Coleção pessoal de joaoeudesdeana

41 - 60 do total de 73 pensamentos na coleção de joaoeudesdeana

Feio é julgar alguém sem saber seu nome e sobrenome
Feio é julgar alguém sem nunca ter dado bom dia
Feio é julgar alguém que nunca olhou nos olhos
Feio é inventar histórias das quais não sabe por onde se inicia
Feio é contar mentiras quando a mente está cheia de malicias
Feio é ser julgador.

João Eudes de Ana

O ser humano pode até tentar se desviar do seu destino, porém o destino nunca perderá de vista seu grande alvo.

João Eudes de Ana

Sonhos substitui vida, vida adormecida.

João Eudes de Ana

Não se subestima nem a poeira que pisamos ao chão, pois foi da poeira que se fez o homem e o universo.

João Eudes de Ana

Iluminado é aquele que de nenhum sentido; traz e faz todos os sentidos.
Cego é aquele que só exegra o óbvio das coisas.

João Eudes de Ana

O tempo é o nosso escultor
O ambiente e as circunstâncias são as ferramentas que dão formas.Formatos perfeito ou imperfeito; essa é a nossa escultura que o senhor do tempo esculpiu.

Nunca fomos senhores de nós mesmos, mas suditos do acaso.

João Eudes de Ana

Hoje eu só quero esquecer de mim mesmo,
Ora por instante,
Ora por eternidade.

João Eudes de Ana

Se o branco e o preto não fossem tão complexo, lá estaria nas cores do arco - íres.

João Eudes de Ana

E a regra da natureza é essa:

Noites mais sombrias; estrelas mais brilhantes

João Eudes de Ana

Disse lhe a morte - porque choras vida?

Vida - Porque tenho medo da morte

Morte - Não tenha medo de mim,sou tua salva vida. Aquela que quando ninguém pode curar tuas dores incuráveis, aí vem eu e te salvo.
Antes deveis ter medo da dor, porque essa sim é teu mar de sofrimento.

João Eudes de Ana

Pequena estrela cardente a cair: rasga o céu sombril do inverno

Seguindo seu rumo ao nada; marca

Oh que rara e efêmera beleza a contemplar.

João Eudes de Ana
Tags: estrela cardente

Disse -lhe um velho sábio: três coisas não deveis esquecer em toda sua trajetória de vida:

1 - Quem tu foste?
2 - Quem tu és?
3 - Quem tu poderás vir ser ainda?

João Eudes de Ana

Sem tempo,
Sem vida,
Sem sentidos,
Essa é a obra mais inútil da existência.

João Eudes de Ana

O que tu falas, o vento leva
O que tu práticas eterniza.

Menos palavras,
Mais atitudes,
E o mundo evolui.

João Eudes de Ana

Com maturidade se aprende, a tão delicada diferença, entre dar uma rosa em uma mão e cravar-lá seus espinhos.

João Eudes de Ana

Ele procurava tanto por estrelas, que não enxergava o universo que lhe habitava.
Por fim, cegou-se e não viu nada.

João Eudes de Ana

E o largato depois de tanto rastejar; deverás foi contemplado com dois par de asas e vuou.

João Eudes de Ana

Saudades do que já se foi
Saudades do que já não é
Saudades que fica!
Saudades que não sai!
Saudades que doem!
Saudades que serão eternas.

João Eudes de Ana

Pelos segundos,
Pelos minutos,
Pelas horas,
Te ofereço o senhor do tempo, e o senhor do tempo te dirá a melhor resposta.

João Eudes de Ana

Tinha tantos sonhos a realizar...
Tantas vitórias a conquistar...
Tantos gestos a mostrar...
Tantas palavras para falar...
Tinha um coração tão grande a dividir...
Tinha uma só vida para viver...
Apenas faltou[...]

João Eudes de Ana