Ricardo Davet

1 - 25 do total de 30 pensamentos de Ricardo Davet

Trago em mim a infinita capacidade de gerar, prover e atender.
Busco em mim , incansavelmente, a capacidade de entregar tudo isso no mais absoluto silêncio.

Ricardo Davet
Inserida por Davet

Que força é essa que você tem que ultrapassa todos os limites.
Que força é essa que domina tudo e te faz ressurgir,
Que força é essa que sempre te impulsiona e não te deixa desistir ou sequer sentir medo.
Força de viver, força de enfrentar o que tiver que vir,
Força que te mantêm no prumo, na mais pura serenidade, mesmo quando tudo insiste em te provocar do contrário).
Essa força que vem de dentro é a mais pura expressão do seu ser, da sua vontade e das suas escolhas.
E assim você vai, passeando ora por iluminados bosques, ora por escuros pântanos e o que te move é a certeza de ter a força e isso sim te torna forte.
Ninguém consegue colocar nada aí dentro, ninguém nunca vai conseguir decidir por você – levantar ou cair.
A força é sua porque você a admitiu, você escolheu não se entregar.
Força pode ser arma, escudo, luz... depende de, quando, como e para que você vai usá-la.
Força é brilho que ofusca e que atrai, é manifesto e percepção.
O segredo da força está na vontade, aí sim você consegue dar a intensidade necessária para o seu uso.

Ricardo Davet
Inserida por Davet
1 compartilhamento

Com certeza você já ouviu falar que as palavras proferidas não retornam mais... que palavras tem poder...
Pois é, palavras são sementes que lançamos todo momento sem, muitas vezes, perceber onde elas vão parar e onde elas germinarão.
Pode cair próximo de onde são lançadas ou podem viajar longas distâncias e brotar em um lugar, atingindo o ponto... certeiro.
Existem sementes de todos os tipos que podem gerar as mais lindas flores e plantas,
E existem aquelas que tem destino certo e cultivam plantas venenosas.
Palavras são sementes e são essas sementes que passamos nossos dias a jogam em solos férteis.
De uma forma ou outra elas irão brotar e o que vai nascer depende da forma que elas foram lançadas.
Podem fazer crescer árvores centenárias, que duram uma vida inteira ou apenas uma plantinha que é consumida logo.
Sementes são frutos das palavras, então antes de escolher o solo onde eles serão lançados, verifique se tem força suficiente para suportá-lo. Caso contrário adube-o, prepare-o e aí sim plante algo.
Palavras são sementes e a vida é o caminho, a terra onde as lançamos.
Cuidado, no final desse caminho você terá que voltar e caminhar sobre o que plantou.

Ricardo Davet
Inserida por Davet
1 compartilhamento

Pessoas passam e se vão,
Momentos são vividos e, de repente, viraram lembranças,
Ações são geradas, delas acontecimentos e isso se acaba.


Um dia as coisas terminam por aqui, mas a energia fica...


Pessoam que conviveram conosco e nos fizeram felizes todo o tempo ou em breves momentos,
Momentos que vivemos, espaçados ou não, longos ou curtos e nos fizeram bem,
Ações, situações e vivências a que fomos submetidos e nos deixaram impregnados de algum tipo de felicidade....


Choramos a perda de alguém que foi para outro plano, que mudou-se para longe,
Reclamamos, o tempo todo, de situações felizes " que não voltam mais..."


Perceba que a energia fica, não só como lembrança mas como uma vibração que ainda vive...
A energia não morre, não viaja pra longe e não volta, porque não sai.... pode sim ficar alí adormecida sem que sequer lhe dermos a chance de manifestar-se.


Você só consegue acender a luz se ligar o interruptor, aí a energia vem...


Extratifique a sua vivência com as pessoas, dos momentos e veja se não sobra energia.
A mágoa de agora, pode transformar-se em um bloqueio e não vai te deixar analisar o todo.


Acha
que eu estou pedindo pra você se contentar com os "restos"? Então deixe tudo misturado e jamais vai conseguir sentir a diferença entre viver e existir.


As lágrimas que você derrama pelo que foi, te impedem de ver a energia que, quem foi, deixou pra você.

Ricardo Davet
Inserida por Davet
1 compartilhamento

Assim como harmonizamos comida com vinho, roupa com acessórios, devemos buscar nossa harmonia com o Universo.

Ele ( o Universo) está aí, pronto, esperando que nos harmonizemos com ele,

Ele está aí tocando música o tempo todo, esperando que dancemos no mesmo compasso.

