Coleção pessoal de 81024673

81 - 100 do total de 1461 pensamentos na coleção de 81024673

O diferente

Ser diferente não é deficiência
Deficiência é ter preconceito
A arrogância muda à ciência
Da mente monstruosa do "perfeito"

Quando especial é o ser humano
Ele mostra maior inteligência
Nunca ofende quem o trata mal
Vê o designo divino na sua essência

O mundo precisa aprender deles
E nunca os ignorar por egoísmo
Tudo poderia ser um pouco melhor
O medo de os aceitarem faz isso

Não estou falando de pobreza
Etnia ou mesmo comportamento
A falência que causa tristeza
É o desrespeito com os "doentes"

Djalma CMF

Sábia sedução

Seduzir é uma atitude inteligente
Tratando-se de ações nobres na vida
O mundo se entrega a quem o conquista
Quanto aos fracos ele risca da vida

Um corpo nu pode seduzir pela vista
Ardente paixão que queima sem sentir
Sem queimar arde o coração do artista
Louco para o corpo nu poder tocar

As mulheres têm a arte da sedução
A magia de suas curvas é sensível
Caminho que pode ser de destruição
Se o indivíduo faminto não se segurar

Mesmo acreditando na força do amor
Vejo a sedução mexer com o inconsciente
Momentos de temperos pra lá de loucos
Se deixar eu me envolvo nos lençóis quentes

Sedução é uma armadilha para os olhos
Pega os desavisados de plantão
Nela qualquer ser naufraga nos braços
Da mulher que detém essa imaginação

Djalma CMF

Despedida

O momento da partida é doloroso
Dói sem deixar marcas pelo corpo
Parece ser o fim de tudo na vida
Em alguns casos é daqui a pouco

Nela vivemos tristeza e alegria
Sentimento profundo da partida
E não damos conta dos estragos
Que cada despedida proporciona

Nas gavetas ficam as recordações
Lembranças dos tempos juntos
Quando amareladas é muito tempo
Saudade às vezes torna-se eterna

O buraco do vazio que fica é enorme
Não dá para traduzir em palavras
Toda despedida é momento triste
Afinal a separação sempre nos afeta

Djalma CMF

Triste sentimento

A ansiedade atrapalha o futuro
É como sofrer atoa e duas vezes
Doença criada nos novos tempos
A ânsia nos aproxima do talvez

Loucuras que plantamos no caminho
As melhores coisas se perdem nelas
Infelicidade das pessoas no seu ninho
Pelo sonho como de uma bela Cinderela

A calma ajuda mudar o parâmetro da vida
Necessidade maior de um amadurecimento
Abra a sua porta e expulse toda essa tristeza
A ansiedade jamais será na vida um alento

Djalma CMF

Sentimento confuso

O ciúme é um tempero do amor
Mas exagerado é confusão na certa
Ele limita toda razão na dor
Causa dúvida na própria pessoa

Devemos entender o que separa o sentimento
De amor ciúme e inveja
Dividir com a vida é necessário
A possessividade em nada acrescenta

Boa consciência na imaginação
Leva a ignorar o ruim sentimento
Nefasto seria aguçar o ciúme no coração
Esconderijo de uma insegurança tensa

O sabor do ciúme é muito ruim
Nada acrescenta de bom para vida
Vamos amar para valer sim
Sem somar a ele essa chama na alma

Djalma CMF

Bom aprendizado

A vida de aprendizado se manifesta
Uns dizem seja eterno enquanto dure
Mas o amor quer ser eterno de fato
Então viveremos o amor que perdure
Nunca subestime o verdadeiro amor
Você pode ser surpreendido por ele
Caso ocorra aproveite com labor
Por ele também tem luta prolongada
Nada aqui é tão fácil como a paixão
Ela provoca um calor imensurável
Momentos de euforia sem sustentação
Mas quanto ao amor ele é interminável

Djalma CMF

Sonhos amorosos

Os sonhos de verão são quentes
Assim como o frio de inverno
Amo sonhar em qualquer tempo
Desde que seja com você amor
A musa dos meus belos sonhos

Eu nunca os deixarei morrer
A nossa vida é eterno sonho
Dormindo ou acordado eu fico
Olhando e imaginando tudo sorrindo

Sonhar é como viver sem sentir
Momentos utópicos pra lá de bons
Vivido com a flor do meu jardim

Contigo sonho e ressonho feliz
Projetos da vida não esquecidos

Num lindo olhar para dentro de mim

Djalma CMF

Assiste a tudo

Debruçada na janela ela a tudo observa.
Na estrada distante os carros passam velozes...
Já a sua esquerda vê o lindo lago azul,
E a noite iluminada pelas estrelas holofotes.

