Coleção pessoal de mariaeduardafr

1 - 20 do total de 79 pensamentos na coleção de mariaeduardafr

Sabe, depois de algum tempo sem você eu comecei a questionar. Sim. Questionar. O que deu em mim de pensar que nós daríamos certo? O que me fez pensar que você era o cara certo para mim? Será que foi essa coisa que apelidaram de "amor"? Ou será que eu procurei nessa história algo parecido com as linhas dos livros de romance que li? Será que eles estão me fazendo o mal que dizem que me faram? Ou será que eu quis achar em você o que eu não acho por aqui na redondeza? Será que você foi esse cara lindo, romântico que andei vendo e ouvindo? Ou será que era mais um de seus truques para se perder dentro de si mesmo? Ou para que eu me perdesse dentro de mim mesma?! Dai fiquei pensando, "depois de todos esses questionamentos eu deveria ter alguma solução completa dessa equação tão complicada" o único problema é que eu não tinha, não tenho e nem vou ter, porque eu simplesmente parei antes de chegar ao resultado final.

Maria Eduarda

Palavras ao vento

A primeira letra do alfabeto é também a primeira letra da palavra amor e se acha importantíssima por isso! Com A se escreve "arrependimento" que é uma inútil vontade de pedir ao tempo para voltar atrás e com A se dá o tipo de tchau mais triste que existe: "adeus"... Ah, é com A que se faz "abracadabra", palavra que se diz capaz de transformar sapo em príncipe e vice-versa...
Com B se diz "belo" - que é tudo que faz os olhos pensarem ser coração; e se dá a "bênção", um sim que pretende dar sorte.
Com C, "calendário", que é onde moram os dias e o "carnaval", esta oportunidade praticamente obrigatória de ser feliz com data marcada. "Civilizado" é quem já aprendeu a cantar ´parabéns pra você` e sabe o que é "contrato": "você isso, eu aquilo, com assinatura embaixo".
Com D , se chega à "dedução", o caminho entre o "se" e o "então"... Com D começa "defeito", que é cada pedacinho que falta para se chegar à perfeição e se pede "desculpa", uma palavra que pretende ser beijo.
E tem o E de "efêmero", quando o eterno passa logo; de "escuridão", que é o resto da noite, se alguém recortar as estrelas; e "emoção", um tango que ainda não foi feito. E tem também "eba!", uma forma de agradecimento muito utilizada por quem ganhou um pirulito, por exemplo...
F é para "fantasia", qualquer tipo de "já pensou se fosse assim?"; "fábula", uma história que poderia ter acontecido de verdade, se a verdade fosse um pouco mais maluca; e "fé", que é toda certeza que dispensa provas.
A sétima letra do alfabeto é G, que fica irritadíssima quando a confundem com o J. G, de "grade", que serve para prender todo mundo - uns dentro, outros fora; G de "goleiro", alguém em quem se pode botar a culpa do gol; G de "gente": carne, osso, alma e sentimento, tudo isso ao mesmo tempo.
Depois vem o H de "história": quando todas as palavras do dicionário ficam à disposição de quem quiser contar qualquer coisa que tenha acontecido ou sido inventada.
O I de "idade", aquilo que você tem certeza que vai ganhar de aniversário, queira ou não queira.
J de "janela!, por onde entra tudo que é lá fora e de "jasmim", que tem a sorte de ser flor e ainda tem a graça de se chamar assim.
L de "lá", onde a gente fica pensando se está melhor ou pior do que aqui; de "lágrima", sumo que sai pelos olhos quando se espreme o coração, e de "loucura", coisa que quem não tem só pode ser completamente louco.
M de "madrugada", quando vivem os sonhos...
N de "noiva", moça que geralmente usa branco por fora e vermelho por dentro.
O de "óbvio", não precisa explicar...
P de "pecado", algo que os homens inventaram e então inventaram que foi Deus que inventou.
Q, tudo que tem um não sei quê de não sei quê.
E R, de "rebolar", o que se tem que fazer pra chegar lá.
S é de "sagrado", tudo o que combina com uma cantata de Bach; de "segredo", aquilo que você está louco pra contar; de "sexo": quando o beijo é maior que a boca.
T é de "talvez", resposta pior que ´não`, uma vez que ainda deixa, meio bamba, uma esperança... De "tanto", um muito que até ficou tonto... De "testemunha": quem por sorte ou por azar, não estava em outro lugar.
U de "ui", um ài" que ainda é arrepio; de "último", que anuncia o começo de outra coisa; e de "único": tudo que, pela facilidade de virar nenhum, pede cuidado.
Vem o V, de "vazio", um termo injusto com a palavra nada; de "volúvel", uma pessoa que ora quer o que quer, ora quer o que querem que ela queira.
E chegamos ao X, uma incógnita... X de "xingamento", que é uma palavra ou frase destinada a acabar com a alegria de alguém; e de "xô", única palavra do dicionário das aves traduzida para o português.
Z é a última letra do alfabeto, que alcançou a glória quando foi usada pelo Zorro... Z de "zaga", algo que serve para o goleiro não se sentir o único culpado; de "zebra", quando você esperava liso e veio listrado; e de "zíper", fecho que precisa de um bom motivo pra ser aberto; e de "zureta", que é como fica a cabeça da gente ao final de um dicionário inteiro.

