Maria Aparecida Francisquini

1 - 25 do total de 296 pensamentos de Maria Aparecida Francisquini

Como é bom, acordar de manhã e sentir que o dia traz sempre novas possibilidades. E que temos a oportunidade de aproveitá-las...

Maria Aparecida Francisquini

O mundo é imenso, e as possibilidades sempre existem! Quando nos empenhamos em destruir a imagem de alguém, deixamos passar muitas oportunidades para construir a nossa!

Maria Aparecida Francisquini

Por que insistir em acumular mágoas e rancores no presente, e algumas vezes, movidos pela raiva, até planejar vinganças futuras, se nem mesmo sabemos se este futuro vai chegar?
Por que perder a oportunidade de se sentir bem hoje, agora?

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini

Muitas pessoas quando se relacionam, na verdade, elas não se relacionam com o outro como ele é, e sim com a expectativa que criam dele, com a pessoa que desejavam que ele fosse. Muitos atritos acontecem em função disso: do choque entre o real e o imaginado, idealizado...

Maria Aparecida Francisquini

Algumas vezes, nos acostumamos tanto a só reclamar, que preferimos continuar sentindo sofrimento e insatisfação, simplesmente para ter motivos e justificativas para as nossas reclamações...

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini

Perdemos tantas vezes o brilho, por insistirmos em não dar um basta em situações que já não mais nos satisfazem. E apagados, não temos a luz necessária e muito menos a força suficiente para conseguirmos recomeçar.

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini

Como é gratificante viver tendo como único juiz, a própria consciência, e como guia, a certeza de que mereço ser feliz. E que este é um merecimento e um direito de todas as pessoas que assim como eu, também estão de passagem por este planeta...

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini

Dificuldade que tantas vezes temos em conviver com verdades! Necessidade que demonstramos ter, de preferir ouvir e conviver com mentiras...Ou não saber da verdade... Ou fazer de conta que não sabemos... Que não ouvimos... Que não vimos...

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini

Ou você abre a porta da sua casa, e vai em busca do que deseja, ou se contenta em apenas imaginar o que está acontecendo lá fora. Ou você abre a janela para o sol entrar, ou se consola com a escuridão! Ou você faz, ou se conforma em sentir uma imensa frustração, e uma eterna ansiedade por ficar apenas querendo, sonhando e esperando...A vida está ai...

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini

Temos muitas vezes a mania de só conseguirmos entender o quanto queremos bem alguém, quando aparece a possibilidade de afastamento. Outras vezes, só percebemos e entendemos que queremos, depois que não temos mais. Depois que maltratamos, negligenciamos e desrespeitamos demais!Pense nisso...

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini

Fico impressionada em constatar, como existem pessoas que gastam uma energia imensa para se tornarem dissimuladas, para passarem uma falsa e conveniente aparência, com o objetivo hipócrita de enganarem e terem sucesso nos “planos que arquitetam”.

Surpreendentemente, de maneira extremamente fácil, olhando de frente para seu interlocutor, olho no olho, conseguem ser falsas e tranquilamente menti...r.

Pessoas mentirosas me amedrontam, pois ao que parece, elas acreditam que toda vez que lhes for conveniente podem tranqüilamente omitir ou distorcer a verdade, e diante disso, podem se tornar perigosas e serem muito nocivas.

Mentiras sempre estão acompanhadas de covardia, de egoísmo e de inconseqüência. São características que se completam e se acumpliciam.

Quem tem por hábito mentir, é covarde e representa perigo para todos que estão próximos, pois pode facilmente se esquivar de responsabilidade por atos cometidos. Esta facilidade para dissimular, lhes dá uma plena liberdade inconseqüente e irresponsável. Podem tramar intrigas sempre que lhes for conveniente, pois já que estão acostumadas a mentir, não precisam ter a preocupação com as conseqüências. Qualquer coisa, desmentem! E se for necessário, fazem até expressão de vítimas, de injustiçadas!

Conviver com pessoas assim, é extremamente desagradável e desgastante, pois, é comum, elas armarem situações e fazerem intrigas com o objetivo de derrubar e prejudicar quem estiver por perto, principalmente se for alguém que pode desmascará-las.

Infelizmente, esta espécie está se espalhando rapidamente por todos os lugares...

Pessoas habituadas a mentir, dizem e fazem o que querem, pois com a capacidade de dissimulação que têm, acreditam que podem conseguir enganar a várias pessoas por um longo tempo.

Se esquecem que dificilmente conseguem enganar todos por todo o tempo! Felizmente!

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini
1 compartilhamento

Não está em nossas mãos, a possibilidade de felicidade ou de infelicidade do outro. Cada um de nós tem uma história de vida a ser construída e vivida. Se sempre estamos querendo nos responsabilizar pela vida de alguém, corremos o risco de sermos irresponsáveis com a nossa!

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini

Manter-se sereno e ser gentil, na verdade é duplamente saudável: Faz bem a você, e a todas as pessoas com as quais você convive...

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini

  Por que será, que tantas vezes nos recusamos em ser alegres, e preferimos abraçar a tristeza? Por que nos obrigamos a acomodar no incômodo, a nos satisfazer com o insatisfatório? De onde será que origina esta dificuldade em se permitir ser feliz?

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini

A partir do momento que você aprende a se gostar e a se respeitar, consequentemente será mais fácil gostar e respeitar o outro...

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini

Matutinos e Notivagos
Existem algumas pessoas que na maioria das vezes, são injustiçadas e incompreendidas, rotuladas como preguiçosas e até mesmo irresponsáveis, simplesmente porque não se enquadram naquele esquema, que não sei quem inventou, de que pessoas trabalhadoras e responsáveis são aquelas que acordam bem cedinho, logo pela manhã.

