Coleção pessoal de AlinRoch

1 - 20 do total de 31 pensamentos na coleção de AlinRoch

Samantha, eu te amo desde que te conheci, mas não me permiti sentir isso verdadeiramente, eu estava sempre um passo a frente, tomando decisões pra me livrar do medo, só que hoje, pelo que aprendi com você, cada escolha foi diferente e a minha vida mudou completamente. Eu aprendi, que quando se faz isso vive-se inteiramente, e que não importa se você tem 5 minutos ou 50 anos.
Samantha, se não fosse por hoje, ou por você, eu nunca conheceria o amor...
Então, obrigado por ser a mulher que me ensinou a amar e ser amado!

Antes que termine o dia
44 compartilhamentos

Precisando de carinho e compreensão, sei que não é mais nenhuma novidade, a carência já faz parte do meu ser, e isso não é de pouco tempo, sempre fiquei sozinha, sempre fico esperando coisas novas e boas acontecerem, pessoas especiais, mais o que eu ganho? Só fico esperando e por mais que tente mudar as coisas, ou até mesmo agir de um modo inconsequente para chamar atenção, não adianta mesmo, sempre vou ser aquela pessoa invisível nos lugares, aquele ser despercebido que é apenas mais um ocupando espaço, sem ninguém notar, saber como estou me sentindo, querer se aproximar e tentar me entender. Preservo e guardo comigo as boas lembranças, que por mais que tenham passado rápido e tenham durado muito pouco, são lembranças boas, foram momentos que me fizeram mais feliz, que me fizeram acreditar em outro tipo de realidade que até então não sonhava para mim. Sinto que isso também é uma fase, como acontece na vida de todos, na verdade somos seres humanos com os mesmos sentimentos, dores, fracassos, só que uns camuflam muito bem, cada um tem seu modo de agir, a sua intensidade de sentir, acho que é por isso que sempre me deixo cair em momentos escuros, porque tudo que sinto é com intensidade é difícil descrever ou explicar e por mais que tente, sempre vão julgar, e nunca vou conseguir transparecer ao certo o que meu coração está sentindo, as vezes tenho que parar e escutar a mim mesma, para ter a certeza de que tudo isso vai ter um fim, de que momentos, pessoas, lugares estão ai na vida e vão passar, vão se renovar e o que resta apenas e aquela sensação de ter acontecido ou não.

Aline Pérola Rocha
1 compartilhamento

A questão é se encontrar. Se perder é mais fácil. A gente se perde aqui, ali e até dentro de si. Mas se encontrar é, totalmente, fora dos planos. A gente sempre pensa que se conhece por completo. Que sabe dos medos, dos anseios, das vontades, das reações, mas sempre existe algo a mais. Sempre tem uma surpresa em nós […] Se deparar consigo, lidar com o que é por dentro, se conhecer, se entender e se encontrar, é uma questão precisa e em parte, única.

Aline Pérola Rocha

Talvez eu seja um caso perdido mesmo, como um daqueles livros no fim da estante. Aqueles com aparência mal cuidada e sujo. Um livro quase intocável e os que temeram, não passaram dos primeiros capítulos. Um livro difícil de se entender que foi obrigado a mudar suas páginas com o tempo e talvez tenha ficado interessante. Talvez eu seja mesmo um daqueles livros que ninguém ousa a olhar, tocar ou esfolhar as páginas sem sentido algum. Sim, sem sentido algum, inútil assim como eu.

Aline Pérola Rocha

Quando eu não consigo escrever, pego meus fones de ouvido, e ouço uma música bem lenta, ou que tem uma letra que acalma minha alma. Funciona, porque quando letras não me decifram, a música decifra. E aí, eu compreendo o que sinto, quando ninguém sabe, muito menos eu, o que se passa aqui dentro.

Aline Pérola Rocha

Amar deve ser isso mesmo, sorrir pelos avessos, andar na rua esperando tropeçar em quem se ama, só pra poder caminhar de mãos dadas por calçadas longas, dando um passo de cada vez, sincronizando dois corpos que se resumem em um só sentimento de emenda, como se tivessem medo que o encanto do laço se acabasse junto com os paralelepípedos da calçada chegando à rua; Amar deve ser todo esse risco que o sábio corre de cair e não querer levantar, ou o segredo dos loucos que repugnam a sanidade para si. Porque o amor é um livro que só se devora quando não se sabe ler. É uma peça de teatro que só se apresenta quando não há falas decoradas. É uma vida que só é vivida quando se deixa de respirar e passa a querer perder suspiros, por sorrisos de quem se ama […] E que não morra esse tal amor, pra que não morra com ele o pouco que resta de vivo nesta legião de almas mortas que facilmente pegam no sono, por não ter quem as cause insonia de saudade.
Acordam vazias.
Da mesma forma que deitaram em seu leito para dormirem.