Adriana Falcão
342 compartilhamentos

A alegria evita mil males e prolonga a vida.

William Shakespeare
18 mil compartilhamentos

Por favor, quero te pedir algo de todo meu coração. Brigue comigo por qualquer motivo besta e depois me peça desculpas com um beijo de cinema; arranque um sorriso fácil do meu rosto quando eu estiver muito brava com você; se irrite quando eu fizer tudo do jeitinho que você quiser, mas me ame quando eu te disser não, bater o pé e fazer do meu jeito; Diga não quando eu quiser um sim, e diga sim quando eu quiser um não, isso vai me deixar muito irritada, mas no final eu te amarei ainda mais.

Maria Eduarda

Eu queria tanto te ter de volta, mas o orgulho foi maior que eu e te perdi. E é por isso que hoje eu sinto saudade das noites que você me colocava pra dormir, das inúmeras vezes que brigamos sem motivos e nos reconciliamos sem perceber, das vezes que juramos amores eternos, das vezes que ficamos imaginando como seria nossa primeira troca de olhares quando aquelas únicas portas que nos separavam fossem abertas e com ela abrindo sorrisos. Quantas vezes eu sonhei com aqueles beijos imaginados, abraços apertados que nunca foram dados nem sentidos. Hoje percebo que te perdi, ao que parece nem lembra-se de mim, e eu? Eu fico aqui, remoendo memórias do passado.

Maria Eduarda
1 compartilhamento
Tags: memórias passado

Poeminha Amoroso

Este é um poema de amor
tão meigo, tão terno, tão teu...
É uma oferenda aos teus momentos
de luta e de brisa e de céu...
E eu,
quero te servir a poesia
numa concha azul do mar
ou numa cesta de flores do campo.
Talvez tu possas entender o meu amor.
Mas se isso não acontecer,
não importa.
Já está declarado e estampado
nas linhas e entrelinhas
deste pequeno poema,
o verso;
o tão famoso e inesperado verso que
te deixará pasmo, surpreso, perplexo...
eu te amo, perdoa-me, eu te amo...

Cora Coralina
3.1 mil compartilhamentos

Às vezes me pego pensando se era necessário realmente o fim. A gente não podia colocar uma vírgula no lugar desse ponto? A gente não podia chegar de mansinho e se apresentar mais uma vez um ao outro? Ir mais devagar nas declarações de amor infinito? Ou então quem sabe fazer melhor, não dizer eu te amo e riscar da nossas vidas o "eu quero viver a mais linda eternidade com você"? A gente deixaria de ser hipócritas e começaríamos tudo outra vez, de um jeito novo.

