Isabel Rocha

26 - 50 do total de 56 pensamentos de Isabel Rocha

Desacordo não é a mesma coisa que discussão e uma nova história não significa um novo amor.Encontrar um outro alguém não significa que esse outro alguém vá de fato preencher as lacunas e espaço de quem as causou e deixou e nem resolver os problemas que tivemos com outras pessoas.Não quero soterrar sentimentos.Eu tenho traumas e poços.Eu sei que você pode até trazer algum tipo de anestésico momentâneo a minha dor,mas não me libertar do que sinto.E não estou duvidando que seja capaz de me fazer feliz,só estou dizendo que na minha mente confusa e no meu coração congestionado não tem espaço para outras coisas ou histórias.

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel

Me disseram um dia que essa coisa de amar pode enlouquecer. Bom, sendo assim eu prefiro perder minha sanidade a perder minha felicidade.

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel

"Porque passo mais tempo fugindo antes que de tudo errado do que me esforçando pra que de certo."

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel

"...Estrelas caem ao meu redor e sua luz quente incendeia as ruas com seu fogo dourado e vermelho. Derrepente eu sinto um irônico frio apesar do fogo e sinto um tremor incontrolável em minhas pernas. Meus olhos hesitam a se abrir. O meu coração começa a bater mais rápido do que eu acreditava ser possível,num ritimo desgovernado e involuntário..."

(Eu e a minha velha mania de tentar descrever o indescritível, algo como a sensação de ser beijada por voce)

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel

"Gosto de gargalhadas altas, de sorrisos longos e escancarados.
Gosto de dormir junto, comer junto e rir (longamente, escancaradamente e alto) junto..."

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel

Nada nunca é para sempre, pessoas não sabem amar e nem perdoar. E são as duas ultimas coisas que fazem a primeira existir.

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel

"Éramos como rei e rainha. E apesar da nossa história não ser cheia de encontros lindos, os encontros que tínhamos eram memoráveis. Não fazíamos muitos planos, apenas vivíamos. Éramos sempre dois. Ou éramos apenas um, quem sabe?. Tínhamos um palácio negro. Uma carruagem branca e nossos nomes já não estavam só por baixo de nossa pele, estavam também gravados sobre ela- Enquanto eu falava sobre meu "Conto de Fadas" os olhos da menina brilhavam. Acredito que ela se via em um também. E foi quando comecei a falar sobre um baile, uma bruxa, um caçador... e também contei sobre o jeito que tive que me despedir do meu Príncipe e do meu Palácio... E que hoje outra Princesa mora lá, e que ela cuida do meu Príncipe, carrega uma aliança dada por ele e desfila linda por ai ao lado dele em nossa carruajem. Foi ai que ela começou a retrucar nervosa -Não existe príncipes! Não me faça acreditar em coisas impossíveis. Já sofri de mais e vejo que você também. A minha história nem a de ninguém acaba em um "Felizes para Sempre". A sua muito menos- Eu sorrindo respondi- Quem disse que minha história chegou ao fim?

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel
1 compartilhamento

Eu lembro do que sentia quando olhava nos seus olhos. Tinha paz, calor. Hoje, quando olho, vejo a cara do impossível.

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel

É amigo...Eu também quero alguém que me ame pelas cartas que escrevo. Que me conheça pelos pedaços da minha essência que são transpassados para o papel e que consiga entender sem explicações o que tento dizer quando não falo. As palavras que se recusam a sair de qualquer outra forma se não por minhas mãos.

Isabel Rocha

Eu o vi olhar para trás e depois de todo esse tempo não pude conter o sorriso ao saber que ainda olha.
Eu sei porque te vi virar.
Vi porque nunca deixei de olhar.
Nem de te esperar.

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel

Escrevo minhas canções pensando em sua voz
Em como as palavras soam mais bonitas quando saem da sua boca
Em tudo que eu escrevo
Seu timbre se encaixa!

Ainda escrevo para você
Mas espero que você não leia
Eu cantaria para você essa canção em um bar
Mas espero que você não veja, não me veja.

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel

Se faz parte da evolução humana toda essa estupidez e intolerância, nunca se fez tão necessário uma involução.

Isabel Rocha

Se tudo que fizestes por mim pudesse ser representado em gotas d'água, um oceano se formaria.
Se o que eu faço em troca pudesse ser representado em peças de madeira
Não seria possível nem sequer construir uma pequena jangada para navegar nesse imenso oceano.

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel

Ela nunca deixou de procurar seus olhos.
De respirar fundo toda vez que você passa para sentir, mesmo que de longe, o cheio do seu perfume.
Ela continua a mesma; mesmos erros, anseios e saudades que aos poucos foram construindo essa masmorra solitária onde ela tem passado a maior parte do seus dias.
Ainda não se sabe ao certo se a dor passou ou se ela simplesmente se acostumou com a dor dessa lonjura.

