Coleção pessoal de DalilaMaite

1 - 20 do total de 226 pensamentos na coleção de DalilaMaite

Não te desejo um ano maravilhoso em que tudo seja bom. Esse é um pensamento mágico, infantil e utópico.

Desejo que você se encoraje a olhar para si mesmo e a se amar como é. Que você tenha bastante amor próprio para lutar em muitas batalhas, e a humildade de saber que existem batalhas impossíveis de vencer pelas quais não vale a pena lutar.

Eu desejo que você possa aceitar que existem realidades que são imutáveis, e que existem outras, que se você fugir do lugar da reclamação, você pode mudar.

Não se permita o "eu não posso",mas desejo que você reconhece o "eu não quero".

Desejo que você ouça sua verdade e a diga com plena consciência de que é apenas sua verdade, não a do outro. Que você se exponha ao que você teme, porque é a única maneira de superar o medo.

Que você aprenda a tolerar os "pontos negros" do outro, porque você também tem os seus. Que você não se condene quando errar; você não é todo poderoso.

Cresça, onde e quando quiser.

Não desejo que 2019 lhe traga felicidade. Eu desejo que você seja feliz, seja qual for a realidade que você vive. Que a felicidade seja o caminho, não o objetivo."

Dalila Maitê Rosa Sena
1 compartilhamento

O fato de você não gostar do Piloto, não te dá direito de torcer para o avião cair. Você também está a bordo.

Dalila Maitê Rosa Sena

O peso de palavras não ditas

Eu estava aqui lembrando de uma época em que eu ajudava a arrecadar alimentos para fazer cestas básicas no "Mutirão de Natal" com um grupo de amigos. Eu tinha uma amiga que preferia carregar os alimentos arrecadados, ao invés de abordar as famílias e pedir. E isso me fez refletir sobre uma coisa:
- Desde cedo, sempre fui do tipo que preferia falar ao invés de carregar peso.
Tirei uma lição disso. Hoje em dia não é diferente, muitas pessoas estão por aí carregando o peso de palavras não ditas, algumas estão se arrastando por que o peso tomou uma grande proporção.
Naquela época minha amiga tinha vergonha de abordar as pessoas, se preocupava sobre o que as pessoas iam pensar em ver ela arrecadando alimentos, ela ficava embaixo de uma árvore esperando a gente. Eu sempre dizia para ela que era tão fácil e rápido abordar as pessoas, mas ela nao estava disposta a tentar.
E hoje eu paro e penso: Será que ela ainda prefere o peso de palavras não ditas? Até quando a opinião alheia pode nos limitar e impor pesos diários para não nos expressarmos e preferirmos a passividade?
Eu tambem não sei. Aliás, só posso falae sobre o que vivo e sinto. Sair por aí dizendo tudo que pensamos irrefletidamente também tem um preço.
Tudo requer um equilíbrio, e "falar demais" também pode acarretar pesos desnecessários, as pessoas não estão acostumadas a ouvir os outros e as vezes as palavras chegam tão cortantes... Outro dia alguém me disse: "Dalila, cuidado com o que vc diz, as pessoas se inspiram no que vc fala" veio aquele frio na barriga sabe? Minhas palavras também tem um peso, não apenas sobre mim, mas sobre o outro.
Aí pensei o seguinte, é melhor ter o peso de não dizer nada ou o peso sobre o que os outros vão entender? O ideal é não ter peso algum, cada pessoa pode escolher o tipo de peso que está disposto a carregar ou se irá sair por aí leve e livre da opinião alheia.

Dalila Maite Rosa Sena
1 compartilhamento

Depois de quase vinte e oito anos assistindo a Chaves, percebi que Dona Clotilde está aí há décadas nos ensinando a como não persistir em algo que a gente já sabe que não vai acontecer. Não importaram quantos bolos, frangos assados e águas de colônia foram entregues, não importaram os cuidados, a dedicação exclusiva, o sentimento oferecido e implorado, Dona Clotilde nunca deixou de ser coadjuvante na sua própria história de amor.

A Bruxa do 71 é o retrato de nossas ligações não atendidas, de nossos convites ignorados, de nossas mensagens visualizadas e não respondidas. Somos nós esperando aqueles amores que a gente costura sozinhos rolando a noite na cama, deixando nosso sono sufocado junto a nossa paz de espírito no travesseiro. Quantos amores deixamos de viver enquanto insistimos em bater cheios de mimos na porta errada, sabendo que o Impossível é que vai nos atender?
Talvez ela pudesse ter se casado com o Sr. Barriga ou outro homem. Ou até aprendido a como é bom viver sozinha…morando em Acapulco.

É muito arriscado o caminho que a gente segue na direção contrária do nosso destino. É muito doloroso insistir em estradas erradas, quando é o coração que caminha descalço no asfalto.

Meu recado hoje é para você garota que está em uma porcaria de relacionamento.
Até quando você vai viver essa farsa de relacionamento?
O que te prende em um relacionamento infeliz?
Nem sempre persistir significa insistência, nem sempre amar significa confiar sempre que vai dar certo lá adiante.

Desista do que é preciso. Recalcule o que não faz questão de entrar na sua rota. Jogue para o alto o que está querendo voar por ai, sozinho. Você não precisa do que te diz “não”, a gente nem sabe muito bem o que fazer com as coisas que não se encaixam.
Ah, meus caros, amor não é uma coisa para viver controlando a porta, amor é liberdade de ir e vir, é tranquilidade de saber que o outro quer entrar e ficar.

Não caia nessa de que tem que sofrer para ter, que tem que suar para conquistar.
Ame alguém que você não tenha que puxar pelos braços. Ame alguém que esteja, que saiba se deixar ocupar, que você não precise matar um leão para conseguir um abraço.