Maria Eduarda

Ai como me doe ver livros jogados ao chão, vê pessoas sofrendo sem perdão, como me doe amo e não ser amada, chorar e não ter ninguém para consolar-me, como me doe querer um abraço que nunca mais receberei, como me doe ver-te em outros braços que não sejam os meus, como me doe vê aquela criança todos os dias deitada no chão, como me doe ver esse mundo tão grande e saber que nem todos tem um lugar nele, como me doe ver casas abandonadas onde deveriam estar cheias de vida, de alegria, como me doe ver a tristeza que paira sobre nossas cabeças.

Maria Eduarda

Como todo escritor tenho meus motivos para escrever. Quero ser vista como alguém que sabe brincar com as palavras na medida certa. Me fascino com o desenho que as letras formam umas juntas das outras formando as palavras e transcrevendo todos os meus sentimentos em pequenas estrofes. Não pense que isso é mérito só meu, pois não é, basta ter vontade e uma cabeça repleta de pensamentos para junta-los em palavras, precisa-se ter coragem para levantar de madrugada, apanhar um pedaço de papel, uma caneta e traçar os traços das estrofes. Algumas coisas da qual eu escrevo são reflexos do meu dia-a-dia, da minha vida, outras são inspirações que vêem a mente antes, ou depois de um dia extremamente maravilhoso ou ruim, depende do momento. Escrevo porque tenho em mim um cede de palavras que não encontro ao meu redor, passo horas e horas imersa em meus pensamentos e quando os transformo em versos um simples sorriso se torna visível nos cantos de minha boca. Quero ter o prazer de acabar a tinta de minha caneta com um ponto final, quero ter a sensação de um livro em minhas mãos, quero sempre ser uma aprendiz uma almejante das palavras.

Maria Eduarda
1 compartilhamento

Nunca desista dos seus sonhos, nunca desista daquilo que te leva para frente, nunca desista de colocar um sorriso no rosto quando as pessoas quiserem que caiam lágrimas dos teus olhos, e lembre sempre de que a verdade doe, mas te fortalece mais.

Maria Eduarda
2 compartilhamentos

Por favor, diga-me por onde anda aquelas meninas que faziam planos antes de dormir? Por onde andam os meninos que faziam serenatas embaixo de janelas mesmo sabendo que poderiam levar um balde de água na cabeça? Por onde estão os casais apaixonados que andavam no parque no domingo a tarde? Por onde andam as cartas de amor? Por onde anda tudo aqui que eu via pela minha janela, acabou, acabou todos os encantos de se estar apaixonado, acabou o prazer de amar e ser amado, as pessoas estão se tornando cada vez mais frias e menos sentimental, estão acabando com meus sonhos, com meus planos de amor verdadeiro.

Maria Eduarda

E eu parti, parti para nunca mais voltar, parti porque meu coração ficou partido em meio a tanto caos. Eu juro que queria ficar mais era impossível em meio as circunstâncias, eu estava destruída por dentro e você não notou, foram tantos dias de lágrimas escorridas por dentro e tantos sorrisos falsos mostrados por fora, pois do que adiantava mostrar minha tristeza se você ao menos se importava, então foi ai que eu tomei a decisão, eu parti sem nunca mais voltar.

Maria Eduarda

Vivo dos meus sonhos, me alimento de palavras, busco em cada momento um aprendizado único do qual eu levo para minha vida, não sigo livros de auto ajuda pois eles nunca me serviram, não sigo pensamentos de filósofo nenhum pois não concordo com pensamentos seguidos por muitas pessoas, não tenho a formula da felicidade e nem quero um dia chegar a ter, sou humana, preciso sofrer para que quando a felicidade chegue eu tenha alguma coisa pra ao menos sorrir.

