Coleção pessoal de Trilobita

1 - 20 do total de 205 pensamentos na coleção de Trilobita

O aspecto mais impressionante do mundo vivo é a sua diversidade. Não
existem dois indivíduos iguais em populações que se reproduzem
sexuadamente, nem duas populações, espécies ou táxons mais elevados
que sejam iguais. Para onde quer que olhemos na natureza, encontramos
singularidade”.

Ernst Mayr

INFORMAÇÃO não é FORMAÇÃO. Houve uma capilarização do conhecimento, não houve um aumento da compreensão...e as escolas ainda são arcaicas, elas ainda acham que o importante e a transmissão do conhecimento, quando, na verdade, o desafio hoje é a retenção e a formação do conhecimento.

Leandro Karnal
14 compartilhamentos

Exercitamos o abdômen e exercitamos a memória. Por que não exercitar a empatia? De um modo ou de outro, julgamos as outras pessoas por suas ações, mas queremos ser julgadas por nossas intenções. ma maneira de quebrar esse nosso narcisismo egocêntrico é tentar olhar para as outras pessoas com a mesma generosidade com a qual olhamos para nós mesmas.

Resista com todo afinco à ânsia de julgar. O bico do sapato dele está gasto? Não, não é porque ele é relaxado ou desleixado ou pobre ou mulambento, etc etc. Abrace a enormidade do fato de que você simplesmente não sabe, e provavelmente jamais saberá, porque o bico do sapato dele está gasto.

Todas as pessoas desejam ser ouvidas. Entretanto, tão poucas escutam.

Por que é tão difícil suspendermos nossos julgamentos, nossas opiniões, nossas interrupções, para conceder a outra pessoa o inestimável dom da nossa atenção completa e concentrada?

Nossa atenção plena é um dos maiores presentes que temos pra oferecer.

Não pense em você, no que vai retrucar, no que teria feito no lugar dela, no que acha que ela deveria ter feito, naquela coisa parecida que aconteceu com um amigo seu. Nada disso importa.

Você não existe. Não existe seu ego, suas opiniões, seus julgamentos de valor. Você está só.... ouvindo! Todo o seu ser está concentrado nessa única dificílima atividade transcendental. Ouvir.

Em nossa sociedade narcisista, onde somos criados para achar que o mundo gira à nossa volta, tendemos a dar um valor excessivo a nossas próprias opiniões. (Afinal, são opiniões dessa pessoa tão incrível: eu!)

Pior, achamos não só que temos um direito divino de ter opinião sobre tudo, como também de expressar essa sabedoria a todo momento, e, mais ainda, que é um favor que fazemos às pobres mortais dizer a elas o que pensamos sobre suas vidas.

Mas essa constante e infindável salva de opiniões que atiramos umas contra as outras é uma violência, é uma intrusão, é puro egocentrismo.
As pessoas amigas e familiares querem saber quando vai finalmente largar o teatro, parar de se vestir assim, fazer faculdade, defender a tese, prestar concurso, prestar um concurso que ganhe mais, arrumar um emprego, largar esse emprego, arrumar namorado/a, casar com namorada/o, comprar um imóvel, comprar um imóvel maior, comprar um carro, comprar um carro melhor, virar hétero, abraçar a monogamia, encontrar Jesus, tomar jeito, etc.

A lista é tão infinita quanto são infinitos os comportamentos das pessoas.

Todos esses comentários são violentos. Todos eles são pequenos espinhaços diários que cravamos justamente nas pessoas mais próximas a nós.

Por que fazemos isso? Por que nos damos ao direito de ter opinião sobre questões tão pessoais das vidas de outras pessoas?

A velhinha que encontramos na fila do banco raramente invade nossas vidas.

A violência constante e contínua dos comentários invasivos é exclusivamente perpetrada pelas pessoas mais próximas a nós. Justo aquelas que deveriam nos amar e nos respeitar, e não nos oprimir com sua avalanche de opiniões não-solicitadas.

