Coleção pessoal de tabalipa

1 - 20 do total de 73 pensamentos na coleção de tabalipa

Eu só vim lhe desejar um dia lindo.
Com flores pelos caminhos que você percorrer.
Com gente feliz ao seu redor.
Com chuvas de sorrisos e de olhares que vem da alma.
Não importa se grandes notícias não virão hoje.
Que também não venham as más.
Que seu dia seja de paz.
Que você esteja em paz.
E que você olhe os problemas de cima, e as pessoas que você convive, com olho no olho.
Que as palavras do dia sejam ‘leveza’, ‘doçura’, ‘calmaria’, ‘tranquilidade’.
E que suas próximas horas sejam carregadas de pensamentos positivos e muita paz no coração.
Só vim te desejar um ótimo dia.
Colorido e florido.

Amém.

Karla Tabalipa
77 compartilhamentos
Tags: karlatabalipa caiofernandoabreu

Não tolere julgamentos de quem não consegue ficar em paz diante do seu brilho.

Karla Tabalipa
11 compartilhamentos

'Mulheres que confundem 'preservar o lado menina', com continuar sendo imaturas.'

'Viver o hoje, aproveitando a simplicidade de cada momento, como um presente da vida.'

'(Auto) Sabotagem. Eu domino.'

'Porque a fé esmaga a dor.'

'Porque os tombos te deixam mais resistente às quedas.'

Enfio o dedo na tua hipocrisia e faço teu ego sangrar!

E você reforça sua fé. E passa a acreditar muito mais. Em Deus. No tempo que cura. E em você.

Pior do que gente que é doce o tempo inteiro, é gente que vive azeda! Argh

É tão bom ganhar sorrisos, quando não se tem vontade de sorrir.

Troco minhas asas por dois pés firmes no chão. Preciso colocar um fim nessa mania de voar.

Não deixe pra amanhã, o que pode ser lindo hoje!

Lembrei daquela música: Desejo que você tenha a quem amar... E você tem! Se ame!

Me enchi de fé. De boas energias. [...] Aprendi a querer bem a única pessoa que pode me fazer feliz de verdade e pra sempre: Eu mesma!

Internet: esse lugar onde você diz 'não gosto de uva' e fulano entende 'não gosto de vc porque vc gosta de uva'.

É acreditando que a gente faz acontecer.

E eu que pensei que era (auto) sabotagem, percebi que era só intuição.

E você diz que está feliz, e dizem que sua felicidade é forçada. E você diz que está triste, e todo mundo acredita.

Karla Tabalipa
1 compartilhamento
Tags: tabalipa maturidade

E entre tudo que ele poderia ser pra mim, ele escolheu ser saudade.

Engavetando sentimentos. Um dia dou de presente pra quem souber cuidar.

Coração vazio = paz.

Se eu bagunço a sua cabeça, é porque você bagunçou meu coração.

E aí o querer pede tanto pra acontecer, e você não pode fazer nada além de querer ainda mais. E pensar, e sentir falta. E só...

Alguém que não diga 'se cuida' e sim 'eu cuido de você'.

Pra fazer uma mulher feliz: um HOMEM. Meninos não sabem fazer isso.

Era uma vez uma moça com medo de amar. E fim.

Um amor, sem passado, por favor. (utopia)

Troco barriga definida, por coração bem resolvido.

Porque mesmo longe, você é mais presente do que qualquer outro cara do mundo.

Sou tão sua sem ser. E você me tocou, assim mesmo, sem encostar, mais do que qualquer outro cara que já dividiu a cama comigo...

De abraçar por horas, sem dizer nada e com um beijo te dizer tudo que milhares de poemas não conseguiriam dizer...

Pra que guardar rancor se ele pesa? Prefiro o amor, que me faz flutuar!

E aquele abraço com cara de paz. E aquele olhar que diz tudo sem dizer. Assim mesmo. Amor clichê.

É que o 'tarde demais' um dia chega.

Quando, além da vontade de desistir e nunca-mais-ver, existe a vontade de voltar no tempo e apagar o que passou...

Te mandando embora da minha vida, enquanto o coração grita, e te pede pra ficar.

