Coleção pessoal de ProfessorAntonio

1 - 20 do total de 61 pensamentos na coleção de ProfessorAntonio

⁠Momentos

Momentos são afagos ou arranhões
pedaços de vida, desejo de eternidade;
principalmente, quando amamos.
Nunca pense em abreviar, nunca pense no futuro,
enquanto você conhecer o abraço;
pois, o amanhã será só retalhos
desse momento, em cicatrizes e lembranças
que vamos nos arrepender de não termos vivido,
sofrido e aprendido.

Antonio Ferreira

Amarras

Um dia, te terei em meus braços
Sentirei teus afagos, teus mimos
Quem sabe, poderemos mudar nosso destino
Um dia, conhecerei o teu coração
Longe dessas amarras, longe dessa prisão
Enfim, poderei transformar tuas razões
Numa verdadeira paixão, sem hora de acabar
Sem ninguém para nos amordaçar

Antonio Ferreira

Passarinho livre

Um passarinho precisa de liberdade
Precisa sentir saudade
Precisa escolher seu destino
Precisa conhecer o desatino
A solidão, a frustração, a decepção
Só não espere a mesma gaiola à disposição.

Antonio Ferreira

É bom evitar mágoas

Nossas feridas e mágoas fazem parte
Sorrir na vida e sempre
Fazemos de tudo e um pouco
Evitar magoá-las é uma arte

Temos medo e relutamos
Temos ciúmes, então
Da vida é preciso cuidado
Para não destroçar de outro o coração

Amar, beijar e te acalentar
Palavras de carinho é bom sentir
Ver a distância chegar
Faz a mágoa surgir

Não abandone nem despreze
Vai, por isso, fazer outros sofrer
Aparecendo uma D.R
E fazendo o ressentimento aparecer

Mesmo a dor aparecendo
O bom senso deve ter
Evitando nos outros a dor
E o altruísmo prevalecer

Antonio Ferreira(Livro Crônicas E Poemas Reflexivos)
114 compartilhamentos

A poesia é um estado de plenitude que nem todo mundo compreende, se importa ou magnífica.

Antonio Ferreira

Me prove na “real”
Não quero os “noves-fora”
Pois, há erro
Preciso de um argumento certeiro
Sem secura na boca, nem malícia,
Sem gaguejar, nem desmentir a física
Quero uma operação real
Uma prova nada subjetiva
E que seja objetiva

Antonio Ferreira

Amigo

Amigo de momento
A muito tempo
Em silêncio
Em partida
À distância
Desde a infância
Amigo, só se tiver relevância

Antonio Ferreira

Se o poder emana do povo, onde está o povo que não se pronuncia diante dos desmandados?

Antonio Ferreira

Eu tenho medo
Medo da vida
Medo de te perder
E viver por viver

Antonio Ferreira

É mais fácil jogar pedras do que plantar, ou ajudar a colher os frutos de outrem.

Antonio Ferreira

Almas ressequidas pela robusta ignorância
Onde estão em si mortas
Apesar de semivivas
Não conhecem a vida
Apenas sobrevivem
Feliz são as prosopopéicas vidas que as assistem

Antonio Ferreira

O tempo não para
A dor sara
A raiva passa
A dignidade fica
Do seu amor próprio não se desfaça

Antonio Ferreira

Oposição e incoerência
Julgamentos e julgamentos
Se é amigo, não há crime
Se não é amigo, não há livramentos
Nosso maior crime é não nos aliar
A pensamentos vãos e sem argumentos
O mundo molda nossa mente
Antes de julgamento, do mundo o conhecimento

Antonio Ferreira
1 compartilhamento

Preciso conhecer os templos dos algozes
Lugares de carnificina humana
O sofrimento alheio meus pés no chão fincar
E entender que a vida é feita de refletir
Momentos de viagens para fora de si
E outras viagens dolorosas
Para entender o ser humano que está dentro de mim

Antonio Ferreira
1 compartilhamento

...Vou tentando caminhar na chuva, esquecendo deste fato
Que só o seu corpo eu tive
Sua alma nem por um instante
Fui feliz enquanto não sabia com nosso amor relaxante
Percebi que você não tinha amor
Seu passado voltou...

Antonio Ferreira
1 compartilhamento

...Queria recitar a dor
Mas, prefiro te mostrar em meus olhos
Na minha insônia atroz
No meu andar solitário
No amor que pra mim é algo só imaginário...

Antonio Ferreira
1 compartilhamento

Quando estávamos juntos

Quando estávamos juntos
Éramos amor e paixão
Aventura e curtição
Razão e emoção
Afago e carícias
Primazia e primícias

Hoje, mesmo sem nos ver
Mesmo sem do outro saber
Queremos ser ainda praia e sol
Óculos e guarda-sol
Cama e lençol
Prece e louvor
Saúde e vigor
Fervor e amor

Infelizmente te perdi
Não mais te vi
Hoje somos chuva e sol
Frio e calor
Primavera e verão
Amargor e perdão
Não nos encontramos mais
Não somos mais um só coração

Queria recitar a dor
Mas prefiro te mostrar em meus olhos
Na minha insônia atroz
No meu andar solitário
No amor que pra mim é algo só imaginário

Antonio Ferreira
1 compartilhamento

Às vezes a reflexão é séria
Às vezes quem não pensa, as marés o levam
Às vezes quem malda demais, a ignorância o dilacera(Antonio Ferreira)

Antonio Ferreira
1 compartilhamento
Tags: ignorância vida

Não preciso de você


Não preciso de você
Minhas noites em claro
Minhas preocupações contigo
Meu desejo de te ver
É só mais uma fase que vou esquecer

Claro que não preciso de você
Posso viver tranquilo sem teus abraços
Sem teus afagos
Sem teus amaços
Sem teu cheiro
E pensar que você pode não está bem
Isso me deixa preocupado
Mas posso viver sem você

Você pode viajar
Se divertir
Com um amigo lanchar
Mas se meu coração se partir
Não quer dizer que não possa viver sem ti

Posso lembrar de nossas graças
De nossas brincadeiras
De nossas asneiras
Mesmo assim, posso viver sem você
Mesmo que meu coração venha a morrer

Antonio Ferreira
1 compartilhamento
Tags: amor necessidade

A morte em vida

Vejo ao meu redor
Almas sedentas que vagam em cemitério infértil
Que ninguém rega o terreno endométrio
Gerador de novas vidas, tanto na Terra como no céu

Almas ressequidas pela robusta ignorância
Onde estão em si mortas
Apesar de semivivas
Não conhecem a vida
Apenas sobrevivem
Feliz são as prosopopéicas vidas que as assistem

Felizes aqueles que são homenageados
Sem a consciência de estarem
Sem o orgulho para seus egos se elevarem
A vida é assim
Dá-se vida aos mortos
E mata os vivos, outrossim

No cemitério da ignorância
Morrem para dar frutos
E dão vidas aos que perderam a consciência de tudo

Antonio Ferreira
1 compartilhamento