Reconhecer o direito das outras pessoas de viverem livres da opressão de nossas opiniões também é uma maneira de exercitar a empatia.

Não é verdade que devemos tratar as pessoas com gostaríamos de ser tratadas.

Porque a outra pessoa é uma outra pessoa. Porque ela teve outra vida, outras experiências. Porque ela tem outros traumas, outras necessidades.

Basicamente, porque ela não sou eu. Porque eu não sou, nem nunca vou ser, nem devo ser, a medida das coisas.

Utilizar a mim mesmo, minhas vontades e necessidades, o jeito que quero ser tratado, como se eu fosse o parâmetro para todas as outras pessoas é a essência do narcisismo e do egocentrismo. É o exato oposto de empatia.

a vida de cada pessoa inclui um horizonte de acontecimentos que se estende perpetuamente além de nossa visão:

Alex Castro
1 compartilhamento

Each of us has to find out for himself what is permitted and what is forbidden — forbidden for him. It's possible for one never to transgress a single law and still be a bastard. And vice versa. Actually it's only a question of convenience. Those who are too lazy and comfortable to think for themselves and be their own judges obey the laws. Others sense their own laws within them; things are forbidden to them that every honorable man will do any day in the year and other things are allowed to them that are generally despised. Each person must stand on his own feet.

Hermann Hesse

When I take a long look at my life, as though from outside, it does not appear particularly happy. Yet I am even less justified in calling it unhappy, despite all its mistakes. After all, it is foolish to keep probing for happiness or unhappiness, for it seems to me it would be hard to exchange the unhappiest days of my life for all the happy ones. If what matters in a person's existence is to accept the inevitable consciously, to taste the good and bad to the full and to make for oneself a more individual, unaccidental and inward destiny alongside one's external fate, then my life has been neither empty nor worthless. Even if, as it is decreed by the gods, fate has inexorably trod over my external existence as it does with everyone, my inner life has been of my own making . I deserve its sweetness and bitterness and accept full responsibility for it.

Hermann Hesse

If only we could see the endless string of consequences that result from our smallest actions. But we can't know better until knowing better is useless.
(Looking for Alaska)

John Green

Poucos conselhos são mais canalhas do que o clássico “seja você mesmo”. A maioria dos problemas do mundo veio de gente que estava simplesmente sendo si próprio. Mais importante do que “ser você mesmo” é ser quem você quer ser. Todas as forças do universo nos impelem a nos conformarmos, a aceitarmos as regras do mundo, a cedermos, nos moldarmos. Ser a pessoa que você quer ser é uma das tarefas mais difíceis do mundo. É uma luta diária, surda, interna, contra seus próprios preconceitos, suas mesquinharias, seus egoísmos.

Quer ser menos invejoso, menos ciumento, menos egoísta? Então, seja.

Alex Castro

Inflação é um jeito de o governo bater as carteiras dos governados

Alexandre Versignassi

O modelo de sociedade imposto pelas influências irresistíveis de mega-empresas, de interesses empresariais, não permite que no centro da estrutura esteja o ser humano.

Eduardo Marinho

Tenha um objetivo e, mais cedo ou mais tarde, você acabará no
divã de um psicanalista. Minha visão é a de uma vida sem objetivos.
Essa é a visão de todos os budas. Tudo simplesmente é, por nenhuma
razão em absoluto. Tudo é simplesmente um completo absurdo. Se isso
for entendido, então qual é a pressa? E pressa para quê?

Osho

Escute os sons da natureza e da mesma forma escute as pessoas. Escute sem impor coisa alguma ao que você está escutando – não julgue, pois no momento em que você julga, a escuta cessa.