Aline Pérola Rocha
1 compartilhamento

Cansada…. e confusa, acho que são as palavras perfeitas para descrever como me sinto no momento. A verdade que é eu não sei mais de nada, não sei quem realmente vem pra ficar, quem vai pra nunca mais voltar e muito menos quem nunca vai me abandonar. As pessoas vivem dizendo que eu sou fria em relação a esse negócio de mudanças e separações, mais a verdade é que eu já estou acostumada com isso, não é a primeira vez que acontece isso comigo por isso nem me surpreendo mais. E também eu não sou fria, as pessoas que são doces demais a ponto de acreditar que TUDO é para sempre, a ponto de achar que vi chorando pedindo pra que eu fique vai me convencer, na verdade até convence só que nem tudo é uma escolha minha…e sim do destino, eu sei que estou parecendo cruel, mais eu não gosto de perder pessoas, apenas me conformei com o simples fatos de que algum dia elas terão que partir.

Aline Pérola Rocha

Uma verdade sobre eu e você: não fugimos. Eu bem que poderia, é típico eu fugir, sumir na manhã seguinte, trocar de telefone, esquecer, deixar passar. Comigo o amor precisa ser insistente. É típico seu não se deixar levar. Porém, como uma música feita para tocar exatamente no nosso ritmo, o destino soube bancar o cupido e a vida soube juntar as confusões, dúvidas, medos e vontades. Outra verdade sobre eu e você? Os sorrisos se juntam, não importa o lugar.

Aline Pérola Rocha

Amei e amo e olha, não me arrependo disso. Quem foi que lhe disse que o amor é algo ruim ? Bem esse ai estava enganado. Amar é como achar um túnel em meio a uma tempestade, onde pode se esconder e esperar tudo se acalmar, é como mergulhar em um mar de rosas, claro que encontrara alguns espinhos e sofrera alguns arranhões, mais nada se compara ao cheiro maravilhoso de cada uma delas. Amar e sentir aqueles friozinhos na barriga, aquelas borboletas voando dentro de você, sensação unica que só aqueles que amam podem sentir. Amar mesmo sem a ninguém saber, onde você pode escrever e escrever sem limitações e preocupações, apenas seus sentimentos. Há como é bom amar, amei e amo.

Aline Pérola Rocha

Vocês que tem a pessoa que ama do lado, não sabem a sorte que tem.

Aline Pérola Rocha

Hoje posso te garantir que não sou como antes, ainda sou insegura, ainda tenho meus defeitos e venetas de praxe, confesso que ainda tenho um turbilhão de coisas velhas guardadas em meu baú, porém, posso te garantir que não sou tão dependente, não sou tão pessimista nem tão carente de você. Hoje eu consigo andar sozinha, hoje eu tenho meu ponto de vista e até um pouquinho de amor próprio, não nego que fiquei sem chão quando você partiu, mas depois de diversas lágrimas eu fui capaz de construir o meu próprio tripé. Sozinha.

Aline Pérola Rocha

Eu não sei de onde vem esse amor que eu sinto por você meu pequeno, ele me invade de uma forma tão forte e ao mesmo tempo tão complicada. As vezes eu me sinto mal, pois em todos os momentos em que você precisou de alguém, e como precisou, eu não pude estar ao seu lado. Mas saiba que não são os quilômetros que me distanciam de você que vai fazer que o amor que eu sinta acabe, muito pelo contrario, ele só aumenta cada dia mais.

Aline Pérola Rocha

E certas historias nunca tem fim,apenas mais uma virgula.

Aline Pérola Rocha

Fica. Fica hoje, fica amanhã, fica depois de amanhã. Fica semana que vem, mês que vem, ano que vem. Fica pra próxima pascoa, pro próximo feriado, pro próximo natal. Fica pro ano novo. Fica daqui dois anos. Fica daqui dez, vinte, trinta, cinquenta anos. Só fica

Aline Pérola Rocha

Eu adoro o sorriso dela, adoro o cabelo dela, adoro os joelhos dela, adoro a marca de nascença em forma de coração no pescoço dela, adoro o jeito que às vezes ela lambe os lábios antes de falar. Adoro o som da risada dela, adoro a aparência dela quando ela dorme, adoro ouvir essa música toda vez que penso nela. Adoro o jeito que ela faz eu me sentir, como se tudo fosse possível… Ou como sei lá, como se a vida valesse a pena.