Querer tanto tanto tanto, e (fingir) não querer mais.


Nossos pensamentos em sintonia, coração no mesmo ritmo, sorriso grudado no rosto e você grudado em mim.

E caminhar por todas as ruas do mundo não me deixaria cansada, enquanto sua mão estivesse encostada na minha.

Karla Tabalipa
1 compartilhamento
Tags: tabalipa amor

Podem te dar o mundo, mas só eu te transformei em poesia.

Karla Tabalipa
2 compartilhamentos
Tags: tabalipa poesia

E aí você cai e levanta maior.

E você percebe que amor é algo raro de sentir. E que na verdade, amamos com a cabeça e não com o coração.
Que a mente tem mais poder do que imaginávamos.
E que ser a vítima da história pode não ser bom, mas é mais digno.
E descobre que precisa fingir pra seguir.
E finge que não ama mais. Que esqueceu. Que não deseja que a vida devolva com toda a força um mal que alguém te fez.
E finge com a boca. E finge com os olhos. E finge pra si mesma.
E volta e meia, de tanto fingir, você acredita.
E uma foto, um sorriso, e um olá, trazem a tona tudo aquilo que suja sua felicidade forjada.
E você cai outra vez. Mas cai sabendo que vai levantar forte.
E um dia você acorda e percebe que não está mais fingindo que não sente.
Você tem certeza que tudo aquilo que te deixava triste, deixou de existir.
Aí você percebe que nada foi fingimento.
E passa a chamar de pensamento positivo e certeza de que quem decide o que vai sentir, é você mesma.
E depois disso, tudo passa a doer menos.


Depois disso, tudo passa.

Karla Tabalipa
1 compartilhamento
Tags: tabalipa força

E o Nando dizendo que “estranho seria se eu não me apaixonasse por você”, resumiu o que eu precisava dizer.
Uma frase que vale por mil sentimentos. Ainda confusos. Desorganizados e sem rótulos. Mas essa frase diz tanto. Diz quase tudo. Só não diz mais do que os meus olhos são capazes de dizer. E do que o meu abraço é capaz de mostrar.
Te sinto mais do que um velho amigo meu...

Às vezes, por mais estranho que pareça, me sinto diante de um velho (e grande) amor.


"Não vejo a hora de te encontrar, e continuar aquela conversa que não terminamos ontem...ficou pra hoje..."

Karla Tabalipa
2 compartilhamentos

Porque pro amor dar certo na primeira pessoa do plural, primeiro preciso aprender a amar a primeira pessoa do singular.

Karla Tabalipa
1 compartilhamento
Tags: tabalipa maturidade

Engraçado ouvir uma música que foi trilha de duas situações que envolvem você.
Momentos nossos. A dois. E que lembro até hoje. Claramente, como se fosse ontem.
A velha história de que o que foi bom, sempre fica.
E depois, quando veio um adeus (que não era pra sempre, mas doeu como se fosse) ela virou trilha de uma infinidade de lágrimas.
Eu não sei porque elas caiam. Se pelo cara que me atraia e eu perdi. Se pelo amigo que era o melhor, e eu perdi. Se pela falta de coragem de dizer o que eu sentia de verdade!
E veja só, tudo tem lado bom, e a coragem, eu ganhei. A gente aprende. Tudo passa. E o que é de verdade permanece.
Hoje eu posso te ligar se quiser. Marcar café. Chamar no msn...enfim...(sem fim.)
E a música aqui, tocando e me trazendo lembranças bonitas.

O que é bonito não pode virar nunca mais. Não mesmo. Mais uma vez, palmas pro tempo, que coloca tudo em seu devido lugar.

Karla Tabalipa
1 compartilhamento
Tags: tabalipa amizade

Hoje eu fiquei lembrando daquele dia em que ficamos andando pelas ruazinhas tumultuadas de Porto Alegre.
Eu, deslumbrada com a quantidade de sebos em uma rua só, e você, cheio de orgulho por notar que eu estava gostando tanto da sua cidade.
Não era bem a cidade que me fazia sorrir daquele jeito.
Era o momento raro de felicidade, cumplicidade e carinho que nós estávamos vivendo juntos.

