Vitória Alves

Encontrados 16 pensamentos de Vitória Alves

A imaginação por vezes é o que de mais parecido podemos ter com a realidade.

Vitória Alves
Inserida por micael97

Um dia

Em um dia, muitas coisas acontecem
mudando até quem somos, nos transformando em todos os dias futuros que desejamos ter...
Em um dia entendi, todos os outros.
Em um dia a gente se conheceu
Em um dia nos aproximamos
Em um dia não paramos de nos falar
Em um dia nos apaixonamos
Em um dia tudo isso acabou.
Nesse mesmo dia, percebi o quanto os outros dias, não eram só dias, com você esses dias se transformaram em momentos, lembranças, e até mesmo esperança.
Todo dia pode, ser nosso dia, não deixe esse dia para trás fique, só por mais um dia.

Vitória Alves
Inserida por VitoriaAlvesm

Alucinação

Mostrou-me o impossível, o inimaginável, o que ninguém nunca acreditou. Me viciou em teus vícios, em teus receios e alegrias. Agora estou como uma dependente, sofrendo por não te-la mas aqui.
Todas aquelas historias imaginada, projetadas em minha cabeça, se foram junto a você. Só consigo pensar até quando você irá acreditar em todos meus sonhos, em todas as histórias fantasiosas que inventamos.
Você acabou se tornando a luz da minha imaginação, pouco provável de acontecer, mas agora toda vez que você se vai, a luz se apaga, e é como viver sem ter uma vida, a escuridão te apaga uma lembrança a cada dia, te tira a oportunidade de imaginar.

Vitória Alves
Inserida por VitoriaAlvesm

Ele

Eu ainda tenho o livro dele,
ele ainda tem minha pedra. E quando eu acho que tudo está errado, me vejo abraçada naquela blusa preta.Os dias se passam, os sentimentos se apagam, e depois de tantos outonos, invernos, primaveras e verões, ainda busco soluções para esses problemas inexistentes. Tudo sempre muda entre a gente, mas dessa vez não mudou, dessa vez não existe mais a gente. Existe apenas uma garota e um garoto que se conhecem, e agem como estranhos um ao outro.

Vitória Alves
Inserida por VitoriaAlvesm

Será humanos?

Pessoas...Falas abstratas,
vozes perturbadas,
intrusos em suas próprias falas.
Dizem que sabem
Dizem que querem
Querem me ordenar, tirar a minha "liberdade".
Buscamos uma saída, um meio de fugir de tantas ordens,
sumir desse mundo, correr de tudo, vejo que a estrada está vazia,
as vozes dizem para correr, o mundo olha e me espera adormece.
Mais um dia se vai, e a noite chega e com ela os pensamentos que me enfurecem.

Vitória Alves
Inserida por VitoriaAlvesm

Desorientação

Minha mente é obscura, ela é engano, barulho,discórdia, dúvida, desorientação, equívoco, caos e erro.
Ela é tudo que sou, e amo e ao mesmo tempo é tudo que abomino.
Ela é o sentido, entre tudo aquilo que quero e desprezo. Reflito por dias, horas os pensamentos tremendos que tenho, quero esquecer vocês, esquecer de mim, por um instante quero não ter pensamentos.
Eu digo que acredito no amor, mas é só mais uma alucinação, para acabar com a minha existência.
Tudo que acredito levam de mim, e me deixam aqui, cada dia mais alienada. A cada instante o desejo de acabar com isso me vem a cabeça, apagar de uma vez por todas, essa desorientação e repulsa que tenho na cabeça.

Vitória Alves

Espera

Eu nunca compreendi a vida,
esperei pela primavera, verão, outono e inverno.
Esperei por ele, por ela. Esperei por segundos, minutos, horas e até dias, nunca cansei de esperar, sabia que ia passar.
A vida é efêmera, é constante, é contrariedade de um instante.
É alegria, é tristeza de um rosto perdido e tantas vidas, quanto tempo ainda falta para isso acabar? Quantas primaveras irão passar para eu poder compreende-la, a vida, a alma o sossego de teus sonhos, e tantas coisas para sentir, pensar e olhar, mas depois de tantos invernos tudo isso chega ao fim.

Vitória Alves

Sentidos

Quero te mostrar tudo que já escrevi, mostrar a vida, a terra as estrelas.
Te contar que são:
7 dias da semana,
7 cores do arco íris,
7 notas musicais, e tentar buscar
7 sentidos para isso.
Tentar encontrar sentindo para o que sinto, mas se não for o suficiente quero te dizer que são:
12 meses,
12 semi tons,
12 cores intermediárias,
12 signos,
12 apóstolos.
Então, talvez não exista 7 ou 12 sentidos para isso, para você ou para mim, para nós. Existe o agora, e nesse agora você escolhe se quer ficar ou ir embora.

Vitória Alves
Inserida por VitoriaAlvesm

Medo

Prefiro me esconder atrás do silêncio,
do que ser vista, com os mesmos
erros tolos.
Escolhi me esquivar da dor com doces palavras,
ausentar minha presença de todo o mundo.
Me afastar de vocês, com minhas atitudes infames,
culpar meu estresse de todo esse tormento rotineiro,
desculpe se ouvir que tudo dará certo,
já não faz mais sentido,
nada é certo,
nesse mundo caótico,
estamos algemados ao próprio descaso.