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel

Algo me diz que tem alguma coisa, que pode estar na maneira em que me toca, ou no modo de me olhar nos olhos ou no jeito de brincar com meu cabelo- Talvez seja uma dessas coisas, todas elas ou nenhuma. Mas me diz em voz alta aqui dentro, que sentirei sua falta quando partir.

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel

Por ele sou capaz de muita coisa. Mas só por você sou capaz de tudo!

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel

O meu amor tem a dor da saudade
Um cheiro que ficou
E ainda arde de vontade.

Isabel Rocha

"Isabel... Isabel..."
Era bem assim no começo, meio e fim.
Haviam palavras como mel e fel para rimar
E alguns elogios pra me bajular
Havia doçura e amor
No lugar vazio e dor
Era um versinho para mim
Rabiscado em uma folha de papel
E nele dizia assim
"Meu coração sempre dirá Isabel... Isabel..."

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel

Aprendi da pior forma a diferença entre fugir e se libertar.
Enquanto eu não esquecer da curvinha dos cantos dos seus lábios quando sorrir - Até poderei fugir desse sorriso. Mas nunca me libertarei dessa vontade incontrolável de beijar você.
Enquanto eu não conseguir esquecer de como você fica bem de terno jamais conseguirei parar de te imaginar dizendo "SIM" do meu lado no altar.
Enquanto eu não esquecer da cor dos seus olhos não perderei a mania de me deitar na grama só para me sentir mergulhar mais uma vez nos seu olhar. Ou só pra me manter- em pensamento. sob a mira dos seus olhos.
Enquanto eu não esquecer dos seus versos nunca conseguirei parar de escrever na esperança de que você leia e venha me fazer parar de fugir e me libertar de todo esse desamor.

Isabel Rocha

Eu adorava sentir o vento e olhar as árvores.
Nunca soube ao certo se o vento brincava com as árvores ou se as árvores dançavam com o vento!
As vezes tinha a impressão que o vento fazia cócegas nas árvores.
E quando me via passar, ele corria para bagunçar meu cabelo. Dai, ele me irritava e ia embora, mas sempre voltava e se desculpava com um acariciar leve em meu rosto[...]

-Contos de um Pequeno Príncipe

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel

Fico a imaginar o que há de te-la feita nascer assim
A menina de covinha na bochecha quando rir
Quero decifrar seu olhar e os segredos descobrir
Deus há de te-la feita para mim.

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel

Como sempre foi notável o meu contentamento ao ouvir aquela voz e reconhecer quem chamava por mim naquela noite modorrenta de quinta-feira. Enfim nos reencontramos apos meses sem contato algum. Passamos horas a fio falando do quanto um fez falta ao outro, do quanto a distancia fez sangrar os nossos dias. Nos olhamos, falamos, abraçamos, comemos e principalmente rimos. Rimos de nos, do nosso passado e como sempre desenhamos o nosso futuro, e rimos mais ainda por saber que passaremos mais algum tempo sem nos ver e quando isso acontecer novamente nada estará do jeito que agente desenhou. Nos crescemos juntos. Muita coisa mudou menos essa nossa velha mania de tentar prever nosso futuro de um jeito tao lindo, tao brilhante e tao estupidamente improvável. Um fim de tarde que se misturou com o começo da noite, estávamos sentados naquele degrau com a noite e o tempo passando tao rápido que não nos demos conta de que a hora da despedida havia passado. Enfim... nos despedimos com um beijo, um abraço bem demorado e apertado, e aquele nosso juramento em sussurro no pé do ouvido "Haja o que houver sempre estarei ao seu lado"

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel
1 compartilhamento

Meu coração já foi partido, já arrancaram-me lagrimas e já roubaram-me o sorriso. E ainda assim eu digo que nunca desistirei do ser humano. Porque o Homem que sigo gastou todas as suas forças e ate o ultimo minuto de sua existência acreditando nas pessoas e no poder do perdão.

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel

Eu nunca estou ocupada de mais a ponto de não poder admirar a beleza de uma rosa ou as cores de um entardecer. Eu reverencio as coisas boas e singelas; os pequenos eventos da vida. E a emoção que esses pequenos espetáculos gratuitos me proporcionam não tem preço.

Isabel Rocha
Inserida por Isa-bel

Desejo a você leitor, que nunca deixe de admirar a força, a beleza e a singeleza das pequenas coisas da vida: Olhe para o lado, ha sempre algum motivo para sorrir em algum lugar do mundo.VIRE-SE!

Isabel Rocha