Coleção pessoal de neusamarilda

161 - 180 do total de 618 pensamentos na coleção de neusamarilda

Muitas vezes o dia estava nublado,
nada de bom parecia oferecer,
mas a força e fé estavam a meu lado,
consegui os obstáculos todos vencer !

Neusa Marilda Mucci - poetisa
1 compartilhamento

As vezes, muitas, talvez,
A poesia foge de mim,
Aperta antes a minha garganta,
Embarga-me a voz, parece o fim...
Reajo com firmeza, sou guerreira,
Mas a deixo aos poucos, partir,
Sei que um dia, de qualquer maneira,
Voltaremos, aqui ou em outro plano a nos unir...
Seremos unas, alma e coração,
Linhas, letras, saudades e amor,
Nada separa quem sente a emoção
De ser poeta e ao parnaso dar valor

Neusa Marilda Mucci - poetisa
1 compartilhamento

Hoje é aquele amanhã que você esperava ontem, este virou passado. Viva cada instante, nada espere do tempo, ele também não nos espera.

Neusa Marilda Mucci - poetisa
1 compartilhamento

Hoje quero dizer de sentimentos,
os que nos habitam o coração,
dele todos são, alegrias ou tormentos,
somos humanos, entre realidade e ilusão

Quem tem um amor que o preserve,
trate bem e lhe dê muito carinho,
porque é raro e que Deus o conserve
sempre junto aos seus passos no caminho

Neusa Marilda Mucci - poetisa
1 compartilhamento
Tags: coração sentimentos

Não importam os ásperos caminhos,
nem as beiradas de abismos sem a luz,
nossos pés descalços seguem seus passinhos,
pisando pedras, sem senti-las, a poesia nos conduz...

Neusa Marilda Mucci - poetisa
1 compartilhamento

Onde foi mesmo e tão de repente
que sem percebermos
acabou o amor da gente?

Neusa Marilda Mucci - poetisa
1 compartilhamento

Cafundós,
moro em mim
e bem, a sós !

A alma encerra
o que procuro e me afeta,
a força da inspiração
em minha vida de poeta

Neusa Marilda Mucci - poetisa

Neusa Marilda Mucci - poetisa
1 compartilhamento

Já que chegaste,
podes entrar e sentar,
tome minhas mãos geladas,
queres um café?
ou um chá de maçã
com prosa açucarada ?

Neusa Marilda Mucci - poetisa
1 compartilhamento
Tags: chegaste geladas

Não tenho orgulho, não sou nada,
a única satisfação que tenho
é cumprir o meu dever,
percorrendo com honestidade
a minha pequena estrada...

Neusa Marilda Mucci - poetisa
1 compartilhamento

Recordar algo triste do passado não é saudade, é apenas dolorida lembrança que não devemos ter.

Neusa Marilda Mucci - poetisa
1 compartilhamento
Tags: recordar saudade

Saudade é o espaço entre a mente, o olhar e o coração que tatuaram em si, o que a vida ofertou no passado, quer tenha sido bom ou nem tanto.

Neusa Marilda Mucci - poetisa
1 compartilhamento
Tags: saudade passado

Saudade é canção enclausurada no peito, sufocando e ao mesmo tempo querendo gritar, procurando oxigênio para que algo que tenha sido bom possa voltar.

Neusa Marilda Mucci - poetisa
1 compartilhamento
Tags: canção enclausurada

Que o nosso dia seja pleno
da alvorada até o arrebol
que a noite tenha um bom sereno
e depois da lua que venha novamente o sol...

Neusa Marilda Mucci - poetisa
1 compartilhamento

Enquanto a chuva canta
a brisa quer secar a paisagem
as vezes consegue e se espanta
perdendo-se entre as ramagens
A natureza nos ensina a viver
nos pequenos detalhes que vemos
tudo tem uma razão de ser
sob as bençãos Daquele em que cremos

Neusa Marilda Mucci - poetisa
1 compartilhamento

Não gosto de mi, mi,mi
palavras dos sem noção
vivo o agora e aqui
só ouço o meu coração...

Neusa Marilda Mucci - poetisa

Não tenho medo de nada
sei bem qual é o meu norte
nunca saio da boa estrada
serei assim até a morte

De nada tenho receio
enfrento tudo com firmeza
no coração só anseio
viver em paz e leveza

Neusa Marilda Mucci - poetisa
1 compartilhamento

O teu nome eu escrevia
no tronco de uma árvore,
nem mesmo te conhecia
e já parecias folclore
Não sabia porque razão,
isso sempre acontecia,
mas agora sei, era o coração,
mergulhado em poesia
Nunca de fato o esperei
nem um sonho foi sonhado
eras um nome que rabisquei
nos momentos de enfado



17 de novembro de 1.999

Neusa Marilda Mucci - poetisa
1 compartilhamento

Na verdade nunca te amei,
porque inventaste este sonho?
sou livre, só amizade te dediquei
e me cobras, és bisonho!


25 de maio de 2.002

Neusa Marilda M.
1 compartilhamento

É preciso e urgente parar
de dizer vagos lero-leros
e pare de exagerar
chega a dar desespero
Nada que diz é verdade
apenas gasta saliva
em frase de banalidade
que a alma nem sintoniza
O teu tempo já acabou
outro amor aconteceu
o teu passo demorou
vê se esquece quem te esqueceu !

Neusa Marilda Mucci - poetisa
1 compartilhamento
Tags: desespero verdade

Deixe para trás quem te despreza,
siga teu caminho em alegria,
outras pessoas existem e dentre elas
haverá alguma que será tua poesia

Neusa Marilda Mucci - poetisa
2 compartilhamentos