Seus brilhos refletem do céu a luminosidade,
Encanto para o romântico casal no jardim.
A lua majestosa completa toda felicidade,
Desse momento terno com cheiro de jasmim.

Ao ver a estrela cadente vem logo o pedido,
Os dois se confundem na mais pura emoção...
Querem falar com Deus ao mesmo tempo,
Para pedir-lhe vida e ao outra parte proteção.

Seus desejos são todos acessíveis,
Um querer visto por quem está debruçada.
Pedem enquanto jogam pedras nas águas,
Quanta vontade gostosa de ser saciada.

De repente resolvem construir um barquinho,
Mas não sem antes escrever no papel com alma,
Enquanto o barco solitário molha e afunda,
Debruçada na janela ela a tudo observa.

Djalma CMF

Tudo ilusório

Ter uma vida de ilusão é alimento aos estímulos
Um controle invariável dos ganhos emocionais
Hipocrisia constante dentro de um fanatismo
Tão sortido como a falta de padrões racionais

O indivíduo controlado pelo extremo positivismo
Não admite suas perdas e só quer ter seus ganhos
Sujeito inflexível neste laboratório do continuísmo
Reforçado negativismo de suas fugas com danos

Incompatível convivência no global mundo real
Tudo ilusório numa perspectiva de efeito negativo
Represália ao ponto de vista do outro ângulo natural
Essa perda pode provocar a tão conhecida desilusão

A realidade assusta os loucos utópicos generalizados
Multidão que prefere viver dos sonhos inalcançáveis
Não adianta lutar para essas mentes mudarem de lado
Eles preferem a ilusão a serem humanos razoáveis

O conhecimento combate todas as nocivas artimanhas
Devemos usar as nossas mentes para o benefício da fé
Pois o mundo sobrepuja toda verdade com suas mentiras
Para enganar os insensatos que não querem na fé pensar

Djalma CMF
1 compartilhamento

Maresia

Sinto o cheiro de maresia,
Ao som das ondas que batem...
Furor danado que me dá agonia,
Só! Eu sentado no chão do cais.

Sinto o cheiro do mato queimando.
Percebo os animais com pressa...
Correndo sem destino, em transe!
Afastando-se dos seus habitats.

Sinto no ar o cheiro de erva,
Os jovens sorriem sem parar...
Tragam cada ponta de fumaça,
Num desleixo sem cessar!

Sinto o perfume das flores,
Num jardim logo ao lado.
Maresia dos momentos utópicos,
Sonhos da mente nascem sem parto.

Tudo a minha volta é maresia,
Maresia a volta de tudo!
A volta de tudo só tem maresia,
Fumaça, que cheiro confuso!

Djalma CMF

Momento a dois

Os sentimentos são:
Magia e sedução,
Alegria no coração,
Brisa de ilusão,
Tempestade de emoção!

As carícias têm:
Toques refinados,
Desejos saciados,
Amores afinados,
Beijos e abraços...

Nos momentos a dois:
Entrega com excitação,
Puras e maldosas...
Maravilhosa sensação,
Terna desejosa!

Djalma CMF

Zorra total

Quanta beleza na imensa Vera Cruz...
Manhãs de grandes emoções ao som dos cantos dos pássaros.
Índios os rodeando como no estreito de ormuz...
Os brancos unidos num só pensamento sem vacilo!

A curiosidade deixou um pesado cheiro,
Carnificina em nome da coroa portuguesa.
Odores que cruzaram até o oceano,
Gargalhadas sombrias que conspiravam a sombra das mangueiras.

Aquarela improvável foi motivo da falta de identidade,
Hoje se pode sorrir amarelo sendo branco.
Agora o país é mulato com qualidade,
As cores em suas simetrias na obra do acaso!

A ilha hoje tem dimensão continental,
Etnias sofrem por um pedaço de terra.
Grande nação chamada Brasil, zorra total!
Não tem branco, índio ou negro, o que vale é a verba.

Djalma CMF

A chamada

Na cama de um hospital,
O pobre doente muito sofre...
Imagina estar em fase terminal,
Não encontra o aconchego da fé.

Momento insuportável!
As dúvidas não lhe dão esperanças...
Como colher o que é amável;
Plantou o bem, mas o mal lhe alcança!

No aguardo do pior da vida,
Não percebe o plano do altíssimo.
É para glória de Deus já dizia,
O velho profeta, sem vacilo!

Semear a palavra é o seu destino,
Escolha divina ainda no ventre.
Agora entende o seus desatinos,
Deus dá um tempo e nunca é tarde.

A sua chamada é para compaixão,
Alegria oferecida gratuitamente.
Amor de Deus em plena ação,
Agora curado é feliz plenamente!

