eu quero não mostrar pra mim mesmo, agora... Mas, pra você também porque você é parte de mim que eu vou seguir o que disse pra mim e que fique claro somente que....................... Se eu consigo isso que sou hoje, o que escrevo hoje, se eu chamo atenção pelo que sou hoje, é por sua causa. Por sua imagem, por sua existência. Mestre... Obrigado........ Obrigado e obrigado... Somente por agora obrigado. No silêncio obrigado e para sempre com suas palavras, obrigado! ...................... Eu só queria poder te agradecer humildemente como merece. Mas, por enquanto, será dessa forma e eu continuarei com o orgulho, a partir de seus passos.

Meu mestre... Assim como Ryu e Gouken, eu continuarei como se deve... Com força, determinação, lágrimas tristes e felizes, sangue, vitórias e derrotas mas nunca a total menção ao desânimo, porque é isso que EU SEREI!

Ps.: E farei de tudo, e que o mundo me aguente. Porque eu não serei qualquer um ou somente mais um... Serei um número 1.

1 compartilhamento
Inserida por brunosomniator