Não ame o que te cansa para ter. Você precisará muito ainda do seu fôlego, vai por mim, não o desperdice no que já está fracassado.

Pesquisando pela internet descobri que há apenas um episódio que exibe cenas de casamento entre a Bruxa do 71 e o seu amado. Mas, era um sonho.

Na verdade, Dona Clotilde nunca se casou com seu Madrugada… só na sua ilusão.
E a gente precisa de um amor que corresponda nossos planos, que responda o que plantamos.

A gente precisa muito mais do que um sonho. A gente precisa viver um amor acordado.

Dalila Maitê Rosa Sena
1 compartilhamento
Tags: amor próprio

Uma mulher forte sabe como construir uma escada com as mesmas pedras que foram lançadas contra ela.

Dalila Maitê Rosa Sena
1 compartilhamento

Veneno e rancor não merecem resposta, porque a verdade mais antiga é que quem desdenha quer comprar. O único sentimento que merece revide é o amor, que quanto mais se troca, mais se tem para dar.

Dalila Maitê Rosa Sena
1 compartilhamento

Que haja fé, apesar das tempestades. Que haja serenidade, apesar das turbulências. Que haja gentileza, apesar dos tropeços. E que permaneça a gratidão, sempre e em todo lugar.

Dalila Maitê Rosa Sena
1 compartilhamento

Hoje eu só queria que o vento levasse tudo o que de verdade não for meu. Que acabe hoje tudo o que não for durar. Que fique aquilo que dá alegria aos olhos, que faz o peito transbordar. Que fique e dure aquilo que for inteiro, porque de metades eu já estou cheia.

Dalila Maite Rosa Sena
1 compartilhamento
Tags: vento pensamentos

O pai ausente não é só o vazio físico de uma figura que não tivemos; às vezes, é também alguém que “mesmo estando” não soube ou não quis exercer o seu papel. É uma ausência psicológica capaz de criar em uma criança diversas feridas emocionais.

Dalila Maite Rosa Sena
3 compartilhamentos

É no meio do cansaço e do escuro, que as lembranças surgem. O jeito é corrigir os erros e lutar por novos acertos.

Dalila Maitê Rosa Sena
1 compartilhamento

Há um lugar secreto dentro de você, que só Deus conhece. Tem aquela mágoa, que só vocês dois sabem. Tem aquela ferida que você não sabe cuidar, mas Ele sabe sarar. Tem aquele dia que você acorda não querendo nada. Dias que você vai durmir querendo esquecer tudo. Mas olha, quem está contigo, é Deus.

Dalila Maitê Rosa Sena
1 compartilhamento
Tags: deus confiança

"A Bíblia é luz para nossa vida, mas nem por isso deve servir de abajur na sua estante. #LeiaABíblia"

Dalila Maitê Rosa Sena
1 compartilhamento

Não desisto porque sei que toda tempestade tem um fim.

Dalila Maitê Rosa Sena
1 compartilhamento
Tags: desistir tempestade

Sou uma guerreira. Depois de todas as quedas, todos os roxos, estou aqui. Firme e forte pra enfrentar um batalhão. Sobrevivi ao primeiro amor, amores não correspondidos, decepções de amigos e brigas com a mãe. Hoje olho pra trás e posso dar risada de como me senti e de como reagi. Pude aprender com meus erros, pude crescer. E sabe, por mais que eu tenha cometido erros, não tenho como me arrepender. Tenho muito orgulho de quem me tornei.

Dalila Maitê Rosa Sena
1 compartilhamento
Tags: sobreviver vida

O problema é que todos te criticam, mas ninguém tenta te entender.

Dalila Maitê Rosa Sena
1 compartilhamento
Tags: problemas criticas

Depois de tanto cair, a gente aprende que é besteira viver em turbulência. É tudo tão passageiro. A gente dorme pensando em morrer e quando acorda já pode sorrir outra vez. A gente chora, lamenta, ouve aquela música que faz a ferida reabrir, escreve pra ver se de alguma forma a dor escorre pelos dedos e fica só no papel. Parece pra sempre, mas não é. Nunca é. No fim a gente vê que nem vale a dor de cabeça, o embrulho no estômago. Não anula a dor, mas se aprende a lidar melhor com isso. Depois das turbulências, juro, a gente aprende. Hoje, enfim, meu coração re(pousa).

Dalila Maitê Rosa Sena
1 compartilhamento
Tags: lembranças vida

Todos nós temos nossas cicatrizes. Seja de amar alguém profundamente, ou por querer proteger muito alguém que já não está mais na nossa vida

Dalila Maitê Rosa Sena
1 compartilhamento
Tags: cicatriz sofrimento

O medo sacode o coração, faz o mar recuar, saudade bate como vento forte. É a maré subindo, me molhando feito areia sem saída, me debruço sobre a boia, não sei nadar, mas não me afogo. Aprendi que em correnteza forte não se nada contra, apenas deixe que te leve. Há tantas praias para se conhecer quando o mar se acalmar. Não deixe que a água gelada te assuste, no final a areia é branquinha e a vista inesquecível.

Dalila Maitê Rosa Sena
1 compartilhamento
Tags: desvaneios coraçao

Antes eu achava que a felicidade era um estado de alegria permanente. Aí descobri que ser feliz é parar de se abalar com bobagem.

Dalila Maitê Rosa Sena
2 compartilhamentos
Tags: bobagem felicidade

As pessoas costumam chamar de drama aquilo que elas não entendem.

Dalila Maite Rosa Sena
1 compartilhamento
Tags: reflexao pensamento