Coleção pessoal de Sharleneserra

1 - 20 do total de 30 pensamentos na coleção de Sharleneserra

Estação do amor

O amor não regado morre.
Amor flor, se não cuidada, desfolha...
Pétalas se espalham ao vento.
Estações mudam
Céu da boca não se vê estrelas
Sol resseca lembranças
Chuvas de lágrimas formam enchentes
Tempestades invadem a mente...
Mas a esperança primaveril
Prevalece... Serena, pensativa, reflexiva,
a espera do tempo certo...
Tempo de fertilizar corações
Para se permitir florir
Em essência
E completude do
verdadeiro amor.

Sharlene Serra

Ilha além-mar

São Luís do Maranhão, ilha de
Encantos hipnóticos.
Azulejos que lançam
Sorrisos por todo lugar.
ilha majestosa.
ilha além-mar.
És bela, linda ilha.
Tempestade na calmaria.
Mistura entre
Passado e futuro.
Presente da gente.
No bumba meu boi,
Baila com a lua cintilante
És cultura brincante!
Amo teus mistérios...
Teus segredos revelados pelos búzios.
Testemunhados pelas ondas do mar!
Ensina-me ilha
Ensina-me a viver
A sonhar
A voar nas asas
Nas asas dos sabiás!
És tombada com histórias
Lendas,
Versos,
Poesias,
Estrofes, músicas e
Rimas...
Da fonte das tuas pedras,
poetas a jorrar
Peça-me que te obedeço...
Reverências a ti, ilha prometida!
És poesia destilada.
Transbordas nas tuas margens
Histórias... paisagens
De uma ilha, além-mar.

Sharlene Serra

Reverências a poesia

Para a poesia... sou serva!
Reverencio a sua grandeza...
Nela me completo!
E,do alto das minhas abstrações, entrego-me de corpo e alma a minha pena
Sem medo, sem máscara,
Prendo-me na liberdade dela...
E juntas descobrimos e trilhamos as matas brancas, silenciosas...
depois, a mata impregnada de mim, grita em palavras e sentimentos.
é nesta hora que a alma se revela na ponta dos dedos

Sharlene Serra

luarada poética

Que Lua é essa?
Tão linda, que me convida a visitá-la.
Queria Lua, ter uma escada que pudesse chegar perto de ti....
Queria poder em um salto me segurar na primeira estrela para poder contemplar de perto toda sua beleza.
Lua cheia de segredos
Lua cheia de desejos...conte-me tudo...
De repente, vejo se envolver entre os lençóis da noite e ali conversa com estrelas...
Assim me hipnotiza com seus mistérios, que apenas ao vê-la, alivio minha alma.

Sharlene Serra

Tempo e Essência

A linha tênue entre dois tempos mágicos nos faz refletir...
Crianças e idosos tem em comum: um sorriso solto, a liberdade, o tempo livre,a imaginação, o ar...
Confundem-se pela inocência, misturam-se pela essência.
São partes de nós. Fomos e somos crianças e seremos (se assim Deus permitir) idosos
crianças são inícios...
Idosos também.
Início que se complementam, inícios de vidas.
Nos proporcionam sabedoria, cada um no seu tempo, ritmo, passo...
Aprendemos com eles: com as espertices das crianças, o valor do sorrir do brincar, os idosos nos ensinam a viver ,a amar...
Ensinam sobre a vida, no olhar e na forma calma de andar...
Crianças são ansiosas, idosos não. A ansiedade se dilui com o tempo e transformam-se em presente, um dia por vez.
O tempo ensina a andar com passos diários, sem pressa em doses homeopáticas.
A criança brinca de pula, pula com o presente, o idoso lembra o passado e sorri do agora, sem preocupações com o futuro.
Cecília Meireles nos diz: [...] Já não se morre de velhice/ nem de acidente/ nem de doença / mas, Senhor, só de indiferença.
Que possamos abolir a indiferença, aquela que agride, marca, que ofende, maltrata tanto crianças, quanto idosos...
Que sejamos um só: com olhos curiosos, esperançosos e sabedoria de quem muito tem a ensinar.
A criança se distrai brincando com o tempo e o idoso nos ensina (com a sabedoria de quem teve a companhia do tempo) a verdadeira essência da eternidade.

Sharlene Serra
2 compartilhamentos

Euflexo

Pensar em si é
Navegar em mar de
Mistério
Tempestades
Desafios
Medo
Ondas agitadas
Ansiosas
Para apoderar-se de
um universo em
profundidade
Pérolas raras dentro de si
Por do sol
Calmaria
Amor, paz
Poesia...e humanidade.

Sharlene Serra

Alma açude

Sorriso aprisionado
Perdido no tempo
Contempla a beleza
Mergulha na alma açude
E chora...por não saber nadar.

Sharlene Serra

Parafraseando Monteiro Lobato: Ainda acabo fazendo livros onde as nossas crianças possam voar

Sharlene Serra

"Os cães são o nosso elo com o Paraíso. Eles não conhecem a maldade, a inveja ou o descontentamento. Sentar-se com um cão ao pé de uma colina numa linda tarde, é voltar ao Éden onde ficar sem fazer nada não era tédio, era paz."

Milan Kundera
1.1 mil compartilhamentos

CORES DA ALMA
Qual será a cor da alma?
Qual será o brilho colorido que emana o sorriso?
Cores quentes, frias ou fluorescentes?
A alma tem cor! E reluz.
E mesmo em dias com sol a gritar
A alma entristecida pode a cor não mostrar
E em noites escuras, no frio e na solidão
A alma apaixonada, reluz cores, em forma de emoção.
A alma tem uma cor ou pode ser colorida
Cor de mistério, natureza, cor de flor, cor de mar, do ar, cor de amor, cor entristecida.
Seja como for
A alma vai reluzir sempre,
a sua cor interior.