500 Dias com Ela
10 compartilhamentos

Eu era feliz antes, quando minha unica preocupação era qual brinquedo iria vir dentro do kinder ovo. Quando eu acordava cedo, pegava minha coberta e ia correndo pro sofá da sala, para não perder a hora do meu desenho preferido. Eu era feliz, quando chegava da escola e ia correndo pra rua, brincar de pega-pega, pique-esconde, amarelinha e ficava na rua ate tarde. Meus deveres eram de colorir, colar pedacinhos de revista, jornal, papel crepom. Eu era completamente inocente, não julgava ninguém e ninguém me dava motivo pra isso. Eu chorava quando machucava o joelho e não por um coração partido ou por um amor não correspondido. Minha mãe sempre ia me dar um beijo de boa noite e ficava do meu lado até eu pegar no sono. Quando eu acordava com medo ela dizia “não se preocupada pequena, foi só um pesadelo”.. Eu acreditava e voltava a dormir. Eu tinha medo do escuro, e hoje, nele eu me encontro. Quando eu era criança chorava bem alto pra que minha mãe ouvisse, hoje eu choro baixinho pra ninguém me perguntar o motivo. Minha infância foi a melhor, e eu era feliz e não sabia. Hoje eu sinto falta de uma época que não volta mais.

Aline Pérola Rocha
1 compartilhamento

Agora são 03:57 e você provavelmente deve estar dormindo… E eu aqui pensando em você e no quanto você me faz falta. Mesmo que seja por 1 dia sem sua presença , já sinto falta do teu carinho, dos teus beijos, de tudo que há de bom em você. E até o que há de ruim. E sim, eu sei que isso pode soar como exagero ou sentimentalismo fingido, mas não é. E é isso que me assusta. Porque é uma sensação inexplicável de felicidade e tristeza simultânea. De querer sorrir e chorar. De pular de alegria e bater o pé de birra. Porque eu sei que te tenho, mas sei que pra te perder basta eu te ter. E mistura tudo na minha cabeça. Aliás, você domina toda essa bagunça. Porque minha vida já estava bagunçada, mas aí você chegou e a jogou para o ar. E do ar ela caiu, se espalhou no chão e se misturou com a sua. Mas foi a bagunça mais arrumada que podia ter me acontecido. Me arrumou motivos para sorrir, para continuar e para acreditar que a vida sempre pode ser melhor. Sobretudo quando você está comigo, porque tudo é perfeito, tudo fica lindo, e não importa o lugar que eu esteja com você, você faz de qualquer lugar o lugar mais perfeito para nós. Faz de qualquer brincadeira boba a mais divertida e a mais perfeita, por ter você. Qualquer mínimo detalhe que envolva você, se transforma em pedras preciosas esculpidas no meu coração. E de lá jamais sairão… E eu não me importo se você não sente o mesmo por mim, se você não me admira como eu te admiro. Ou qualquer coisa que seja. Até porque o amor é justamente isso. Dar sem querer receber. Pular de um penhasco sem ter a certeza de que vai cair em pé. Mas por você vale a pena arriscar. Vale a pena passar a madrugada pensando em nós, só pra me deliciar. Vale a pena te mandar um sms por minuto só por saber que você está sorrindo com cada um deles. Na verdade, com você tudo vale a pena, tudo faz sentido, tudo é fantástico. Basta que você me acompanhe e até o inferno se tornará o melhor dos paraísos. Só não se afaste, nem me abandone, porque sem você simplesmente não há razões para continuar…E antes mesmo de me despedir de você já me bate aquela saudade. É que você me faz tão bem, mesmo de longe consegue me tirar vários sorrisos. E quando você não está, tudo fica sem graça, sem sentido. Nada vai mudar o que eu sinto. Nem distância, nem pessoas, nem acasos… Só quero que me prometa que não vai desistir de mim quando as coisas ficarem difíceis. Porque é ai que eu mais vou precisar de você ao meu lado.