Djalma CMF

Conflito

A mente vive em turbulência
Emoção junto à vontade se isola
Deixam o coração sem consistência
Enquanto a memória só aponta

Na vida devem existir os valores
Ações de pessoas que pensam
A consciência nos chama a razão
Mudanças ocorrem com frequência

O emocional é sentimental atuante
Respeito carinho amor e paciência
o espiritual é sempre semelhante
Pratica de oração fé temor e Palavra

A vida transformada muda a consciência
Momentos tolos ficam para traz
O recomeço esplendoroso por excelência
É Deus dando nova chance que lhe apraz

Djalma CMF

Noite fria

Ao cair da noite começa a serenar
O vento frio provoca arrepios
A lua se apresenta para encantar
E as luzes das cidades se acendem

No escuro os casais se aproximam
Noites frias mas quentes na emoção
Os olhares apaixonados se encontram
Começam a se acelerar os corações

A memória traz a tona o meu passado
Carícias sentidas nas noites de inverno
O côncavo e convexo nos momentos ternos
Saudade que morre a cada novo encontro

Ao cair da noite sinto o orvalho
A fome incomoda por volta das seis
Vontade de chegar em casa já cansado
Momento vespertino com bela solidez

Já na madrugada me assanho todo
Como a dança da garça me apresento
A longa noite fica bem aquecida
Em nossos movimentos serenos

Djalma CMF

Ao som

A vida ao som da música
Momento gostoso ou de dor
Toca a mais linda melodia
Na dança da valsa e no amor

Na ausência ela toca triste
A saudade querendo machucar
Alma voltando ao antigo lance
Só pensando como pode aflorar

A vida se confunde na emoção
Descrença não faz parte disso
Palavra é fragmento do coração
Instante de inferno e paraíso

As mãos secam os olhos aflitos
As mesmas acariciam a doce flor
Na magia a emoção perde o sentido
Em tudo tem que se amparar no amor

Djalma CMF

Calada da noite

Na calada da noite o silêncio assusta
Mas ouço as buzinas e sirenes
Um grito de desespero longe se escuta
Momentos nefastos nada solenes
O silêncio incomoda mas como conforta
O nada se torna muito vultoso
Nesse campo aberto uma extrema loucura
Nas folhas que caem sem cinismo
Escondo-me por medo da triste amargura
Manhã que parece não mais chegar
A noite está longa sem estrelas sem lua
Esperança em mim assim desvanece
A pergunta está sem resposta e nula
Desiludindo o simples autor
Ainda bem que existem as almas sedentas
Cantando para Deus com amor

Djalma CMF

Ruas do passado

As ruas do meu passado
Não tinham sequer asfalto
No máximo pedras com piche
E a constante falta d'água

Nelas as brincadeiras não paravam
Do pique bandeira a roda gigante
Nas calçadas de barro o tal triângulo
Intensos jogos de bola de gude

Tempo dos cachorros vira-latas
A troca de figurinhas uma rotina
Todos os cantos campeonatos de várzea
Época que ficou cravada na história

Djalma CMF

Simples olhar

Tudo começa com um simples olhar:
O amor, a inveja e a indiferença.
A imagem a frente provoca a mente,
Pensamentos que decifram tanta gente...

Nem sempre as expectativas são favoráveis,
Mas todas são frutos de atitudes leais...
Uma lealdade com o seu próprio coração,
Mesmo que injusta com o outro cidadão.

Toda criatura tem as suas características,
E nós também temos a nossa.
Não gostaríamos de por elas sermos medidos,
Mas pelo que carregamos dentro de nós.

A humildade da mente é afronta,
Já a do coração é dom de Deus.
A crise existencial é momentânea,
Pura ação irracional dos momentos loucos...

Ver com o coração faz toda diferença,
Assim os olhos tornam-se a janela da alma.
A imagem neste caso fica em segundo plano,
Tornando mais fácil o sentir e amar!

Djalma CMF

Seja terna

O papel aceita qualquer coisa,
Ainda bem que o coração pode escolher!
Fui muito criticado por você amor,
Em cartas ao invés do seu amor escrever.

O tempo passou é quer ouvir que lhe amo...
Não suporta o meu silêncio entre os lençóis,
Mas quantas vezes eu lhe escrevi isto!
Nos cartões de natal nos finais de ano.

No verão o meu sonho era lhe amar ardente,
No outono viajar e tirar fotos no cinza das cidades,
Já no inverno tomar um bom vinho próximo à lareira,
Enquanto na primavera lhe dar muitas flores!

A sensibilidade do nosso amor,
É o termômetro ideal para sobrevivência dele mesmo!
Não despreze a caixa de bombom e o champanhe,
Seja terna e ouvirá que lhe amo!

Djalma CMF