Coleção pessoal de joaoeudesdeana

21 - 40 do total de 73 pensamentos na coleção de joaoeudesdeana

No fundo do poço você também descobre que sua companhia é seu melhor amigo.

João Eudes de Ana

Espinei
Esbraveje
Chore
Grite
Só não cale sua dor.

João Eudes de Ana

No meu vocabulário não existe a palavra adeus, mas até logo.

João Eudes de Ana

Feche sua boca
E abra seus olhos
E eu direi quem tu és.

João Eudes de Ana

Procure algo ou alguém que te faça enxergar a si mesmo, só não espere que a sua própria alma lhe mostre: doloroso poderá vir ser.

João Eudes de Ana

Ter respeito é antes de entrar no mundo do outro pedir licença; entrando sempre com o pé direito na consciência e o pé esquerdo na sensibilidade.

João Eudes de Ana

Viver pra crer: tocar, ver, sentir; o invisível existir.

João Eudes de Ana

O ser humano nada mais é que terra, água, fogo, ar e uma planta aguela abaixo pra morrer de esperança.

João Eudes de Ana

Eu prefiro acreditar em um céu de mistérios
Ao invés de um solo de certezas; certezas morrem, só céu de mistérios sobrevivem.

João Eudes de Ana

Borboleta só leva e releva o que é leve, o que é pesado elas até tocam, porém deixa quieto porque o fardo não lhe pertence.

João Eudes de Ana

A lei do retorno foi escrita pelo universo e carimbada pelas mãos de Deus, por isso é tão perfeita e justa.

João Eudes de Ana

Agora.
Depois: talvez nada mais, só silêncio.

João Eudes de Ana

Gosto de chorar rindo
Pra ninguém notar minha dor.

João Eudes de Ana

Meu grito é o meu silêncio
Se não ouviu é porque não me conheceu de verdade.

João Eudes de Ana

Se o mundo te abondonas, insuportável e superável é. Se sentes esquecido por Deus é quase mortal.

João Eudes de Ana

365 dias é passageiro
1 minuto pode ser eterno.

João Eudes de Ana

Aqui se faz .. aqui se paga... na lei da vida a gente não trabalha com cheque.. muito menos cartão de crédito... o pagamento é a vista...

M.I.R.L ( Maria Isabel Ribeiro Lopes )
276 compartilhamentos

Tão sutil e simplório é o amor que seria capaz de passar despercebido até pelos corações mais amáveis.

João Eudes de Ana

Para o tolo é só coincidência
Para o destino é humor e ironia.

João Eudes de Ana

O que os olhos não vêem e o coração não sente; a mente imagina.

João Eudes de Ana