Harmonizar-se é entrar em contato, é não desistir dos sonhos, é seguir no ritmo, para frente e para o alto.

Quando sonhamos, materializamos os nossos desejos, formamos a imagem daquilo que desejamos, mas aí, por pura fraqueza, desistimos, achamos "grande" demais para nós....

Já que materializamos, essas coisas existem, nós as construímos e agora estão em algum lugar, armazenadas, talvez acumulando poeira, mofando...

Estão todas em prateleiras, gavetas, armários a espera que você as resgate, que você volte a sonhar e, melhor, buscar.

Para harmonizar-se, precisamos estar preparados não só para seguir os ritmos e as nuances do Universo mas dar sequencia nisso tudo.

Harmonia não é todo mundo tocando a mesma nota.
Uma orquestra só produz música com vários instrumentos, várias notas e vários tons.
Toque a sua nota, com o seu instrumento, mas não perca o ritmo.

Então, da harmonia à felicidade....

Felicidade é quando o que você pensa, o que você diz e o que você faz estão em harmonia.

Ricardo Davet
1 compartilhamento

De todas as suas promessas feitas no começo do ano ou no fim do ano passado, quantas delas você conseguiu cumprir?
Ficam, o tempo todo, buscando cumprir 100% daquilo que julgaram ser essenciais para o ano.
Aí vem as frustrações, o sentimento de impotência e, como disse meu amigo-mentor Casemiro Mota há mais de 20 anos atrás..” sentindo-se como um sapo a querer uma estrela...”.
E o que você conseguiu? E o que realizou? E os passos que o levaram mais adiante?
Isso não conta? Não importa?
Pare de querer perfeição sobre promessas...
Pare de querer somente 100% de realizações quando você atingiu tanta coisa que, muitas vezes, nem planejou..
Vamos inverter o reflexo do prisma. Refletir a sua luz colorida para os feitos e menos para os defeitos que insistimos em criar.
Se você não fizer nada hoje, promessas de um amanhã melhor jamais passarão de promessas.

Ricardo Davet
Inserida por Davet

Você já percebeu o quanto se fala em "Média" ?

O aluno para passar de ano deve ter média......
As vendas foram boas, na média vendeu-se.....
O ano foi bom.... na média...


Aí eu sempre digo:
"Fazer média é igual a duas pessoas com fome, que só tem um prato de comida. Só uma come o prato todo e na média as duas estarão alimentadas..... (?)."

Não quero mudar nada, sequer pensamentos mas gostaria de transferir esses meus "ditos" para uma situação da vida:

-Média de felicidade,
-Média de sucesso
-Média de tudo...

- Os dois copos de água -

Digamos que ontem o dia não foi bom e isso representa você ter ujm copo de água suja nas mãos. Não vai beber, pois está suja com o insucesso, cansaço, frustações, etc.

Hoje tudo foi perfeito, sucesso, alegrias, sucesso! Então você tem um copo de água limpa nas mãos.

Se quiser fazer a média dos dois dias vai ter que misturar as águas e aí jamais beberá água limpa.

Então, ontem foi ruim? ficou com sede? OK!!! Repense, mude, transforme.
Só não misture aquela água no copo limpinho de hoje que foi fantástico.

Média não vale !
Ontem foi ruim, hoje foi ótimo!

Cuidado quando for fazer a média - Média 6 pode significar um dia 10 e o outro 2....


Em média, quase todos são bons. Em média, isso quase nunca basta.

Ricardo Davet
Inserida por Davet
1 compartilhamento

Se a felicidade ( ou qualquer outra coisa) é passageira para você , ela pode querer descer a qualquer momento porém só você ( o condutor) pode deixá-la desembarcar.

Da minha conversa rápida, mas sempre extremamente produtiva com minha amiga-irmã Susana surgiu a necessidade, vontade, desejo de escrever sobre como conduzimos as coisas, como nos permitimos conduzir qualquer coia na nossa vida.

Eu digo que o amor é o maior condutor de energia do planeta, porque ele carrega o sentimento do bem, do valor, a pureza, e isso é acolhedor.

E, assim como o amor você pode ( e diria que deve) conduzir todo o bem para a humanidade tornando-se um condutor.

E esses sentimentos se multiplicam, invadem corações e mudam atitudes.
Mas tudo isso acontece porque você acredita na imprtância de fazê-lo, porque você transforma-se num instrumento de condução.
Isso só acontece se você se permitir ser um condutor.

