Coleção pessoal de vcruz

81 - 100 do total de 257 pensamentos na coleção de vcruz

Para o jogador, sorte é quando lhe chega a carta encaixada...de preferência que seja de amor...azar é quando ele mesmo a extravia...

VCruz

O pensador "dilata" sua consciência à outras verdades...quiçá um dia consiga encontrar-se com as suas próprias...

VCruz

Conforme havia imaginado no dia em que pedi: “mata-me aos goles” – aqui jaz uma lápide simples:
“Foi-lhe restituído o direito de sorver-se inteira!”

[fragmentos de poesias secretas "Aos Goles"]

VCruz

Alguma vez já se viu assim, sentindo em preto e branco?

VCruz

Sou o meu maior e o mais feroz inimigo...e por este motivo, todos os dias preciso me perdoar...

VCruz

Há silêncios que nos dizem mais do que gostaríamos de saber!

VCruz

Dançam em partes,
contra,
entre a luz e o papel.
E nunca chegarão às margens,
Nunca mais haverão de ter um ao outro,
Mas farão disso, também, uma arte!

VCruz

Santa e inquisitória saudade!
És tu a lama que me reveste, depositário que minh'alma elegeu habitar...
Te amarei até o fim dos meus dias e isso, de verdade, não é uma promessa!
[fragmentos de poesias secretas "Remendos]

VCruz

Quando tudo volta ao princípio...
Explode o fogo por dentro aflora...
A vida vestida na pele que encarnada...
Sucumbe até renascer!
[fragmentos de poesias secretas "Fenix"]

VCruz

Todo esse frio que me envolveu vai se derretendo no vapor do sol...
Recebi o último abraço das paredes que me vestiram...
Texturas do que nunca soube nominar...
Deságuo assim hoje tão frágil e tão despida da minha poesia...
[fragmentos de poesias secretas "Fatal"]

VCruz

Eu menti quando disse que não te teria mais aqui...
Mas nunca confessarei esse delito...
Porque esse corpo eu engoli...
[fragmentos de poesias secretas "Eu menti"]

VCruz

Não te apoquentes...sou só um intervalo de contradições...
Perdida na imensidão...não me explico!
Entender-me seria inútil e enfadonho...
...delicie-se e desfrute o que lhe aprouver!
[fragmentos de poesias secretas "Estanque"]

VCruz

Estampado na face como um traço de pincel que saltou da paleta...
Fenda incicatrizável por onde escoa o que me vai n’alma...
Sorrisos...
[fragmentos de poesias secretas "Entrega"]

VCruz

Tenho uma alma romântica e um coração prolixo...
Emaranhados nos meus dias que me enovelam em sensações vertiginosas que ora me confundem...
Ora me despertam...
[fragmentos de poesias secretas "E mesmo que não haja amanha"]

VCruz

Morri na pouca vida...
Entre soluços e sussurros...
Sorri !
E antes que a noite dormisse...
Desmontei o cenário em preto e branco...
Desmemoriei o texto...
Contracenei com a realidade...
Tudo não passou de uma encenação...
[fragmentos de poesias secretas "Conspiração"]

VCruz

Fica suspensa no ar
Testemunho de um descuidado orvalho
Congelada gota
Impossível escoar
[fragmentos de poesias secretas "Desejo"]

VCruz

Retalhava com os olhos as bordas da alma do vento...
[fragmentos de poesias secretas "Bafordas da tarde"]

VCruz

Desdobro as asas devagar para dar passagem ao corpo...
Desde o fim ao começo...
Repleta e calada...
Nesse mergulho de infinito silêncio...
[fragmentos de poesias secretas "Ave noturna"]

VCruz

Sentava no topo, ali ao lado do farol só para admirar o sol se por. Gostava desse momento em que o dia abria sua última fresta e abocanhava o sol como um suspiro.
Nesse instante...
Eu e a brisa...
Eu e o mar...
Eu e os deuses...

VCruz

E na concha dos meus seios, aguardo que escoe o elixir que cure a ponta dos meus dedos destecidos pelo silêncio urdido em folhas secas, pontiagudas lanças que envenenam minha inspiração.

VCruz