Karina Steck

Encontrados 4 pensamentos de Karina Steck

Embora minha criatividade goste de inventar tristezas do além, a felicidade mora na minha alma. Não há o que me faça odiar as palavras. Quando livre, sou mais. Perante o domínio do que fazer, do que cumprir, sou meu eu distante. Tendo o meu reencontro apenas na solidão, porém quando não, me encontro em fragmentos diante de cada pessoa. E aceito meu caminhar só, até porque, ironicamente sei que a liberdade “só” se conquista. (...) Com ou sem reticências.

Karina Steck
Inserida por karinasteck

Longe do meu lado

Ele caminhou até a janela e chacoalhou as mandalas. Olhou as fotos no mural com sentimento e saiu dedilhando o violão em cima da escrivaninha, sem perceber a minha presença na cama, ainda sonolenta. Essa foi à última vez que o vi. Saiu do quarto, dizendo adeus as fotos, letras, e tocando suavemente em todos os objetos, como quem não quer se despedir jamais. Cheio de dúvidas na cabeça e aperto no coração.

Corações levianos são repletos de dúvidas quando se trata de encarar a verdade. Tantos sentimentos hiperbólicos podem ser mal interpretados e isso me deixa um pouco com medo. Afinal, não é difícil de notar exageros repentinos nas minhas falas, gestos e ações. E, isto soa como loucura. Mas quem é adepto da paixão, sabe bem o que é isso. Sabe o que é gritar ao mundo que ama e não ouvir ecos. O problema é que quem vive de extremos, acaba pedindo atenção e liberdade demasiadamente. E, mesmo com toda a força de uma paixão, se não houver o conforto de um porto seguro, perde-se o foco daquele desequilibro intenso, como um barco em meio à tempestade de nossos pensamentos, acalmados por palavras de outro alguém. E pior, tudo isso acontece sem deixar de sentir e querer o bem-amado, e na incerteza, perde-se quem se gosta por mero descuido de ambos, que acharam que tudo não passava de um sonho. Difícil de entender pessoas hiperbólicas, eu sei! Porém, se comparadas aos conservadores, é difícil resistir à sensibilidade escancarada dos exagerados a flor da pele. Assim como não é difícil optar pela liberdade ao invés da prisão.

Karina Steck
Inserida por karinasteck
1 compartilhamento

Tão só por mim

Não pago pedágio a estrada esburacada, ando na contra-mão às vezes, mas não costumo atropelar animais como antes. Eu vejo as placas com atenção, vejo mais além. Também não menosprezo aquelas de bom pavimento. Nenhum dos caminhos tem distinção, tão pouco eu julgaria sem plena convicção. São pedras que atiro, entenda. Meu jeito de estar perto.

Faço tempestades dos lobos que me rodeiam, veracidade nenhuma me assusta, a ponto de ser soberba do vento. Olho para o lado, já andei. Sinto rancor subir a garganta, já chorei.

Passageiro ao lado do banco do motorista, tem lugar vago, por sua vez.
Não acolho estranho, sigo viagem pela neblina atenta na pista. Persisto.
Haverá destino sem pressa, de tempos em tempos, ele corre para algum lugar. Faz do seu, o meu. Em tempo certo, pronto, sem medo de amar.

Karina Steck
Inserida por karinasteck

Instiga do subconsciente



Consome

São passos rápidos

consome

São símbolos externos

consome

Até porque não temos tempo

O íntimo é seu, todo mundo se esqueceu

É tudo uma mentira!

Se atira , se estira

É a supervalorização do olhar

Técnicas publicitárias ordinárias

Você caiu no imaginário

Normal seu otário!

Sensações

Associadas as tuas emoções

Libertaram teu subconsciente

Mas, tudo bem

Você é gente!

A cultura se esvai e pede trocados

A Transição é acelerada

A gente para e olha a garotada

Ah infância querida!

Aquela já esquecida, não é mais parecida

E você se vê mais feliz

É você quem diz!

Hoje, você tomou um cafezinho

Ah! E você comeu um pastelzinho

É tudo tão pequenininho

Você e teu mundinho

É ele que te aponta

Abra o olho sua tonta!

É o mundinho do faz de conta

Mas, você e seus desejos reprimidos

Que te foram vendidos

Usa a percepção

Veja a razão

Para de andar, chega de trabalhar

Fica na cidade

Lá você fez tua identidade

Lembra da verdade

A beleza da tua felicidade

era a simplicidade

Lembra?

Ah que saudade!

Karina Steck
Inserida por karinasteck
1 compartilhamento