Da mesma maneira que conduzimos o bem, podemos conduzir o mal, ou pior, permitir que as pessoas nos usem para sermos condutores de maldades.

Já disse que você só recebe negatividades ou coisas ruins se as aceitar, caso contrário elas continuam sendo daqueles que quiseram te dar isso.
Igual a um presente, você só será dono dele se aceitá-lo do doador, se não aceitr ele continuará com quem teve a pretensão de te presentear.

Então, não deixe que os outros decidam a forma que você deve agir,.
Não absorva as negatividades

Porque ficar parado, como se tentasse absorver a dor alheia é como se ter a esperança de tomá-la para si.

Não aceite que te inundem de sentimentos que não fazem parte daquilo que você acredita.
E, pior do que aceitá-los é transformar-se num condutor a disceminar as maldades.

Se sentir a necessidade ( o seu direito) de aceitar desabafos, choros e raivas alheias, nem que seja de uma forma de aliviar o outro, tenha a consciência que você não tem o direito de jogar isso no Universo e assim contaminar mentes, corpos e corações.

Permitir-se ser receptor de energias negativas ( qualquer que seja) é permitr que a vida te passe tão ligeira e te ruobe o sol, mostrando-te só a lua.

Pois é....


Antes fôssemos uma planta, poderíamos entrar em processo de fotossíntese, absorver gás carbônico, liberar oxigênio. Absorver ódio, liberar o amor...

Ricardo Davet
Inserida por Davet
1 compartilhamento

" Todo excesso é vaidade".

Excesso de caridade é vaidade,
Excesso de humildade é vaidade,
Excesso de fé é vaidade...

Entendo que demonstrrar excessivamente, promover-se em demasia é Vaidade.

Porque Vaidade é, por definição da palavra:
Desejo de chamar atenção, coisa vã, futilidade, alarde, ostentação e vanglória.

Acredito que a busca em agradar a si mesmo é orgulho, aos demais é vaidade.

Excesso é vaidade, é querer mostrar-se maior, ostentando muito, porque a vaidade quer, sempre, o aplauso.

É tão mais significativo interiorizar os feitos e as atitudes a ficar alardeando com excesso de gestos e palavras o que se fez, o que se faz...

Mas só consegue tratar seriamente esse assunto, domar a ânsia de bradar ao mundo seus feitos, aquele que consegue ter nobreza nos sentimentos.

O sentimento deve ser nobre para que a ação seja igualmente sublime.

Fácil é falar e demonstrar em atos, difícil é voltar-se ao seu íntimo e, no silêncio do seu ser, enfrentar-se e sentir que tem essa nobreza.

A necessidade de espalhar aos ventos o que e o quanto faz é excesso e, é pura vaidade.

Fazer-se de coitado é vaidade,
Fanatismo é vaidade,
Depressão é vaidade - excesso de amor próprio.
O ciúme, ah, esse é só vaidade !

O excesso é como o fogo, que pode ser útil para alguns e de algumas maneiras, mas perigoso de uma só forma- a vaidade!

Que tal pratica a Virtude que demonstra o Equilíbrio e que está no meio entre o excesso e a falta ( que chamaos de vício) assim ganha você e o comum e então ambos são felizes !

Ricardo Davet
Inserida por Davet
1 compartilhamento

hegou ao fundo do poço? Mexa-se, lá no fundo tem uma mola que só vai te impulsionar para o alto se você pular.
Se ficar parado, a mola acostuma com seu peso e perde a força de impulsão.

Up!!!

Ricardo Davet
Inserida por Davet

Aprendo, a cada dia, que nada sucumbe a não ser a fraqueza declarada e assumida.
O Universo está pronto com suas malícias e possibilidades, basta o encaixe, a vibração no tom e uma bela pitada de coragem e a transformação dos exemplos de sucesso em história pessoal.

Ricardo Davet
Inserida por Davet

Hoje acordei com uma sensação de leveza, de plenitude e assim será, porque a teoria do caos nunca fez parte do meu ser.
*Se você olha para o abismo, o abismo olha para você*.

Portanto, para frente e para o alto!

Ricardo Davet

De cabeça erguida eu enfrento tudo! O nervosismo ( dos outros) a insegurança
( provocada), o medo ( sugerido).
Porque nada disso é meu, e quando digo não a tudo isso, mostro que fraco mesmo é quem acha que vim pra improvisar a minha vida.

