DIESSYKA MONTEIRO

Encontrados 16 pensamentos de DIESSYKA MONTEIRO

Meu Amado

Quando vejo a tela de cristal,
Seu semblante diante a minha face,
a imagem que se prende ao meu olhar,
A melodia que faz meu coração entoar,
Ou se o vento sopra o nossa perfume,
Tudo me conduz para perto de ti.

Como se a noite, o dia, o céu, as estrelas,
O sol, as lágrimas, a tristeza, as imperfeições,
a felicidade e o deleite me levasse até você.
Pequenas e grandes sensações que me
Conduzem no caminho certo, incerto.

Mas se queres partir, deixar de me amar
Juntaria as partes que ainda me restam
E como um exército lutaria inconstantemente
Contra um coração que insiste em querer-te
Todo o meu ser ama tudo em você.

Se resolveres seguir o vento que nos atormenta,
Ou a vasta loucura de um mundo em desamor,
Ou cuidares de moradias que nunca te pertenceram,
Lembre-se que neste dia, procurarei outra habitação.
As minhas raízes sairão em busca de terra fértil e segura.

Mas se de repente decidir ficar,
E sentires que a mim foi destinado
que meu abraço alimenta teus dias,
se todas as noites desejares minh`alma,
meu amor, mostrarei toda a doçura de ser amado.
Serás os versos das minhas poesias,
então eu serei as notas da sua melodia..
Enquanto viveres nada acabaria
Pois tudo te daria.

DIESSYKA MONTEIRO
Inserida por Diessyka
1 compartilhamento

Mas se de repente decidir ficar,
E sentires que a mim foi destinado
que meu abraço alimenta teus dias,
se todas as noites desejares minh`alma,
meu amor, mostrarei toda a doçura de ser amado.
Serás os versos das minhas poesias,
então eu serei as notas da sua melodia..
Enquanto viveres nada acabaria
Pois tudo te daria.

DIESSYKA MONTEIRO
Inserida por Diessyka

A tristeza prolongada é o suicídio da Alma.

DIESSYKA MONTEIRO
Inserida por Diessyka

Não preciso de muitas palavras...
Declaro-te meu amor naquele abraço recheado
de sorrisos, brilho e beijos.

DIESSYKA MONTEIRO
Inserida por Diessyka

Então te deixo partir...
Não, não vou chorar, nem sorrir
Simplesmente deixar ir.
Vai sem amor,
Leve apenas o vazio que buscou.
E não volte, por favor, não volte.
Pois nada te darei,
Das escolhas que fizeste, não te salvarei.
Assim, deixo ir, pois não posso
roubar-lhe a chance de aprender.

DIESSYKA MONTEIRO
Inserida por Diessyka

A felicidade que me abraça é a mesma que me devora de tristeza.

DIESSYKA MONTEIRO
Inserida por Diessyka

O amor não te deixa partir

Andei pelos cantos da noite,
na loucura de livrar-me do teu rosto,
conduzida pelos pensamentos revoltos de uma vingança sórdida.
Traída pelo desejo de ganhar o que se perdeu.
Mas qual a sensação de ter e não sentir?
Porventura há felicidade nos lábios cheios de amargura?
ou há felicidade na ilusão da alma?

Meu amor,
por hora digo que nem os olhos mais lindos,
nem o abraço mais quente,
nem o beijo mais suave,
nem as palavras mais sábias,
Livraria-me do peso de amar-te.

O peso que não me deixar partir,
o peso que me faz voltar,
o peso de não deixar apagar,
o peso da saudade prolongada.

Quantas vezes te esqueci, meu amor.
Quantas vezes recusei amar-te.
Tolices...tolices vãs...de esquece-te.
Pois não se apaga da vida, o que só a morte separa.


A ausência me leva à loucura,
O ciúme embriaga meu sangue.
A mentira corrói os sonhos.
Mas peço-te, não prolongue os teus dias do meu,
Tampouco estendas os teus passos da luz,
Pois sem teu amor sou versos vazios,
rosa presa à solidão.