Maria Eduarda

Sou menina, sou mulher; Sou menina que quer crescer, sou mulher que quer voltar a ser criança; Sou menina que sonha em andar de salto alto, sou mulher que tem os pés calejados por causa do salto;Sou menina que sonha com o príncipe encantado, sou mulher que não sonha mais em relação ao amor; Sou menina que queria sair da casa dos pais, sou mulher que quer aquele aconchego de volta; Sou menina que quando ia deitar imaginava a vida perfeita, sou mulher que apenas deixo a vida imaginar por mim. Sou menina, sou mulher, sou duas em uma, com saudade do passado e ansiedade do futuro.

Maria Eduarda

Bom hoje não vou escrever sobre amor como é de costume, hoje vou escrever sobre a amizade de três meninas, cada uma morando num lugar diferente e como o tempo e a distância prejudicou essa amizade. Meninas (Isa e Isis) sei que andamos ocupadas cada uma com seus compromissos e suas coisas, mais vamos fazer uma pequena volta ao tempo comigo? Lembram-se das risadas? Eu sei que lembram! Lembram-se dos segredos, dos desabafos e das palavras que trocamos antes desse maldito tempo nos afastar um pouco? Sei que vocês lembram de cada palavra trocada uma com as outras, por favor peço a vocês duas vamos voltar a nos falar, vamos retomar a nossa amizade de onde "parou" não quero dizer que deixamos de ser amigas, quero dizer que nos afastamos, mais vamos fazer nossos janelões sem deixar que nada atrapalhe nem que seja uma vez ou duas no mês, mais vamos retomar tudo de novo, vamos fazer planos de nos conhecer, vamos dividir alegrias, vamos falar besteiras de novo e rir descontroladamente, vamos por favor. Meninas nunca se esqueçam que eu serei sempre a amiga de vocês e que vocês podem sempre contar comigo porque eu mesmo estando estando longe estarei por perto. Especialmente para minha oncinhas Isabelly e Isis

Maria Eduarda
1 compartilhamento

O erro do ser humano é querer ser aquilo que ele não é. É querer sempre ser melhor que os outros, sempre se sair por cima de tudo e de todos, se achar o melhor que qualquer outro, e acaba não vendo que é igual à todos, completos idiotas.

Maria Eduarda

Às vezes esperamos atitudes que nunca serão tomadas; às vezes queremos ouvir palavras que nunca serão ditas; às vezes queremos viver momentos que nunca chegaram e nós vivemos tendo ilusões, nos magoamos e nos perdoamos a cada dia que passa, esperando assim nos tornarmos uma pessoa melhor.

Maria Eduarda

Perdi as contas de quantas vezes olhei pela janela do quarto pensando que você estava lá fora me esperando, de quantas vezes olhei o celular para vê se tinha alguma chamada ou alguma mensagem sua,das vezes em que chorei por você ter me abandonado, já cheguei a pensar que meu coração nunca mais iria amar, que eu nunca mais seria feliz, mais hoje vejo que o tempo cura tudo, todas as mágoas, todas as fraquezas.

Maria Eduarda

Eu quero andar de mãos dadas com você a beira mar no final da tarde, quero andar de skate mesmo sem saber andar com você, quero jogar futebol em um dia de sol, quero ter aquelas lutinhas que todo casal tem, quero te fazer uma visita inesperada em casa e te ouvir dizer "Entre minha branquela", quero dividir colheres de brigadeiro num dia frio, quero dividir sorrisos bobos e palhaçadas com você, quero fazer declarações de amor infinitas, quero abraços apertados, quero beijos inesperados, quero te ouvir me chamar de branquela, enfim, quero viver a mais linda eternidade ao teu lado!

Maria Eduarda

E quando eu pensei que estava tudo perdido, você chegou e reascendeu a chama da esperança!

Maria Eduarda