Osho
27 compartilhamentos

“Você deveria ser capaz de estar só, completamente só e, ainda assim, tremendamente feliz. Então, você pode amar. Então, seu amor não é mais uma necessidade, mas um compartilhar, não mais é uma carência. Você não se tornará dependente das pessoas que você ama. Você compartilhará – e compartilhar é bonito. Esta é a diferença entre relacionar-se e relacionamento: relacionamento é uma coisa: você se apega a ele; relacionar-se é um fluxo, um movimento, um processo. Você encontra uma pessoa e você ama, porque você tem muito amor disponível.”

Osho
32 compartilhamentos

"Muitas vezes eu irei feri-lo, muitas vezes eu já o feri e muitas vezes você verá em mim o inimigo, não o amigo. Mas é assim – é natural. Não espero outra agora, não lhe é possível. Mas quando você estiver voando pelos céus infinitos, então entenderá essas dores que eu precisei lhe causar. Não foi porque eu era duro; foi a única forma de ajudá-lo, e só então você se sentirá grato.”

Osho
20 compartilhamentos

Sempre que houver alternativas, tenha cuidado. Não opte pelo conveniente, pelo confortável, pelo respeitável, pelo socialmente aceitável, pelo honroso.
Opte pelo que faz o seu coração vibrar. Opte pelo que gostaria de fazer, apesar de todas as consequências.

Osho
558 compartilhamentos

AUSÊNCIA

Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência, essa ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.

Carlos Drummond de Andrade
9.9 mil compartilhamentos

Um dia a maioria de nós irá se separar. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que compartilhamos...

Saudades até dos momentos de lágrima, da angústia, das vésperas de finais de semana, de finais de ano, enfim... do companheirismo vivido... Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre...

Hoje não tenho mais tanta certeza disso. Em breve cada um vai pra seu lado, seja pelo destino, ou por algum desentendimento, segue a sua vida, talvez continuemos a nos encontrar, quem sabe... nos e-mails trocados...

Podemos nos telefonar... conversar algumas bobagens. Aí os dias vão passar... meses... anos... até este contato tornar-se cada vez mais raro. Vamos nos perder no tempo...

Um dia nossos filhos verão aquelas fotografias e perguntarão: Quem são aquelas pessoas? Diremos que eram nossos amigos. E... isso vai doer tanto!!! Foram meus amigos, foi com eles que vivi os melhores anos de minha vida!

A saudade vai apertar bem dentro do peito. Vai dar uma vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente... Quando o nosso grupo estiver incompleto... nos reuniremos para um último adeus de um amigo. E entre lágrima nos abraçaremos...

Faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia em diante. Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vidinha isolada do passado... E nos perderemos no tempo...

Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo: não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades...

Almany Falcão - Poeta do sol
5.2 mil compartilhamentos

Se você ama alguém, tem de entender que essa pessoa não é a sua sombra, não é o seu reflexo no espelho, ela tem uma individualidade

Osho
14 compartilhamentos

...E quando você compartilha, não existe a questão do apego. Você flui com a existência, flui com a mudança de vida, porque não importa com quem você compartilhe. Pode ser com a mesma pessoa amanhã - com a mesma pessoa a vida toda - ou pode ser com pessoas diferentes. Não é um contrato, não é um casamento; é simplesmente a sua plenitude que quer se doar. A quem quer que se aproxime, você se dá. E essa doação é uma grande alegria.

Osho
10 compartilhamentos

A experiência de toda a sua vida é uma prova de que tudo muda. Você não pode se agarrar a nada em um mundo em mutação. Você quer tornar a sua amizade permanente, mas esse desejo vai contra a lei da mudança, e essa lei não tem exceções.

Osho
49 compartilhamentos

A ilusão dá um certo conforto, mas não pode criar a realidade e fazer com que o medo desapareça. Ela reprime o medo, por isso na superfície você se sente bem: como o relacionamento está maravilhoso! Como este homem ou esta mulher é maravilhosa! Mas por trás da ilusão - e a ilusão é tão tênue que você pode ver através dela - o coração dói, porque o coração sabe perfeitamente bem que amanhã as coisas podem ser diferentes, e serão.

Osho