Camila Mascarenhas Souza

Encontrados 19 pensamentos de Camila Mascarenhas Souza

Não permita que se turbe o vosso coração, quando apagar a luz de uma esperança, certamente uma luz mais forte acenderá trazendo a claridade os caminhos desconhecidos da felicidade.

Camila Mascarenhas Souza
Inserida por milmascarenhas

As imagens...
(poderia também chamar-se desapontamento)

Venho falar do que a tem consumido
Estou falando do que a perturba
Falo do que a corrói lentamente

A imagem...

Capturada
Agarrada
Embaraçada
Fixa
Atada
Tolhida
Reclusa

A imagem na memória...

A imagem que veste a memória dela é o som
A imagem que rouba a memória dela é a explosão do teu sorriso, tua gargalhada
A imagem que arrasta a memória dela é a moça de negro que ao longe observava tua naturalidade supostamente alheia a sua vergonha e dor
Da abertura por onde entram a claridade e o ar, três andares acima, à moça de luto, cujo coração sangrava ao observar-te, não por ver-te gargalhar, mas por tê-la feito frágil
Neste instante ela foi envolvida pela imagem da tua ausência premeditada e má

A imagem na memória...

Guardada na memória esta a imagem do toque
O cabelo ao rosto
Guardada na memória esta a imagem do olhar
A visão do coração carecente
Guardada na memória esta a imagem do abraço
Espaços curtos de tempo
Guardada na memória esta a imagem do querer
Entrega sem defesa

Imagens que inclinam o espírito da moça a acroase

Camila Mascarenhas Souza
2 compartilhamentos

Um conselho de Luz

Quanto maior o amor mais sensível as asperezas da vida cotidiana e fatigante, bem como ainda mais frágil ante a voz e gestos dos entes amados.
Um coração que muito ama quando ferido tende a ferir, e às vezes fere em proporção ainda maior ao sofrimento ao qual foi submetido. O despreparo causa a cegueira eventual provocada pela fúria, fúria que tem como origem a sensação de injustiça.
Devemos vigiar sempre, buscar o escudo espiritual mental para não nos encontrarmos despreparados e assim cortarmos a cadeia das dores cedendo lugar ao perdão, principalmente aos que amamos e que conseguem facilmente nos ferir pela grandeza do amor que a eles dedicamos.
Quando amamos deixamos cair às armaduras e nos expomos, o que nos faz lembrar a necessidade de estarmos atentos às setas inflamadas daqueles coitados que nunca amaram e que muitas vezes tentam usar quem amamos contra nós.
Cabe a nós identificarmos as setas, romper a cadeia de ódio e fúria.
Ame sempre, vigie sempre para não ser você um instrumento que fere, perdoe sempre, só assim e apenas assim o amor sobrevive

Camila Mascarenhas Souza
3 compartilhamentos

Uma Lição

Nesta existência uma das lições que me foi dada, foi a de amar os que partem cedo e os que estão longe dos olhos.
Experimentar a morte dos maiores amores e a saudade dos grandes amigos que encontram-se distantes...
Este aprendizado fez-me forte, fez-me grande, mostrou-me que estar junto não é sinônimo de estar perto, mas sim de manter dentro, onde a chama dos sentimentos aquece a alma e dá animo a caminhada dos que aprender a conviver com a perda e a distancia.
Agradeço ao Pai amantíssimo diariamente tal aprendizado, porquanto assim, através dele alcancei irmãos, mães, filhos, e pais além do sangue.
Do que seria solidão eu construí amizade, companheirismo, alegria, caridade e amor.
Esta lição eu aprendi.

Camila Mascarenhas Souza
Inserida por milmascarenhas

Para os que desistem...


Acredita-se que o amor não é estático, que ele está em constante movimento, bem como, pode crescer ou decrescer, dependendo apenas de como as pessoas se dedicam a ele.

Quanto você está disposto a se dedicar?

Existem aqueles que vivem ansiosos por encontrar o amor, querem alguém com quem dividir a vida e construir uma história, mas construir um amor é difícil.