DIESSYKA MONTEIRO
Inserida por Diessyka
1 compartilhamento

A Despedida

Diante dos meus olhos vi
A tristeza chegar.
Em silencio minha alegria esvanecer.
Senti os olhos flamejar de dor
A alma esvair sem cor
Sem ânimo, sem força,
Mas tu foste.

Culpa ninguém tinha
Foi o passado predestinado que roubou o que eu mais queria.
Por instantes relutei, chorei, sofri, orei.

Busquei perdão daquele que tem a vida.
E me perdoou.
Então senti a sua doce consolação
Não me desamparou,
Porque me amou
Firmou-me no fundamento do perdão.

DIESSYKA MONTEIRO
Inserida por Diessyka

Notação de um som perfeito.

Você é cada linha...
Cada espaço...
Tu és meu compasso composto...
Seus elementos é a combinação perfeita de minh`alma...

Assim desejo que o ritmo seja de duração maior...
Que a harmonia nos envolva de uma vez só...
Que o Sol seja sempre pra Si...
Que o Si seja sempre pra Mi...
Enfim, Lá, na clave do amar eu quero ficar.

DIESSYKA MONTEIRO
Inserida por Diessyka

Docemente espero...
Pacientemente espero...
Espero pela palavra não dita,
Pela canção da nossa vida,
Pela vitória do nosso amor.

DIESSYKA MONTEIRO
Inserida por Diessyka

Se os muros não fossem construídos com segredos e mentiras;
Se as feridas cicatrizassem com um sorriso;
Se as palavras refizessem uma história;
Se o som preenchessem o vazio;
Se as atitudes trouxesse segurança;
Se o complicado fosse fácil;
Não existiria a incompletude do ser.

DIESSYKA MONTEIRO
Inserida por Diessyka

Vasculhei o mundo, e não achei sintonia...
Dentre tantas mascaras e disfarces,
Encontrei o nome do meu riso.

DIESSYKA MONTEIRO
Inserida por Diessyka

Ah, se soubesse como é fácil ver tudo de alma contente e de coração transparente. Trocaria as armas pelo calor de um abraço.

DIESSYKA MONTEIRO
Inserida por Diessyka

Quantas vezes te esqueci, meu amor.
Quantas vezes recusei amar-te.
Tolices...tolices vãs...de esquecer-te.
Pois não se apaga da vida, o que só a morte separa.

DIESSYKA MONTEIRO
Inserida por Diessyka

Já dormi sorrindo com a lembrança da tua voz,
Mas já acordei em prantos pela ausência dela.

DIESSYKA MONTEIRO
Inserida por Diessyka

Ilusões, várias.

São elas que sequestram a nossa paz,
E conduz minha alma à sepultura.
Com sua boca embriaga o coração,
E com ternura perverte os nossos passos.
Como a serpente encanta sua presa,
assim é o homem seduzido pela sua formosura.
Pratos e taças ornados de ouro e cristal.

Guarda os meus olhos, Senhor! No dia da ilusão...
Para que Viva bem meu espírito.
Para que não veja a tristeza dos olhos,
Tampouco sinta a aflição de alma.

O arrependimento não me molestará,
Porque muitos são os enganos dessa vida,
Mas não deixarei vencer-me por nenhum.
Muitas são as mentiras dessa terra,
Mas não serei confundida por nenhuma.
Muitas são as ilusões da carne,
Mas não serei conquistada por nenhuma.

Porque meus ouvidos ouviram teus conselhos.
E no meu coração os tenho conservado.
Meus olhos estão fixos na Verdadeira beleza.
Real formosura encontrei na pureza dos Teus lábios.
Excelente é beber Tuas palavras doces, e comer da tua paz.

DIESSYKA MONTEIRO
Inserida por Diessyka