Sharlene Serra

E novamente acionamos a partida no trem da vida
Novas paisagens virão
novos sonhos surgirão
O destino depende de nós.
Na viagem, ilumine-se
Liberte-se!
Aprecie intensamente
Pois, as viagens sempre continuam
tal qual um ciclo, onde a esperança gera
expectativa e, onde a nossa chegada, depende
apenas, para onde queremos
ir.

Sharlene Serra

Não me prendo nas palavras, liberto-me nelas!
não sigo padrões, conceitos ou pré conceitos
Viajo feito correnteza e deságuo em poesias, textos, pensamentos...
Escalo montanhas e contemplo lá do alto, palavras e poesias em forma de paisagens...E tudo transforma-me! renova-me! compreendo que sem poesia não vivo. Não há verdade, sensibilidade, não há sonhos...Sem poesia os dias são tristes, falta amor.... A vida só terá sentido, se contemplarmos poesias, sejam elas recitadas, escritas e as contidas nas entrelinhas dos momentos vividos. Que possamos ver poesia na vida.

Sharlene Serra

Escrever é um ato de intimidade
É olhar para dentro de si e
sentir as palavras eclodirem
em um pulsar arrítmico
Tudo pode ser inspiração
basta olhar e se absorver de vida
cada dia mais
e assim, a poesia
se transforma em
sinais vitais.

Sharlene Serra

Sinta!
viva a emoção latente que percorre o corpo,
estremece a alma e pertuba a mente.
Minhas mãos escrevem poesias em teu corpo e
suavemente traçam caminhos, descobrem prazeres,
a pele fala, sente, suspira, se contorce
e minhas digitais ficarão tatuadas em ti.
Sussurro em teu ouvido palavras de desejos e
nossos sentidos mudam..
Corpos se unem feito imãs, o que eram dois, se torna um.
E em desejo e prazer, ficam unidos
até o suspirar explosivo
da própria existência.

Sharlene Serra

Neste momento debruço-me no sonho e converso com o silêncio coisas que somente eu e ele sabemos...E ele atento, compreende meus anseios, minha incansável determinação...Tudo bem, que às vezes levo bronca dele, pois crio expectativas, sim crio, alimento-as! O silêncio diz: -Crie galinhas! pois elas nos dão ovos.. E ovo é tão bom...ainda mais quando vem temperado de suor, perseverança... Aprendi então a não criar tantas expectativas e a ouvir mais os meus silêncios.
E ele fala e às vezes quando estou distraída, ele grita e me faz ouvir minha voz interior. O silêncio causa delírios nos verbos e assim eu escuto a cor, vejo os sons, sinto o sabor das músicas...tão bom sentir delírios...tão bom ouvir o silêncio...
E verbo que é verbo precisa do silêncio e eu aprendo com ele a deixar a vida seguir sem a ansiedade, aflição e o descompasso das expectativas. O silêncio alivia minha'lma.

Sharlene Serra

Dia do amor — ainda bem que existem datas diversas para lembrar de algo que não deveria ser esquecido.
Sou daquelas que acredita no amor, sempre fui assim, de acreditar até no beijo do sapo, Argh! Mas na hora o que valeria a pena era o momento e a felicidade do abrir os olhos e pluft! aparecer na sua frente uma linda história de amor. Quem não ama uma história de amor que atire a primeira pedra.
Mas, cá entre nós, utilizando os contos de fadas para ilustrar uma história, o amor é bem assim:
Era uma vez um sonho e um desejo de sermos surpreendida com o amor. E até somos! Acontece que no geral, os príncipes na verdade não sabem continuar o ritual do encantamento, ah! se eles bem soubessem, teriam a sua princesa nas mãos e ela o olharia sempre com brilhos nos olhos, afinal, princesa apaixonada tem brilho no olhar, e isso é fato! — mas, e os príncipes? Ah, eles até que se esforçam no início, lutam bravamente, escalam montanhas por um beijo e diante do beijo compartilhado, intenso e contínuo, percebem que foram aceitos, que houve entrega, aquela história da “química, física, astros...” e se dão por satisfeito, estufando o peito, com espada erguida, e para eles a batalha do amor foi consumada, como se não precisassem lutar mais, encantar, romantizar, estrelar, cintilar... Pois bem, eis aí o cerne da história: É meu caro príncipe, saiba que a batalha do amor é diária, contínua, a luta pelo amor é constante e esta é a tarefa mais difícil: conquistar a princesa escolhida (ou a que te escolheu ), todos os dias.
E caso isto não aconteça, as histórias de amor, trocam o final “ e foram felizes para sempre” por "a esperança continua para quem acredita no amor”. E, fim...

Sharlene Serra
1 compartilhamento

O meu silêncio fala, trabalha, escreve, enxerga longe, dança, não cansa... e no final, sorri.

Sharlene Serra

Chuvas são gotas de poesia, encharque-se delas.

Sharlene Serra

Não conjugue o passado, hoje-se e seja feliz.

Sharlene Serra

Muito bom sentir-se viva, respirando, ou melhor, poesiando, poesiando...
aprendi a poesiar de forma ofegante, enchendo bem os pulmões, sentido a vida a cada instante.
Espero que o poesiar não cesse, pois como viveria? sem respirar poesias.
simplesmente, morreria.
Ainda vida tenho, por sentir a poesia e poesiar todos os dias, por acreditar na esperança tímida, nos dias sorridentes, no brilho incandescente, no meu olhar de adolescente, que não se cansa de poesiar...
poesiar, poesiar, amar
E assim, poesiando em um único sopro, espalho poesias no ar.
.

Sharlene Serra