No barco dos relacionamentos algumas pessoas têm tanto medo das tempestades, que desistem de navegar por medo de um hipotético naufrágio, outras, um pouco mais corajosas, até começam a navegar, mas se começam os ventos, abandonam o barco por medo das altas ondas. Estas pessoas não percebem, ou não entendem, como funciona o amor, mas na verdade, não estão dispostas a se dedicar e tentar.

Um dos baldrames dos relacionamentos são os riscos que se correm em alto mar, não fosse assim, não haveria graça. São as dificuldades superadas juntos que constroem a história.

Todos querem o prazer do sucesso, querem experimentar a vitória, mas esquecem que só conseguem sentir a sabor de vencer aqueles que lutaram.

Camila Mascarenhas Souza
Inserida por milmascarenhas
1 compartilhamento

Sabe o improvável?

O quase impossível?

O que certamente não dará certo?

Pois, é justamente ele que sempre a domina! A ela, que é sempre forte, sempre firme, que sabe bem o que quer, aonde vai, como e o que vai fazer. Mas ante a ele, ela sempre se perde e sem querer, sempre o quer!

Não se sabe ao certo o motivo, ou até quando, mas desde sempre foi assim...

Só o quase impossível, o de mínima chance, o improvável, o que fatalmente não dará certo é o que a submete. Mas hoje, ela até resiste, na verdade ela tenta escapar, evita, prefere a solidão, mas finda por ceder se ele aparece,ainda que sabendo o, mais que provável, final!

Poderia dizer que é o único momento em que ela é irracional e fraca, e quando a digo isto, ela se ofende, diz que não, mas eu vejo no fundo de seus olhos que ela sabe a verdade, mas não sabe como se livrar desta fraqueza.

Ela segue intrépida, enquanto o ele não aparece, pois se aparecer... Desmorona!

E eu? Eu me rio disto, pois presencio as cenas e vejo o quão ridícula ela pode ser, igualzinha a todos que tem medo de amar, e terminam por amar justamente o que de certo não dará certo! Eu sei, ela sabe, nunca dará certo amar quem já ama alguem!

Ante a tantas possibilidades certas, apenas as incertas, são as que a seduzem!

E eu? Que posso eu fazer? Nada do que diga poderá mudar sua insensatez, na verdade até mesmo eu acredito que não é possível fazer algo! Devo confessar que a admiro, afinal, ela até tenta escapar! E ademais, no fundo, penso que somente aquilo que ela não consegue manipular, e que jamais conseguiria controlar é o que a fascina, pois ela não é dada a facilidades, a vida a fez assim!

Posso estar enganado, e na verdade ela só se fascina pelo improvável e o quase impossível, justamente porque é pouca a possibilidade de ser possível, assim ela nunca estaria submetida verdadeiramente a nada!

Não sei!

Como tudo passa, eu apenas espero que um dia passe, até lá, estarei ao lado dela para que nunca se sinta só e nos momentos de cegueira eu a conduzir!

Camila Mascarenhas Souza
Inserida por milmascarenhas
1 compartilhamento

Tenho tantas coisas dentro de mim que sei, estou certa, se eu não as escrever explodirei!
Quando escrevo não espero que gostem do que escrevo, eu apenas escrevo para não ser triste!
Escrever me coloca em outro mundo, onde posso me observar e ser, sem estar fazendo parte de minha historia, mas sim compondo-a.

Camila Mascarenhas Souza
Inserida por milmascarenhas

Ninguém pertence a ninguém, a única coisa do outro que nos pertence é o afeto, o amor que lhes dedicamos! E isto é tudo! É o suficiente para sermos de alguém se quisermos ser, mas isto não faz do outro nossa propriedade, somos nós quem nos doamos, e que reste claro que isso deve ser sem querer nada em troca.
Se o outro se doar estaremos no céu, caso contrário, nos resta apenas o sentimento.

Camila Mascarenhas Souza

Ela já sabia...

Alguns lutam contra suas fraquezas para fingir que são fortes, mas em um algum momento o corpo fala por si, e por mais que tentem se enganar, no fundo sabem a verdade, e ela permanece lá, alheia a sua vontade.