Fazia tanto calor. Lá fora, e no coração.

E era tão bom te ver cheio de orgulho “segurando a mão do amor da sua vida, andando pela cidade dona do seu coração”, como você mesmo disse.
Sim, a vida é feita de momentos. E você fez parte de tantos deles.
Alguns ruins, que me fizerem crescer. E outros lindos, que me ensinaram a acreditar em felicidade.
Ninguém naquelas ruas estava tão feliz como nós dois aquele dia.
Nenhum casal sorria da mesma forma, e nem carregava o mesmo brilho no olhar.
E daquele dia ficaram tantas coisas na memória.
Minha primeira visita à POA, sua mão me puxando, tentando me proteger das pessoas que pareciam ligadas no automático, sem notar o quão importante era aquele passeio pra nós dois...

Uma das lembranças mais lindas que guardo no baú de memórias bonitas.

E materializando aquele dia, um livro de Simone de Beauvoir com uma dedicatória que me faz ter (mais) certeza que foi lindo, e de verdade:

“À minha Karla, com amor e paixão, para inspirar teu coração nessa nossa primeira visita à Porto Alegre, o porto dos casais.”

Inspiração pro coração é o que você sempre será.

Graças a nós dois, eu posso acreditar em amor verdadeiro, e olhar pra trás com uma saudade que só me traz paz.

.

Poucas pessoas conseguem sair da vida de alguém, ficando desse jeito. Pra sempre.

Karla Tabalipa
1 compartilhamento
Tags: tabalipa amor

Difícil ser de verdade. Com todo o peso da insegurança, das saudades constantes, do tédio gigante, da procura eterna pelo abraço perfeito.
Volta e meia revirando o passado e querendo voltar no tempo.
E perder dias fantasiando o futuro.
Falar o que (não) condiz.
Esconder o que sente. Se expor demais. Se arrepender, e pedir desculpa entre lágrimas.
Se ferrar volta e meia. Ferrar os outros de vez em quando.
Achar que vai morrer de tanta nostalgia.
Sofrer por não ser correspondida. Ficar chateada por não corresponder.
Difícil carregar todo esse peso de ser inteira.
E se contradizer entre o que a razão nos manda falar e o que o coração grita que sente.
Não tem sido fácil ser eu. Às vezes, até metade de mim me complica, me tira o sono, me revira o estômago.
Porque entre o quero e tenho, existe uma distância enorme, e o querer tem pedido tanto pra acontecer, que dói.
É que ser de verdade, não é ser transparente. Ser de verdade é acolher tudo que eu sou e seguir com orgulho de ser.
Porque eu tenho tantos defeitos, tantas manias feias, tanta coisa pra mudar. Mas o que me faz ser de verdade, é admitir que tudo isso faz parte do que eu sou. E que a perfeição e eu andamos bem longe uma da outra. E que apesar de pesar, eu gosto de ser assim. Então eu abraço tudo que sou e me trato com todo o amor que uma pessoa de verdade merece ser tratada.

Karla Tabalipa
13 compartilhamentos
Tags: tabalipa mulher

Eu só queria ligar.
Falar que sinto falta, e que meus dias têm sido cinza por dentro depois que você se foi.
Porque você não foi inteiro. Você ficou na vontade e nas lembranças mais lindas, que insistem em me mostrar todo o tempo o quanto fui feliz com você.
Queria falar de saudade. Da novela. Do livro que tenho lido.
Queria ouvir sua voz entregando que eu também virei saudade, e que seu coração volta e meia te faz lembrar quando ‘nós dois’ éramos presente.
Eu preciso tanto falar. Meu silêncio grita. E esse desprezo de mentira que sinto por ti, machuca essa alma tão acostumada a falar desse amor. Amor que ainda mora em mim, talvez por ser (tão) de verdade.
Então eu não falo. (E escrevo.) E sinto essa ausência doer, como se fosse ontem o dia que você deu tchau.
Tchau, sim. Porque o mesmo instinto que disse que você iria embora, agora me diz que você vai voltar. Então eu vou falar tanto. Vou falar tudo. E vou deixar transbordar em forma de palavras tudo que tem sufocado o meu coração.

