Marcos Fabrício Lopes da Silva

Encontrados 19 pensamentos de Marcos Fabrício Lopes da Silva

A comunicação acontece quando os ruídos se entendem.

Marcos Fabrício Lopes da Silva
2 compartilhamentos

Aprende sofrer quem vive / Aprende ser forte quem sofre/ Sábio é quem não perde o pique/ Diante do vai e vem da sorte

Marcos Fabrício Lopes da Silva
2 compartilhamentos

O verdadeiro zero à esquerda é aquele que só pensa em zero à direita.

Marcos Fabrício Lopes da Silva
3 compartilhamentos

O Brasil é uma fazenda com antena parabólica

Marcos Fabrício Lopes da Silva
2 compartilhamentos

O Brasil vive em um regime de ditabunda

Marcos Fabrício Lopes da Silva
Inserida por MARF1979
1 compartilhamento

O bom da fantasia é fazer com que o real seja ótimo

Marcos Fabrício Lopes da Silva
Inserida por MARF1979
1 compartilhamento

Quando estou com você,
o relógio se esquece das horas

Marcos Fabrício Lopes da Silva
2 compartilhamentos

AMIGO É MORADA

Amigo é a morada que nos abriga
Amigo é a mola quando estamos sem chão
Amigo é a janela para arejar nossa casa
Amigo sopra o olho para espantar o cisco que atrapalha a visão
Amigo anima festa quando estamos de luto
Amigo oferece ouvido de graça para ligações a cobrar
Amigo é o passarinho que lembra que a gente sabe voar
Amigo tem boca santa para proteger a nossa existência
Amigo é a surpresa mais esperada da vida
Amigo me esquenta com beijos e abraços
Amigo conta piada e põe a gente no meio dela pra história ficar mais engraçada
Amigo é o nosso grande testador
Amigo tem papo reto
Amigo é o nosso relações íntimas
Amigo divide o copo para os dois molharem a palavra
Amigo rasga o verbo se o ato é ruim
Amigo fala o que a gente precisa ouvir
Amigo deixa de passar a mão na cabeça para não levar embora o nosso juízo
Amigo conhece bem as nossas virtudes
Amigo recicla os nossos defeitos
Amigo é bom de conversa e de silêncio
Amigo dá muito mais toques do que explicações
Amigo conhece de dentro quem é você por dentro

Marcos Fabrício Lopes da Silva
2 compartilhamentos

Uma mente iluminada não se faz sem um coração apaixonado

Marcos Fabrício Lopes da Silva
2 compartilhamentos

Antes ser um emocionático do que ser um racionalista

Marcos Fabrício Lopes da Silva
Inserida por MARF1979
1 compartilhamento

Estilo é criar a sua própria moda.

Marcos Fabrício Lopes da Silva
14 compartilhamentos

QUERO FAZER AMOR

quero fazer amor
como a manteiga passada no pão dos famintos

quero fazer amor
como a chave que abre a porta dos desesperados

quero fazer amor
como o feijão que põe graça no arroz da feira

quero fazer amor
como o telefone ocupado com a sua inesperada ligação

quero fazer amor
como o parto normal dos nossos sonhos bêbados

quero fazer amor
como pular de amarelinha de uma perna só e de mãos dadas

quero fazer amor
como cão e gato entre os ratos

quero fazer amor
como a brisa anunciando a brasa

quero fazer amor
como o meio-fio está por um fio para ser reformado

quero fazer amor
como o azul da cor do mar despacha o azul do viagra

quero fazer amor
como o fantasma da ópera que resolve sambar na sapucaí

quero fazer amor
como as impressões digitais que se despedem dos dedos

quero fazer amor
como um gole de café me faz xícara

quero fazer amor
como a declaração borrada de batom e medo

quero fazer amor
como a mama me assanha e me ossanha

quero fazer amor
como a bola cheia de tanto zero a zero

quero fazer amor
como a guerra e a paz que tomam conta do formigueiro

quero fazer amor
como o galo que não dá as ordens no terreiro

quero fazer amor
como a fusão de tudo na função do nada

Marcos Fabrício Lopes da Silva
2 compartilhamentos

QUEM


quem leva vantagem
acaba saindo perdendo
quem cedo madruga
sempre acha que acorda tarde
quem dá lição de moral
é reprovado no exame de consciência
quem bate o martelo
se esquece que um dia foi prego
quem ganha no grito
perde a chance do grande debate
quem fala demais
escuta de menos
quem fecha os ouvidos
não sabe abrir a boca
quem chora de barriga cheia
não sabe o que é sorrir de panela vazia
quem é metido à besta
nunca é o bastante
quem molha as raízes
manda a seca pastar
quem filosofa com os espinhos
sente o perfume de todas as rosas

Marcos Fabrício Lopes da Silva
Inserida por marcosfabricio
1 compartilhamento

GULA DE VIDA

Nossa gula de vida
dispensa a ração da morte
pois deseja como cardápio
um banquete de esperança

Nossa gula de vida
dispensa egoísmo e solidão
pois deseja como cardápio
paz de espírito e comunhão

Nossa gula de vida
dispensa brutalidade
pois deseja como cardápio
educação e sensibilidade

Nossa gula de vida
dispensa pontapés e bate-boca
pois deseja como cardápio
cafuné e beijo na boca

Marcos Fabrício Lopes da Silva
Inserida por marcosfabricio
1 compartilhamento

JUSTIÇA CERTA
P/ Taty



Bater o martelo

faz doer a cabeça do prego

Na lábia legal constituída

por códigos de sabedoria

conciliação entre as partes

para a alegria do inteiro

Sem essa de vigiar e punir

Na tribuna do zelar e compreender

fazer direito

compreendendo o esquerdo do mundo



* Marcos Fabrício

Marcos Fabrício Lopes da Silva
2 compartilhamentos

TRIGONOMENTIRA

Ontem Quadrado paquerou Triângulo
Percebeu que Hipotenusa saiu do Raio
Cateto falou mais alto
Quadrado saiu pela Tangente
Redondamente enganado
Triângulo ficou na água de côco a ver Caymmi

Marcos Fabrício Lopes da Silva
Inserida por MARF1979
1 compartilhamento

as pernas do amanhã estão no hoje
as asas do hoje estão no amanhã

Marcos Fabrício Lopes da Silva
Inserida por MARF1979
1 compartilhamento

brasil caindo sete
e levantando oito

um vexame para a eternidade
não é perder pra alemanha

mas tomar goleada
todos os dias
da aquelamanha

Marcos Fabrício Lopes da Silva
Inserida por MARF1979
1 compartilhamento

AMADA

Você conhece todos os meus segredos
Você compreende o meu mais profundo escuro
Você pega na minha mão,
para não atravessar a rua sem olhar para os lados.
Você fica comigo debaixo da cama até o medo passar.
Você sabe da minha potência,
ainda que eu me ache impotente.
Você usa sua língua para me dar diversas lições de amor:
o beijo é um trem gostoso pra danar...
Você acha a minha loucura abençoada
e a minha curiosidade fundamental
Você me colheu como uma flor à beira de um precipício
Você se disfarçou de cega para me tirar da caverna
Você brinca com o meu fogo sem medo de se queimar
Você derreteu o maior dos meus gelos: a timidez
Você quer sempre se esquentar no meu corpo-cobertor
Você esfria os meus ânimos com a brisa da sua calma
Você joga comigo uma espécie de xadrez sem xeque-mate
Você me ama na cama, na fama, na lama...
Você é mais você comigo
e eu sou mais eu com você

Marcos Fabrício Lopes da Silva
Inserida por MARF1979
1 compartilhamento