Ricardo Davet
Inserida por Davet

Como é bom solucionar problemas e ficar com aquela sensação de sucesso, poder de solução...
Bem, o mais importante e, muitas vezes imperceptível, é não gerá-los.

Ricardo Davet
Inserida por Davet

Se miro o alto de uma montanha e esse é o meu objetivo e no meio do caminho encontro dificuldades, é importante saber tomar decisões rápidas, muitas vezes sem planejar.
Voltar, retroceder, às vezes, pode ser uma sábia decisão, mas perceba, É UMA DECISÃO!!!

Ricardo Davet
Inserida por Davet

A vida não tem gabarito para verificar questões certas ou erradas.
A vida tem muita referências e você é especialista em você.
E não esqueça que, dede quando nascemos, estamos condenados a ser livres !!!

Ricardo Davet
Inserida por Davet

" Confiança é valor".
Confiar é ter certeza em coisas que não se pode verificar, pois sem confiança não há encontro!
Toda confiança é cega, se não é cega, é deconfiança.

Ricardo Davet
Inserida por Davet

Percebo que so reclama quem esta bem... Que esta mal, cerra os dentes e segue adiante.

Ricardo Davet
Inserida por Davet

Para cada ação há uma reação, seja ela quar for.
Não, necessariamente, agressiva.
Para ações carinhosa,sensíveis a reação é, imediadamente, semelhante.
O cuidado e evolução está exatamente nas ações rudes porque tendemos a reagir da messma maneira.
Eleve-se, comporte-se conforme o seu íntimo e seus valores e não deixe as pessoas decidirem como você deve agir.
Ame nas adversidades.

Ricardo Davet
Inserida por Davet

O ESPÍRITO DO PERDÃO
O perdão talvez seja um dos assuntos mais complexos de tratar.

Porque perdão não se promete, não se planeja.

Eu sempre me questionei muito sobre o perdão, sempre me cobrei a reponsabilidade em resolver isso dentro de mim.
Mas, ao mesmo tempo, decidi o que quero e o que não quero nesse contexto:
Não quero manter em mim nenhum grama do perdão que eu possuo trancado, escondido, aguardando que eu descubra sua preciosa presença perante alguém que seja digno dele.

Não quero considerar que as pessoas são indignas do meu "valioso" perdão e, se elas nunca me pedirem, eu o guardarei comigo.
Não quero armazenar o perdão em mim porque não quero que germine no meu coração como uma semente estragada, gerando frutos amargos.

O que quero é gerar em mim uma nova capacidade de dissipar a raiva e o ressentimento.

Quero compreender que o perdão só tem valor quando é dado através do simples ato de perdoar.

Quero ter a capacidade de me livrar dos demônios do passado em relação aos quais não posso fazer nada e criar em mim novos, sempre novos, recomeços.

Quero alcançar a magnitude de perdoar mesmo aqueles que não o pedirem.
Quero esquecer o ato de ficar perdendo horas e horas maquinando revezes criados pela minha fúria.

Quero abrir mão da amargura e que minha alma se tranquilize e se solidarize com os outros.

Sei que aqueles que criticam minhas metas e meus sonhos simplesmente não compreendem o desígnio superior a que sirvo.

E por fim quero aprender a perdoar a mim mesmo. Não quero ser meu maior inimigo pelos erros, enganos e deslizes cometidos.

Quero aprender a me perdoar por cada promessa não cumprida, cada dia desperdiçado, cada meta não alcançada.
E, ao me perdoar, apago da minha mente esses inimigos que insisto em deixar morar na minha cabeça.

Perdoando não permito que minha história controle o meu destino.

Ricardo Davet
2 compartilhamentos

A SUTIL DIFERENÇA



Fazer A diferença é trabalhar com otimismo os recursos que se tem, Fazer a diferença é mover-se com suavidade dentro de um mundo construído e disponível. Não há necessidade de situações inventivas nem de fantasias inatingíveis. Todos nós conduzimos um dom que recebemos e basta sentir o movimento interno para poder transpor. A diferença está na sutileza de estar disponível a sentir esses movimentos. A tratativa é simples. É necessário inteirar-se do mundo que criou e que deseja viver. Fazer a diferença é acreditar no seu potencial e no potencial do “outro” que existe em você e que, juntos podem transformar as situações mais simplistas em momentos de êxtase. Não , necessariamente, diferenciar-se, basta fazer diferente na simplicidade que todo ser carrega. Pensar em um mundo só de sonhos não traduz diferenciar-se. A diferença é real, física ou mental, é a sensação de puro poder quando se diferencia. Diferenciar-se em situações é melhor do que comparar-se a pessoas. Situações diversas não têm concorrência e abre portas para todos entrarem. Nada nesse mundo se move sem um estímulo, seda folha de uma árvore caiu é porque algo a estimulou, seja o vento, a chuva ou uma mão impiedosa que a arrancou. O movimento é seu, a energia é você quem libera e aí as possibilidades de mudança são infinitas. Toda vez que você faz a diferença o benefício atinge tantos outros que, por algum motivo, não a geraram internamente