Sabe a saudade? Então! Todos os dias ela me pergunta de você.

Karla Tabalipa
15 compartilhamentos
Tags: tabalipa amor

Palavra foi feita pra tocar. Ou pelo menos tentar.
Mas sempre temos a escolha de falar. Só se perde da nossa vida, quem já morreu.
Com todas as outras pessoas, as palavras podem ser ponte, podem ser o toque a distância, o abraço que aperta o coração, a peça que falta pra mudar o nosso rumo.
Só falando pra saber se toca ou não toca.
Só falando pra ouvir a resposta. Ou o silêncio.
Difícil é organizar as palavras quando elas são muitas e transbordam junto com uma imensidão de sentimentos.
Difícil é juntar palavras e coragem, quando ficar em silêncio é mais seguro e aparentemente o mais certo a se fazer.
Acontece, que eu tenho medo.
De jogar em você palavras tão cheias do que eu sinto, e elas voltarem sozinhas e doendo ainda mais.
Eu tenho tanto medo de que nossos sentimentos não sejam sinônimos.
Ora medo, ora orgulho, ora esperança, ora a quase-coragem. (que passa rápido o suficiente pra que eu não fale.)
Mas sempre vontade.
É que eu tenho tanto-tanto-tanto pra te falar, baby.
Me calo, então.

Karla Tabalipa
1 compartilhamento
Tags: tabalipa amor

É que eu acordei com os olhos de estrela, brilhando de tanta esperança, ou fé, chame como quiser.
Vontade de dias bonitos, e em paz.
Seja com sol ou barulho de chuva batendo na janela.
A ida à padaria, o sorriso do vizinho no elevador, a criança falando coisas bonitinhas na rua, o cheiro de pão quentinho.
A senhora cheia de ânimo, que adora me parar pra conversar..
Ah, a vida. É bonita, né? Nem sempre doce, nem sempre leve, mas é vida! E é minha. E na maioria das vezes, eu escrevo meus dias.
Porque acredito em sorte e merecimento, mas acredito também em livre arbítrio, e na força que as vontades tem quando andam de mãos dadas com a fé. (Ou a esperança, escolha o que quiser.)
Escolha. E aja. Sei lá quantos dias a gente tem pela frente. Sei lá quantas idas à padaria a vida vai me deixar viver.
Sei lá. Só sigo.
Acreditando, caminhando e cantando. E compondo a minha canção.

Karla Tabalipa
2 compartilhamentos
Tags: tabalipa recomeço

Das pessoas que vão ficar pra sempre, ele é uma delas.
Porque quando eu olho pra trás, eu o vejo em momentos difíceis, e em sorrisos de verdade.
Das horas de conversa jogada fora, onde na maior parte delas, ele foi o ombro, o suporte, a paz no meio do furacão que era minha vida naqueles dias.
E eu só tenho coisas boas pra falar dele. E bonitas. Que deixaram saudade.
Agora tem a distância que é só um detalhe, perto do carinho imenso que tenho por ele.
Carinho que nunca acaba porque é de verdade.


Amizade que veio pra ficar. Que nada atrapalhe, nem nos afaste de coração.


Amém!

Karla Tabalipa
1 compartilhamento

Ela é toda prosa.
Um rosto que brilha, um olhar que chama, uma voz que te faz ficar.
Palavras que saem da alma, e perfumam o dia de quem lê.
Ela é toda linda, toda encanto, toda paz. E eu, diante dela, sou todo desassossego.
Ela é toda arte, toda canção.
Ela é toda poesia.
De alma, sorriso e coração.

Karla Tabalipa
1 compartilhamento

Essas surpresas bonitas, que Deus assopra na vida da gente, e se espalham pelos dias cinza, trazendo a força que faltava.
Esses sorrisos abertos, que transbordam da alma, e enchem a vida da gente de sol.
Essas palavras doces, de uma doçura que sai lá do coração e que tocam, sem encostar.
Uma fragilidade que pede cuidados, e carinhos, e aumenta o nosso querer bem.
Uma vontade que seja pra sempre, com a mesma beleza, leveza, intensidade. (E há de ser.)
Um amor que cresce, fica forte e nos fortalece.
E que dure. Que sempre brilhe. E que continue sendo suporte e paz.
Porque amor dura pra sempre. E é amor. Meu coração já me falou.

