Jorge Jacinto da Silva Jr.

Encontrados 10 pensamentos de Jorge Jacinto da Silva Jr.

“Não sou dramático,
só valorizo meus sentimentos”.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
Inserida por JorgeJacinto

Ninho

É algo do Ninho.
Sempre precisamos
nos sentir acompanhados,
Mesmo que sozinhos.

Jorge Jacinto da Silva Jr.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
Inserida por JorgeJacinto

“Ainda bem que o mundo não é feito só de certezas absolutas, temos com isso a chance, de realizar todos nossos sonhos”.#11;

Jorge Jacinto da Silva Jr.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
Inserida por JorgeJacinto

Ignorância Humana

Não podemos sempre nos culpar
A cada forma de ignorância humana.
Somos apenas uma das peças
Deste quebra-cabeça que emana,
Alguns momentos os quais precisamos,
Moldar-nos para nos encaixar na sociedade,
E em outros, ficamos totalmente perdidos
No meio de tantos pedacinhos pequenos
Tão confusos e parecidos.

Jorge Jacinto da Silva Jr.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
Inserida por JorgeJacinto

RetrógRados

Não adianta nada de novas tecnologias,
Em um mundo confuso e mantido#11;Por tantas pessoas que vivem a nostalgia,
De pensamentos tão absurdos e antigos.

Jorge Jacinto da Silva Jr.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
Inserida por JorgeJacinto

Sonhos Esquecidos

Uma dor é não poder viver
O sentir sincero de tudo viver.
Ter a bela experiência quanto lindo
É balão inflado aos olhos fugitivo
Com sonhos antes aprisionados
Em algum lugar onde de fato
Foram deixados ao abandono atroz
Por qualquer outro motivo maior
Em um canto de notória solidão
Intencional por própria decisão.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
Inserida por JorgeJacinto

Cores

Cor do céu,
Cor da Terra,
Cor dos olhos
Do amor que,
Em minha cor
Descolorida
Espera.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
Inserida por JorgeJacinto

Essência

O Amor não somente é
Em tudo só aparências.
É um sentimento destilado.
Não do tipo que embriaga,
Mas que deve se filtrar
Até toda sua essência.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
Inserida por JorgeJacinto

Óh Bem-te-vi

Bem-te-vi, óh bem-te-vi,
Cantando sereno no campo
Faz-me perceber que Algo,
Guarda-me cuidando de mim.
É nesta calma de lindo campo
No meu sorriso doce e manso
Que percebo a falta de tranquilidade e tempo
Que as pessoas da cidade reclamam tanto.

É no acalanto silêncio da mata
Que saudade dos queridos me embala.
Partiram pela falta do tempo,
E no romper de seus direitos
Não estão mais por aqui.
Há se o tempo voltasse e o
Bem-te-vi cantasse de novo pra ti.

Bem-te-vi, Óh Bem-te-vi,
Que cuida de mim
Salva-me a sorte
De não encontrar também a morte
Nas mãos de quem não poupa
Na irresponsabilidade seu irmão.
É nesta falta de tempo,
No agir com o desrespeito
Dos direitos de outro alguém.

Bem-te-vi, Óh Bem-te-vi,
Faz-me entender que mesmo
Guardando-me a vida eu corro
Tantos riscos assim
Não por minha culpa no fim.

Bem-te-vi, Óh Bem-te-vi,
Que na beira do riacho,
Ilumina minha mente, eu acho,
Mostrando-me como o ser humano
Em seus convívios é complicado.
Que nos seus impulsos
Faz muito de errado.

Bem-te-vi, Óh Bem-te-vi,
Como converso com ti.
Hoje na vida tudo são opções.
Aqui minha segurança é realidade.
Está no arreio do cavalo e atenção,
Na cidade o homem
Não usa cinto, não obedece velocidade,
Embriaga-se e anda na contramão.
Bem-te-vi, Óh Bem-te-vi,
Que fez suas opções
Ser canto que me remete a lembrança
Que Alguém cuida de mim.

Mas é aqui na mata fechada
Onde a caipirada na mesa farta
Bolo de fubá, pão caseiro,
Café fresco à casa perfumada,
A vida aqui simples sorri.
É uma simplicidade requintada
Que ensina e combina com a alma
Que entende que a bondade
Não é simples gentileza
É viver em felicidade.
Bem-te-vi, Óh Bem-te-vi,
Meu bem querer
Que cuida de mim.

Bem-te-vi, Óh Bem-te-vi,
Que me faz observar o azul do céu.
Com seu voo solto, livre é pouco
Como se falasse que a vida é assim.
Sem pressa, com essa calma de seresta.
Bem-te-vi, Óh Bem-te-vi,
Que na varanda florida
No meio dos colibris,
Com a música de viola afinada
Não me faz pensar em mais nada
Bem-te-vi, Óh Bem-te-vi em baile de colibris
Dançam e cantam a vida
E faz-se em Família a felicidade sentir.

Autor: Jorge Jacinto da Silva Jr.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
Inserida por JorgeJacinto

Paz Interior

Precisamos de Paz Interior.
Mesmo que aos seus olhos
Pode ser até banal e tranquilo,
Contudo, não é nada normal
Viver a vida no meio
De tantos conflitos.

Jorge Jacinto da Silva Jr.
Inserida por JorgeJacinto