Vitória Alves
Inserida por VitoriaAlvesm

Sobre nós

Estrada vazia,
coração derramado no asfalto,
lagrimas por vir,
mais um adeus.
Sem dizer nada, nossas mãos se tocam,
como ímãs criamos nosso próprio campo de atração,
o sol nos ilumina, e então nós afastamos,
levando as palavras que poderiam mudar todo um destino,
mais uma vez os desencontros nós escolhe, e então fugimos na escuridão,
sem nenhuma compunção, corremos para longe,
gritando o que não conseguimos dizer,
com o céu estrelado e em tom de noite, você abre sua alma,
mas agora é tarde? Com todo esse espaço entre nós, só posso pensar que sim,
temos de seguir esses caminhos, mas não se esqueça do céu e das estrelas ou de mim,
o tempo é efêmero, é contrariedade da eternidade, e logo estaremos sobre o mesmo sol,
despindo toda essa saudade.

Vitória Alves
Inserida por VitoriaAlvesm

Te escrevi mais uma vez,
confiei no coração,
te entreguei os meus mais raros versos,
me perdi no seu amor,
me encontrei na minha dor,
talvez tudo possa mudar,
só vamos continuar tentando, ou errando,
espero que você, só dessa vez,
possa me entender,
a vida tem um fim, mas nós não,
só tenha cuidado, pois dessa vez,
eu sei como te esquecer.
Vamos nós libertar e prosseguir,
seu caminho é para lá,
e o meu para cá,
leve mais esse poema, mas agora vá,
e lembre de me esperar.


Sei lá, só que

Vitória Alves
Inserida por VitoriaAlvesm

Dizem por aqui, que tu me causa dor
já que tudo me mudou.
Meus versos melancolicos,
me salvam e te ferem,
como as pontas de minhas canetas no papel,
como essa cidade, você se perdeu,
e tudo mudou.
Saiba que me perdi mil vezes,
antes de estar aqui,
então entenda que não quero mais voar só,
só quero morrer, talvez de saudade ou de amor,
se souber que você virá me ressuscitar.


Sei lá, só que

Vitória Alves
Inserida por VitoriaAlvesm

EU?

Nem ateu, nem crente,
certo ou errado, essa não sou eu,
características nos definem,
mas o que sou? Sou incertezas, sou tudo o que não
sei explicar, o que você não entenderá.
Vou juntado meus pedaços, como quebra cabeça
tentando me encontrar, me visualizar pela última vez,
antes que tudo faça sentido e eu me veja, sendo minha
própria abominação, me tornando o que lá atrás julguei não gostar,
sem entender, vou testemunhar minha destruição.

Vitória Alves
Inserida por VitoriaAlvesm

Não vou negar que doeu, e que ainda dói
que a noite ainda é difícil.
Que toda vez grito tentando
me anestesiar da agonia que é, não te ter mais aqui.

Em mim ainda sinto essas feridas expostas, e gosto,
pois foi o que me sobrou de mais real. Aos poucos fui
me desintegrando, virando poeira, indo embora
e me abandonando, preocupada se algum dia voltaria,
me deixei ir.

Hoje me tornei essa colecionadora de decepções,
todos sempre vão e meu coração se desmancha, tento
não me culpar, por sentir demais e não saber lidar.

Escondo meu caos,
sem deixa-lo se destruir, porque mesmo
me odiando por sentir, ainda
me amo por não desistir.

Sei lá, só que...

Vitória Alves
Inserida por VitoriaAlvesm

Você sente como se fosse um erro, sente tudo sempre indo, e
você perdendo.
Passaram os segundos,
As horas... passou até o mês.
E você continuou parado na sua própria solidão,
afastou aqueles que mais amava, perdeu-os.

Quando se da conta,
grita, grita e ninguém te ouve, ninguém mais liga,
hoje escreve relembrando a vida que não teve, se
esconde atrás de cada palavra angustiada, só
para não ter que se ver.

Queria saber se apareço na sua mente, ao menos
como uma lembrança boa, algo significativo, já
que me perdi e deixei tudo ir.

O nosso tempo é escasso, queria encontrar o
caminho de volta, pois sinto sua falta, e as vezes
me perco nos labirintos de meus versos
ao relembrar que deixei tudo pra lá.

Mas tudo bem. Estou mais conformada,
tudo sempre acaba, só quero a mim mesma
de volta, pois não sei onde me perdi, e
prometo que agora cuidarei apenas do meu
próprio universo.

Sei lá, só que...

Vitória Alves
Inserida por VitoriaAlvesm

Auto-degradação

Perdida diante de pensamentos e desejos,
gravo no papel versos de um coração magoado e mente destroçada,
neles transpareço minhas ruínas.
São meus cacos em palavras,
ao se juntar, revelam minha alma,
de poeta alucinada,
sem graça.
Diz saber escrever, combina palavras de amor com dor,
dando significado a relatos descartáveis,
presa a essa ilusão,
de acreditar no amor.

Vitória Alves
Inserida por VitoriaAlvesm