Paulo Leminski

151 - 175 do total de 173 pensamentos de Paulo Leminski

Quando eu tiver setenta anos
então vai acabar esta adolescência
vou largar da vida louca
e terminar minha livre docência

Paulo Leminski
2 compartilhamentos

o que a gente
sente e não diz
cresce dentro

Paulo Leminski
22 compartilhamentos

Distraídos, venceremos.

Paulo Leminski
4 compartilhamentos

Quando nos vênus,
juro a marte.

Paulo Leminski
2 compartilhamentos

Ontem(s) e hoje(s), amores e ódio,
adianta consultar o relógio?
Nada poderia ter sido feito,
a não ser o tempo em que foi lógico.
Ninguém nunca chegou atrasado.
Bençãos e desgraças
vem sempre no horário.
Tudo o mais é plágio.
Acaso é este encontro
entre tempo e espaço
mais do que um sonho que eu conto
ou mais um poema que faço?

Paulo Leminski
2 compartilhamentos

lápide 2
epitáfio para a alma

aqui jaz um artista
mestre em desastres
viver
com a intensidade da arte
levou-o ao infarte
deus tenha pena
dos seus disfarces

Paulo Leminski
2 compartilhamentos

você pára
a fim de ver
o que te espera

só uma nuvem
te separa
das estrelas

Paulo Leminski
Inserida por pensador

podem ficar com a realidade
esse baixo-astral
em que tudo entra pelo cano
eu quero viver de verdade
eu fico com o cinema americano

Paulo Leminski
13 compartilhamentos

amei em cheio
meio amei-o
meio não amei-o

Paulo Leminski
2 compartilhamentos

datilografando este texto

ler se lê nos dedos
não nos olhos
que olhos são mais dados
a segredos

Paulo Leminski
Inserida por pensador

moinho de versos
movido a vento
em noites de boemia
vai vir o dia
quando tudo que eu diga
seja poesia

Paulo Leminski
Inserida por pensador

Ai daqueles
que se amaram sem nenhuma briga
aqueles que deixaram
que a mágoa nova
virasse a chaga antiga.

Ai daqueles que se amaram
sem saber que amar é pão feito em casa
e que a pedra só não voa
porque não quer
não porque não tem asa.


Ai daqueles
que se amaram sem nenhuma briga
aqueles que deixaram
que a mágoa nova
virasse a chaga antiga.

Ai daqueles que se amaram
sem saber que amar é pão feito em casa
e que a pedra só não voa
porque não quer
não porque não tem asa.

Paulo Leminski
Inserida por katiacristinaamaro
1 compartilhamento

“Quem nasce com coração? Coração tem que ser feito. Já tenho uma porção Me infernando o peito”.

(trecho do livro em PDF: Toda Poesia)

Paulo Leminski

“Nada se leva. A não ser a vida levada que a gente leva.” (Paulo Leminski)

Paulo Leminski
Inserida por Crobalv
1 compartilhamento

Hesitei horas
antes de matar o bicho.
Afinal, era um bicho como eu,
Com direitos, com deveres
E, sobretudo,
incapaz de matar um bicho,
como eu.

Paulo Leminski
Inserida por Paticunha
1 compartilhamento

O olho da rua vê
o que não vê o seu.
Você, vendo os outros,
pensa que sou eu?
Ou tudo que teu olho vê
você pensa que é você?

Paulo Leminski
Inserida por Paticunha
1 compartilhamento

Isso?
Aqui?
Já?
Assim?

Paulo Leminski
Inserida por Paticunha
1 compartilhamento

Amando,
aumenta
até duas mil vezes
o tamanho.

Paulo Leminski
Inserida por Paticunha
1 compartilhamento

O tempo
entre o sopro
e o apagar da vela

Paulo Leminski
Inserida por Paticunha
1 compartilhamento

Escrevia no espaço.
Hoje, grafo no tempo,
na pele, na palma, na pétala,
luz do momento.

Soo na dúvida que separa
o silêncio de quem grita
do escândalo que cala,
no tempo, distância, praça,
que a pausa, asa, leva
para ir do percalço ao espasmo.

Eis a vez, eis o deus, eis a fala,
eis que a luz se acendeu na casa
e não cabe mais na sala.

Paulo Leminski
Inserida por PriSpinardi
1 compartilhamento

Dois loucos no bairro

Um passa os dias
chutando postes para ver se acendem

O outro as noites
apagando palavras
contra um papel branco

Todo bairro tem um louco
que o bairro trata bem
só falta mais um pouco
pra eu ser tratado também

Paulo Leminski
Inserida por Acropolle
1 compartilhamento

ISTO DE QUERER SER EXATAMENTE O QUE A GENTE É AINDA VAI NOS LEVAR ALÉM

Paulo Leminski
Inserida por anderson_andreis

ver
é dor
ouvir
é dor
ter
é dor
perder
é dor

só doer
não é dor
delícia
de experimentador

Paulo Leminski
Inserida por Kuri