Karla Tabalipa
2 compartilhamentos

É que tinha tudo pra não dar certo. Tinha tudo pra não acontecer.
Depois de amores tumultuados e mal resolvidos, e coração cansado, eu deveria desacreditar naquele sorriso com cara de promessa de que tudo ia ficar bem.
E ele me via com cara de choro, e fingia que não sentia tristeza por saber o que me fazia chorar.
E eu fingia que estava tudo bem, cada vez melhor, e que a saudade que eu sentia era só dele e do seu abraço tão bom de morar.
Os dias foram passando. E volta e meia eu tropeçava no passado e despejava nele minhas frustrações.
Não quero mais. To com saudade. Acabou. Preciso de você aqui.
Eu o deixei ir embora, porque não gostava dele.
E ele não ia, porque gostava demais de mim.
E de tanto fazer força pra ficar, ele me deu a força pra seguir.
E acreditar que o amor e a paz podem andar de mãos dadas.
E (re) acreditar em amor. E amar acreditando. Em paz. Pela primeira vez.

Karla Tabalipa
1 compartilhamento

Quando uma pessoa deixa a gente, é engraçado, mas por mais que o amor demore a ir embora também, um dia ele vai. Com o fim do relacionamento, nada dura pra sempre dentro de nós. Nem o amor, nem a saudade, nem as mágoas. É, eu sei, algumas pessoas só guardam mágoas dentro de si, mas eu me recuso a ocupar espaços de mim com sentimentos ruins.


Pensamento positivo esmaga o rancor. E eu mentalizo momentos melhores e passo a acreditar neles, até que um dia, eles virem realidade. Não é pra ser feliz que a gente vive? Alguém disse isso, e eu? Eu concordo e faço valer.

Me disseram que, se eu perdoei, é porque não me importo mais. Mas eu sempre me importo. Não gosto de olhar pra trás e poder contar inimizades, principalmente com quem fez diferença na minha vida.

Mas eu, como boa geminiana que sou, acredito em felizes para sempre, ao mesmo tempo em que acho que nada dura eternamente. E da mesma forma que os sentimentos vão, eles podem voltar.
Sim sim, a velha história do mundo que gira, e que nada nessa vida é permanente.
Tem tanto amanhã pela frente! E se tem uma coisa que a vida gosta de fazer com a gente, é surpreender. Então eu não digo esqueci ‘pra sempre’, ou ‘nunca mais’ nós dois. Até o primeiro namorado pode voltar e ser o último.

Até uma amizade adormecida, pode ser meu maior suporte em um dia difícil.
No amanhã moram milhares de possibilidades e eu não digo nunca pra nenhuma delas. Eu escolho alguns caminhos, evito outros, mas sei que muitos deles o destino é quem escolhe por mim.
Então, que seja o que tiver que ser. Mas que seja leve. Que seja doce. E que tenha fé.

E que venha o futuro e nos surpreenda, trazendo pra nossa vida dias cheios de sorrisos e coração sempre em paz.

Karla Tabalipa
1 compartilhamento
Tags: tabalipa recomeço

Todo mundo dizia que ele nunca foi com outra, o que era com ela.
E ele dizia a mesma coisa. E tantas outras bonitezas de se ouvir. Demonstrações públicas de um afeto que transbordava.
Eram tão diferentes, e se completavam mesmo assim.
Tipo encaixe perfeito. De bocas, de quadris e de vontades.
Ela bossa nova, ele rock and roll.
Ela Florbela Espanca, ele Friedrich Nietzsche.
Ela intensidade, ele equilíbrio.
Ela poeta, ele inspiração.
O tempo que cura, também afasta. As diferenças que completam, também minam um relacionamento.
A poesia virou rotina, as palavras bonitas faltaram, o que era doce, realmente acabou.

Ele ausência. Ela silêncio. Os dois, saudade.

Karla Tabalipa
4 compartilhamentos