Karla Tabalipa: Hoje eu fiquei lembrando daquele dia em...

Hoje eu fiquei lembrando daquele dia em que ficamos andando pelas ruazinhas tumultuadas de Porto Alegre.
Eu, deslumbrada com a quantidade de sebos em uma rua só, e você, cheio de orgulho por notar que eu estava gostando tanto da sua cidade.
Não era bem a cidade que me fazia sorrir daquele jeito.
Era o momento raro de felicidade, cumplicidade e carinho que nós estávamos vivendo juntos.

Fazia tanto calor. Lá fora, e no coração.

E era tão bom te ver cheio de orgulho “segurando a mão do amor da sua vida, andando pela cidade dona do seu coração”, como você mesmo disse.
Sim, a vida é feita de momentos. E você fez parte de tantos deles.
Alguns ruins, que me fizerem crescer. E outros lindos, que me ensinaram a acreditar em felicidade.
Ninguém naquelas ruas estava tão feliz como nós dois aquele dia.
Nenhum casal sorria da mesma forma, e nem carregava o mesmo brilho no olhar.
E daquele dia ficaram tantas coisas na memória.
Minha primeira visita à POA, sua mão me puxando, tentando me proteger das pessoas que pareciam ligadas no automático, sem notar o quão importante era aquele passeio pra nós dois...

Uma das lembranças mais lindas que guardo no baú de memórias bonitas.

E materializando aquele dia, um livro de Simone de Beauvoir com uma dedicatória que me faz ter (mais) certeza que foi lindo, e de verdade:

“À minha Karla, com amor e paixão, para inspirar teu coração nessa nossa primeira visita à Porto Alegre, o porto dos casais.”

Inspiração pro coração é o que você sempre será.

Graças a nós dois, eu posso acreditar em amor verdadeiro, e olhar pra trás com uma saudade que só me traz paz.

.

Poucas pessoas conseguem sair da vida de alguém, ficando desse jeito. Pra sempre.

1 compartilhamento
Inserida por tabalipa