Aline Pérola Rocha
2 compartilhamentos

Me conta alguma história. Me coloca pra dormir. Esquece o português que se escreve, me fala com as tuas palavras, com o som do teu sorriso. Eu cansei de encarar as noites; também mereço dormir nelas. O que é luz e o que é escuro? Quando eu posso fechar os olhos? Quando a história vai me fazer adormecer? Quero as cores dos sonhos e não as lágrimas dos pesadelos. Quero você, eu e você. Quero saber te escrever, e quero saber quem é você que me lê. Quero qualquer conto de fadas que faça a gente sorrir mesmo sabendo que a vida é chorar. Essa criança estúpida e crescida esqueceu algumas etapas da vida e nunca esqueceu outras, então, no meio da madrugada me desculpe se o meus olhos abertos te assustarem… Desculpe se eu sair correndo no meio da noite, mas os meus caminhos parecem sempre um fogo cruzado. Me deixa ficar, me deixa dormir. Não me deixa te ver saindo…Mas eu tenho medo. Tenho medo de te ver tão distante de mim. Tenho medo de em um dia triste não poder gritar seu nome, te pedir ajuda. Tenho medo de que um dia você esqueça o meu nome, apague meu número da sua agenda telefônica, esqueça que um dia fiz parte da sua vida. Mas poxa, eu tenho um medo absurdo de te perder, de te perder como perdi todas as outras pessoas.

Aline Pérola Rocha
1 compartilhamento

Tenho pensando bastante em você, em nós. No quão lindo é teu sorriso, e se eu me apaixonei por você que diz ser tão imperfeito, porque outros não se apaixonariam também? Confesso que sou insegura mesmo, sou daquelas cheia de imaginação, que vê coisa onde não tem; porém você está conseguindo mudar isso, me passando segurança, demonstrando confiança, segurando forte em minha mão e dizendo baixinho: Eu te amo e sou seu, só seu.
Tem como não acreditar? Tem como continuar com essa insegurança? Não, não tem, porque eu te amo também e por incrível que pareça… Sou sua, somente sua.
Quando eu conheci você, eu achei que você fosse único, que você fosse diferente, e realmente você era, você é centrado, você sabe o que quer, você é homem, não é um daqueles moleques que não querem nada com a vida. Realmente, você é vagabundo, mas é cheio de amor pra dar.
Tem dias que não tenho vontade de fazer nada, fico completamente desanimada, fico na minha ouvindo minhas musicas depressivas, tendo um momento nostálgico. Sabe, tenho vontade de sumir, pegar minhas trouxas e sair pelo mundão, conhecer pessoas novas, lugares novos, quero tudo novo. Cansei dessa rotina, dessas pessoas falsas, desses lugares chatos, cansei de muita coisa. E por incrível que pareça, mesmo você sendo essa pessoa complicada, toda errada, eu não me cansei de você. Creio eu, que meu lugar é ao seu lado, dentro do seu abraço… Com você do meu lado, já seria um bom começo para uma nova rotina…
Não liga não, amor. Segura minha mão que tá tudo bem. Eu sei que sou sensível e fraca, mas por você eu fico forte. Por você enfrento qualquer coisa, tudo e todos. Me viro do avesso só pra não te ver chorar. Não liga pros outros, eu tô com você. Os outros não importam, não interessam. Os outros são os outros. Minha mão sempre com a sua, é o suficiente. Você e eu, é o suficiente.
Eu sei viver sem você. Sei andar, comer, falar, ver um filme. Sei sorrir e nem é de mentira. Solto gargalhadas e conto piadas e sou rodeado pelos meus amigos o tempo todo. Leio livro, malho, faço amizades. Sou por inteiro sem você. Não existe nenhuma parte faltando, mas eu faço ela faltar. É que eu não preciso de você pra nada, mas quero você pra tudo. Eis o grande problema…
Te amo muito.

Aline Pérola Rocha
1 compartilhamento

Confesso que sou uma pessoa egoísta demais. Fala sério, duvido que alguém por ai goste de dividir suas coisas, ainda mais com pessoa que nunca viu na vida. Eu odeio dividir minhas coisas. E quando eu falo “minhas coisas”, você esta incluída nelas.
Eu amo quando você me tira um sorriso, parece que é tão normal por ser você, ou por ele me fazer lembrar instantaneamente o quanto eu amo você…
Eu sei que não é facil gostar de mim , muito menos me aturar , mais promete pra mim que vai ?!
Depois de tantos amores estranhos, pequenos, errados e tortos, finalmente eu tinha reconhecido no seu olhar centralizado e no seu sorriso espalhado, o meu princeso.. (kkk’)! E só olhar pra você, ouvir sua voz, faz tudo ficar mais feliz…

Aline Pérola Rocha