Coleção pessoal de PensadorRS

1 - 20 do total de 446 pensamentos na coleção de PensadorRS

Espalhe mentiras por aí e esqueça momentaneamente a sua miséria existencial.

Allan Caetano Zanetti
1 compartilhamento
Tags: mentira existência

Fazer a coisa certa é o negócio mais fácil do mundo, mas para andar fora da linha em grande estilo é preciso ter talento.

Allan Caetano Zanetti
1 compartilhamento

Aprecio as horas nas quais estou cercado de gente, especialmente por elas me lembrarem o quanto é bom ficar sozinho.

Allan Caetano Zanetti
1 compartilhamento
Tags: companhia solidão

Você nunca será como ela

Não questione no que penso
Nas longas noites de insônia
Nos breves passeios na praça
Eu responderia sem cerimônia

Seria um evento desagradável
Tanta sinceridade numa só vez
Mas não tem como substituí-la
Ninguém marcará como ela fez

O seu cabelo está mais longo
O seu perfume é igual ao dela
E até os gostos são parecidos
Só que a vida não é mais bela

Eu adoraria poder esquecê-la
Olhar para a frente e aproveitar
Sem um fantasma aqui comigo
Em doce fantasia a assombrar

Não, você nunca será como ela
Irá chegar a ocasião de admitir
Sou grato pela sua companhia
Porém me tortura ter que omitir.

Allan Caetano Zanetti
1 compartilhamento
Tags: amor substituição

Palhaçada nacional

Vamos eleger um salvador da pátria
Torcendo para um milagre acontecer
Vamos votar no nosso bobo da corte
E, no dia seguinte, da opção esquecer

Em outubro, terá palhaçada nacional
Mesmo os debates são uma diversão
Leva vantagem quem grita mais alto
Enquanto o público cogita abstenção

País do Futuro só se for bem distante
Estamos exaustos de vagas promessas
A depressão tomou conta do território
Nunca as fronteiras foram tão abertas

Não é recomendável ficar sóbrio aqui
Ávido por festa, o povo quer tumulto
Candidato bom sabe promover briga
Deixando os poucos sensatos de luto.

Allan Caetano Zanetti
1 compartilhamento
Tags: palhaço brasil

Chance da vida

Você deve estar pronto para a hora
O momento aguardado para brilhar
Não deixe passar tal oportunidade
Sob risco de ela nunca mais voltar

É a chance da vida, o grande lance
Nada pode ser tão impressionante
Dia em que o guri se torna homem
E a mulher dele está deslumbrante

Todos encontram a situação ideal
Não afirme que a sua não chegou
Eu vim ao mundo há algum tempo
Não foi um pastor que me mostrou

Se conheça para saber o seu valor
Cada um aceita o que crê merecer
A vitória bate na porta pela manhã
Porém muitos escolhem adormecer

Sem autoajuda ou conversa bonita
A questão decisiva é querer evoluir
Tem que sair da comodidade banal
Para uma nova realidade poder vir.

Allan Caetano Zanetti
1 compartilhamento

Estar extasiado

Deve ser uma forma de êxtase
Gol da vitória na prorrogação
Retirar a bota que cansa o pé
Ter coragem para dizer "não"

Compor e cantar enamorado
Ser elogiado merecidamente
Festejar sem qualquer culpa
Filho crer na Fada do Dente

Testemunhar a beleza pura
Ser sorteado entre milhares
Passar num teste concorrido
Conhecer inúmeros lugares

Cozinhar e lamber os dedos
Se soltar ao menos uma vez
Ajudar com desprendimento
Agradecer que alguém lhe fez

Deve ser prazeroso o simples
Ainda que não tenha motivo
Tal como um artista novato
Explorando o seu subjetivo.

Allan Caetano Zanetti
1 compartilhamento

Quando ela entrou no rock bar

Quando ela entrou no rock bar
Eu estava olhando pela janela
Meia-noite e quinze de sábado
Acreditei numa vida mais bela

Todas as ações espalhafatosas
Ao menos refletiam a verdade
Cabeça no lugar não foi o forte
Mas confie: não faltou vontade

É fácil perceber interesse real
Ainda tenho alma e me dedico
Nada espero ganhar em troca
De afeições puras não abdico

Não importa o que pensarão
Jogados num mundo carente
Homens e mulheres imóveis
Gente sem coração de gente

Sim, eu faria tudo outra vez
Devoto das causas perdidas
Um cara estranho a olho nu
Entre as chegadas e partidas

Quando ela entrou no rock bar
Eu estava saltando de alegria
Sem tempo para ver o relógio
Apaixonado por uma melodia.

Allan Caetano Zanetti
1 compartilhamento

Ninguém é tão sofisticado que possa abrir mão de precisar suprir necessidades básicas.