E que apesar disso, reclamam sempre da falta de tempo!

Estabeleceram que o melhor horário para o funcionamento do comércio, dos bancos, das pessoas, enfim, do mundo, seria a partir de sete ou oito horas da manhã.

Horário caótico e completamente ilógico e difícil de ser seguido para os notívagos, ou seja, aquele grupo de pessoas que não consegue, como a maioria dos “normais” ter sono entre dez e meia noite, e acordar pela manhã esbanjando vitalidade, ânimo e disposição.

Diferentemente destes matutinos, os notívagos conseguem ser mais produtivos à noite e pela madrugada adentro, e também conseguem ter mais atenção, energia, disposição e ânimo, justamente naquele horário em que a maioria diz ter sono.

Ao contrário do que pensam os matutinos, que erroneamente costumam classificar os notívagos de preguiçosos, eles conseguem durante a noite e pela madrugada adentro, serem bastante trabalhadores, dinâmicos e produtivos. Inclusive, cientificamente foi comprovado que esta diferença é realmente orgânica, e se origina por fatores genéticos!

Dois grupos de pessoas: os matutinos e os notívagos. Tudo bem? Não, nada bem porque dizem que “quem madruga Deus ajuda”, “dormir até tarde é coisa de malandro”, “acordar tarde é coisa de gente preguiçosa” e ser preguiçoso é considerado um defeito horrível, principalmente na concepção dos que se denominam responsáveis e que, religiosamente seguem esquemas e normas pré-estabelecidas.

Somos minoria e só por isso, somos constantemente desrespeitados.

Todas as pessoas responsáveis acordam cedinho lá pelas seis ou sete horas da manhã. Certo? Não. Erradíssimo!

Muitos notívagos, que inclusive são pessoas super responsáveis, podem estar iniciando o sono justamente neste horário.

Imagina um notívago ligando para a casa de alguém, quando está acordado, super animado, cheio de idéias, às duas horas da manhã, por exemplo. Certamente seria considerada insanidade ou falta de respeito!

Pois é, o matutino liga para qualquer pessoa as oito, nove e até às sete horas da manhã! Puro egoísmo!

Antes, quando me forçava a entrar neste esquema matinal, e acordar cedinho com o barulho do despertador, me enquadrava como insone, e a única coisa que conseguia era ficar rolando na cama quase a noite toda, e passar a manhã inteira sonolenta e pouco produtiva.

Agora, que me permito respeitar meu horário biológico e me assumir como autêntica notívaga que sou, consigo ser altamente produtiva e criativa. E muito mais feliz!

Como geralmente não consigo dormir antes das duas da manhã, aproveito este meu tempo para ler, escrever e pensar em coisas que antes não tinha tempo, pois me obrigava a deitar cedo para inutilmente tentar dormir e conseguir levantar da cama ao amanhecer.

Hoje, descobri que a melhor maneira de realmente aproveitar o tempo, é viver intensamente a vida, é me conhecer e não negar as minhas peculiaridades, pois são exatamente elas que me propiciam a capacidade de, por exemplo, estar aqui agora, tranquila e feliz, às duas e quinze da manhã, escrevendo este artigo, ao invés de estar rolando na cama, impaciente e ansiosa, por não conseguir dormir!

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini
1 compartilhamento

Ninguém muda ninguém. A decisão de mudar ou não, é de cada um. Ou seja, o outro não muda porque eu quero. Ele só muda se ele quiser!

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini

Interessante,mas tem dia que nem parece dia...Nada de diferente no exterior...O céu está azul...lá fora...o sol brilha...lá fora...!

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini

Muito pouca coisa me incomoda. Respeito as pessoas com elas são. E gosto que me respeitem como eu sou. Mas sei que nem sempre é assim.

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini

Quantas vezes passamos boa parte da nossa tão curta existência nos martirizando, porque erramos, e não conseguimos o resultado esperado. Ou condenando e torturando o outro, por ele ter errado (de acordo com nosso julgamento). Temos cada vez mais, uma dificuldade tão grande de simplesmente relevar, perdoar os deslizes, os erros nossos, ou do outro....

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini

Se desarmar interiormente...
Não fazer julgamentos precipitados e insensatos, que na maioria das vezes resultam em conclusões injustas...E podem acarretar arrependimentos...

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini

Como é comum, chegar aquele dia em que qualquer tentativa de diálogo se torna conflito. Fica parecendo que foi dado um nó, e qualquer tentativa de desfazer este nó, resulta justamente no aperto dele... Por que muitos relacionamentos chegam a este ponto?

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini

Hoje é comum as pessoas construirem "muros" como defesa,quando, na verdade,a necessidade maior é de pontes,para se ter proximidade...

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini

Uma das características mais fascinantes em nós seres humanos, é justamente a constatação de que somos absolutamente indivíduos, ou seja, cada um de nós é único. Mas de um tempo para cá, parece que muitas pessoas estão preferindo omitir a sua originalidade, e correndo desvairadamente para se transformar em produto feito em série...

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini

O outro não é quem ele é,porque você determinou assim...Ele é como ele quer ser...Se por algum acaso,ele correspondeu ao que você esperava,mudou para te agradar,não se vanglorie disso,não pense que foi você que o mudou...Eu,você, ou quem quer que seja,só fazemos o que queremos.Só mudamos quando queremos,só temos determinados comportamentos,porque resolvemos tê-los...

Maria Aparecida Francisquini
Inserida por mafrancisquini