Ricardo Davet
Inserida por Davet
1 compartilhamento

CHEGADAS E PARTIDAS





Não importa se você vai ou vem,


O que realmente importa são os braços estendidos em cada chegada e igualmente solidários nas despedidas.


Não importa se você só vai porque o aconchego de quem te recebe supre a ausência do que ficou...


E se você só volta, existem braços que um dia incentivaram a ida de alguém.


Sempre há um momento extremo, sempre há alguém partindo e nem por isso sendo privado de abraços sinceros.


E que nossa vida seja sim um vai e vem de situações adversas, de braços estendidos, de carinhos doados, de beijos desinteressados.


Porque o que realmente importa e ir sem precisar separar-se dos braços que ficaram e saber que um abraço te espera logo alí, na chegada.

Ricardo Davet
Inserida por Davet

SIMPLESMENTE SER



Se eu pudesse expressar eu diria que não sei...

Seu embalo me levou ao leito da paz e da proeminência ao mesmo tempo.

De encontros e aconchegos, do acalanto à vibração...

Sei sim que tocar é simplesmente ar, simplesmente sentir.
E sei que projetar é vibrar pelo conseguir, na mais perfeita harmonia do viver intensamente.

Você me traduz a simplicidade de lembrar.

Ricardo Davet
Inserida por Davet

QUE ASSIM SEJA



Que todas as nossa palavras sejam o reflexo da nossa alma.

Que a luz que nos inunda seja revelada brilhante e que tudo clareie.

Que nossos sentimentos se manifestem puros e verdadeiros e assim acalentem os movimentos bruscos.

Que a nossa oração seja verdadeiramente vinda do coração e que pulse no compasso da fé.

Que sejamos instrumentos do bem, da paz e que consigamos renascer sempre.

Que permitamos a incursão por mundos diferentes, vidas a serem compartilhadas, no conjunto do ser.

Que a sabedoria nos invada na medida do conhecer, para repartir.

Que não percamos a sensibilidade de conviver com todos, nas suas formas e dizeres.

E que a nossa infinita capacidade de acreditar seja o que nos norteie e nos eleve.

Que a nossa responsabilidade seja assumida sem os temores do julgamento,e assim possamos, livres, alcançar nosso íntimo e silenciar, ouvir a voz interna e ser feliz para poder espalhar. E que assim seja a vida que escolhemos e que nos propusemos a viver.

E que por fim saibamos reconhecer que temos em nossas mãos o destino, essa avalanche de possibilidades de mudar, crescer e multiplicar.

Ricardo Davet
Inserida por Davet
1 compartilhamento

A SENSÍVEL HABILIDADE



A sensibilidade existe em qualquer lugar, ela está por aí, vagando e esperado que alguém a assuma.
Sensibilidade não é algo particular, sensibilidade é algo que alguém resolver tomar como forma de viver.
O Ser sensível é aquele que distribui ensinamentos, momentos e situações.
Pode ser choro pode ser ajuda, pode ser consciência da necessidade que muitas vezes se confunde.
Pode-se ser sensível chamando a atenção, colocando palavras mais duras, conselhos verdadeiros.
Estar sensível é olhar para o outro, para seu mundo e riscar uma linha de conduta.
Sensibilizar-se é tratativa, é olhar sereno ou inquisidor, é na verdade preocupar-se com o bem estar.
Sensibilidade à flor da pele pode ser aconchego e repulsa, carinho e dureza.
Da sensibilidade nasce um jeito de agir mas só a tem quem a assumir como sua forma de viver.
Ser, estar, viver e reconhecer a sensibilidade que está por aí, vagando, a espera de almas perspicazes e avidas por fazer o bem, sem cobranças e sem medo da extrema felicidade que é o doar.

Ricardo Davet
Inserida por Davet
1 compartilhamento