Allan Caetano Zanetti
1 compartilhamento
Tags: sofisticação básico

Data marcada

Duas semanas na expectativa
Para na hora nada acontecer
Não diga que não foi avisado
Seu problema passa por crer

Só água gelada no chuveiro
Lá fora há chuva e decepção
Bem-vindo à árdua realidade
Mais uma fantasia foi em vão

Deve ser por isso que rasga
Tal como um canivete suíço
Dia a dia sem ter confiança
E sendo visto como omisso

Levante para cair novamente
Tenha fé, mas se arrependa
Faça planos e logo esqueça
Ateie fogo na pútrida agenda

Sem esperança no momento
Um horizonte de zero queixa
Precisa haver algum controle
Só que a ambição não deixa.

Allan Caetano Zanetti
1 compartilhamento
Tags: data calendário

Quem possui grandeza a conserva em um episódio de humilhação, assim como o mesquinho continua pequeno em um instante de glória.

Allan Caetano Zanetti
1 compartilhamento
Tags: grandeza pequenez

Não tenho nada contra ninguém, porém com frequência o melhor momento do dia para mim é quando estou sozinho com um livro em mãos.

Allan Caetano Zanetti
1 compartilhamento
Tags: solidão leitura

Ao contrário do que se habituou a pensar, ser criticado por uns é honroso e receber elogios de outros pode soar mal.

Allan Caetano Zanetti
1 compartilhamento
Tags: crítica elogio

Semideuses

Me apresentem aos desafortunados
Alguém que tem metade dos dentes
Uma mulher que foi traída há pouco
Eu quero conhecer os descontentes

Nada contra a gente bem-resolvida
Mas vida monótona chega a minha
Faz tempo que tudo está em ordem
Preciso colher alguma erva daninha

Todo mundo é um enorme sucesso
Só convivo com homens confiantes
Todas as meninas parecem misses
Onde foram parar os seres errantes?

Amanhã o esgoto terá um bom odor
Não haverá mais sangue a derramar
Só restaurante com comida saudável
Mundo muito correto para se habitar

Não passo por nenhum ser humano
Partilho a calçada com semideuses
E somos incrivelmente semelhantes
Ainda germinam gêmeos siameses

Me olho no espelho e nada enxergo
Minha voz parece ecoar para dentro
Talvez eu esteja em outra dimensão
Porque tentei demais ficar no centro.

Allan Caetano Zanetti
1 compartilhamento
Tags: semideus humanidade

Sequer mencionar o nome de alguém: uma forma mais sutil de desprezo, mas não menos cruel.

Allan Caetano Zanetti
1 compartilhamento

Guru inventado

Todos precisam acreditar em algo
Salvação, capitalismo, celebridade
Peixe à venda por tempo reduzido
O prefeito se reelegendo na cidade

Faça uma prece, se conecte a Tudo
Confie em mim: você é importante
Me empreste a sua conta bancária
Prometo que será por um instante

Você veio ao planeta para triunfar
De acordo com o comercial da TV
Prepare a roupa e alguns sorrisos
Há muita gente querendo lhe ver

Não esqueça de esquecer o Nada
Filosofia nessas horas embaralha
Você é sedutor, é ótimo, é eterno
Sobra espaço para outro canalha

Sua foto já desponta na imprensa
Seu nome, na lista de convidados
Apenas seguindo o passo a passo
Você é o líder de costumes falsos.

Allan Caetano Zanetti
1 compartilhamento

Nenhum sentimento une de maneira tão autêntica as pessoas como a tristeza.

Allan Caetano Zanetti
1 compartilhamento
Tags: união tristeza

Para considerar o ser humano essencialmente bom, basta que você seja estupidamente ingênuo ou suficientemente burro.

Allan Caetano Zanetti
1 compartilhamento
Tags: bondade humanidade

Se a vida está repleta de ilusões que nos chegam através dos sentidos, ficarmos inebriados é pré-requisito para sermos considerados sãos.

Allan Caetano Zanetti
1 compartilhamento
Tags: ilusão sanidade

Boas ações

Deixa eu fingir que me importo
Com a ação que subiu neste dia
Com as lamentações do padeiro
Deixa, é questão de ter simpatia

Vou levar a sério todo o diálogo
Só pra ver até onde pode chegar
Se der problema, a gente resolve
A vadiagem não autoriza a parar

Vou estar com um cara supimpa
Que se convenceu de que é o rei
Ele contará seus feitos incríveis
E eu, como se imagina, fingirei

Uma zombaria sutil e divertida
Na palhaçada que é ter vínculo
Suportando horas prolongadas
Com qualquer vivente ridículo

Sou protagonista de boas ações
Ajudo um desesperado por mês
Em nome do marketing pessoal
É hora de atender outro freguês.

Allan Caetano Zanetti
1 compartilhamento