Coleção pessoal de mnrodrigues

1 - 20 do total de 383 pensamentos na coleção de mnrodrigues

A fé em Jesus ri das impossibilidades.

Sou egoísta, impaciente e um pouco insegura. Cometo erros, sou um pouco fora do controle e às vezes difícil de lidar, mas se você não sabe lidar com o meu pior, então com certeza, você não merece o meu melhor!

Eu canto a dor que eu não soube chorar.

E foi tão corpo que foi puro espírito.

A velocidade só faz sentido se você estiver na direção certa.

Eu só posso estar na vida do outro para fazer o bem, para acrescentar, caso contrário, eu sou perfeitamente dispensável.

Algumas vezes o melhor jeito de convencer alguém que está errado é deixá-lo seguir seu caminho.

Aqui jaz Dobby, um elfo livre.

"Eu vivo muitas vidas, mas o Fabio eu nao posso interpretar, esse personagem aqui eu nao escolhi, mas sei que sao minhas escolhas que definem quem eu sou. Lutei, desisti, abandonei, duvidei, esqueci e me encontrei. É nao foi atuando que eu descobri meus medos e virtudes, foi por ter liberdade nas minhas escolhas. Ainda vou viver muitas vidas nessa vida, mas felicidade é ser eu mesmo. Essa é a minha vida, esse é meu clube."

Eu sinto ciúme quando alguém te abraça, porque por um segundo essa pessoa está segurando meu mundo inteiro.

Vai me ver com outros olhos ou com os olhos dos outros?

Temporal
Fazia tempo
Que eu não me sentia
Tão sentimental

O amor é um sentimento em que a felicidade de outra pessoa é essencial à nossa.

Acordar na manhã seguinte com gosto de corrimão de escada na boca: mais frustração que ressaca, desgosto generalizado que aspirina alguma cura.

Já me matei faz muito tempo
Me matei quando o tempo era escasso
E o que havia entre o tempo e o espaço
Era o de sempre
Nunca mesmo o sempre passo

Morrer faz bem á vista e ao baço
Melhora o ritmo do pulso
E clareia a alma

Morrer de vez em quando
É a única coisa que me acalma

(...) tem aquele gosto doce de menina romântica e aquele gosto ácido de mulher moderna.

Naqueles dias, enlouquecia cada vez mais, querendo agora já urgente ser feliz. Percebendo minha ânsia, ele tornava-se cada vez mais remoto. Ausentava-se, retirava-se, fingia partir.

Dói, um pouco. Não mais uma ferida recente, apenas um pequeno espinho de rosa, coisa assim, que você tenta arrancar da palma da mão com a ponta de uma agulha. Mas, se você não consegue extirpá-lo, o pequeno espinho pode deixar de ser uma pequena dor para transformar-se numa grande chaga.

Era isso — aquela outra vida, inesperadamente misturada à minha, olhando a minha opaca vida com os mesmos olhos atentos com que eu a olhava: uma pequena epifania.

Não importa quanto vá durar – é infinito agora.