Freud dizia que com mesma força com a qual reprimi-se algo, este, cedo ou tarde, aflora.

Quando conversávamos sobre isto ela me dizia:

- Eu vou vivendo neste circulo vicioso, onde me reprimo e me exponho esporadicamente para meu espelho e travesseiro, e meu desejo é sair dele, mas eu não sei como! Eu vivo nos extremos, tenho certeza que isto é a prova do meu desequilíbrio! Sigo no silencio dos meus pensamentos, onde vejo que as pessoas me observam, mas não conseguem definir o que passa. Para algumas eu sou forte, para outros insensível, alguns dizem que estou perdida e existem aqueles para quem eu não sou nada. Eu só queria ser de fato, e entender tudo isso e assim descobrir quem eu estou sendo agora, pois é agora, é que eu sempre mudo com o tempo!

Eu dizia que ela já tinha a resposta, o tempo!

Camila Mascarenhas Souza
2 compartilhamentos

Ao meu Herói

É o sono que some quando a gente deita...
São as lágrimas que molham o rosto quando as luzes se apagam...
São os sons do silencio que trazem as lembranças...
É a caneta que permite te sentir por perto...

Todos os dias quando acordo desejo estar despertando de um pesadelo e poder te encontrar como quando eu era criança e tinha pesadelos. Eu acordava e descia as escadas correndo, você me parava no meio do caminho com um abraço forte me dizendo que foi só um sonho.

Gostaria de poder voltar o tempo e parar nos tempos de tapete e quintal...

Queria ter você aqui agora, para me colocar a dormir com suas historias, como quando eu era criança, de certo eu adormeceria rápido, pois com você me sentia segura.

Queria ter você de volta...
Queria viver mais com você...
Queria envelhecer com você por perto...

Salvador 20/07/2007

Camila Mascarenhas Souza
Inserida por milmascarenhas

A distância não existe para os corações que caminham juntos.

Camila Mascarenhas Souza
11 compartilhamentos

MESMO QUANDO...

Perdemos os que amamos...

O inesperado nos acomete...

A fé e a esperança aparentemente morrem dentro de nós...

Vemos Deus como aquele que nos faz sofrer...

E a solidão e o abandono fazem morada em nosso coração...

MESMO QUANDO ISSO ACONTECER...

Tente entender que nada é por acaso, e não há nada no Universo que, ainda que traga dor, não contribua para o nosso bem. O momento da dor nos cega, vivamos então a dor, existem dores que precisam ser sentidas, mas não se permita submergir por ela, afinal enquanto o sol nascer para você terás a chance de se fazer feliz!


Deus está sempre conosco!

Camila Mascarenhas Souza
Inserida por milmascarenhas

Já sofri tanto, demorei tanto pra ser feliz, que hoje, quando o que me falta aparece, eu olho com desconfiança, e por ter medo de deixar de ser feliz, e medo de sentir novamente dor, me sinto tentada a não abraçar o que me falta, e por vezes abandono a possibilidade. As vezes é até sem querer, mas querendo.
Por "talvez" já sofri, e o "talvez" hoje me assusta...
Gosto do impossível, pois não existe talvez no impossível, é simplesmente impossível!
Eu ainda acredito, tenho medo de doer a ponto de perder a ternura e findar por deixar de acreditar.

Camila Mascarenhas Souza

Tenho medo de que, das coisas que eu vejo, nada seja verdade.

Camila Mascarenhas Souza

Pessoas que, em algum momento, foram especiais em nossa vida, restarão eternizadas em nossos corações. Pois, ainda que elas mudem, a memória de quem elas foram, e do que fizeram para que se tornassem especiais, permanecerá.

Camila Mascarenhas Souza
Inserida por milmascarenhas

Eu não queria te ver assim...
Por que você se precipita tanto?
Para que tanta pressa?
Por que esta urgência?
Não queria te ver triste...
Vamos, me dê à mão, enxugue o rosto, não pense mais nisto agora, amanhã é outro dia e você vai ver que vai passar.
Eu te amo!

Camila Mascarenhas Souza

Vivemos em um mundo real, onde ter ilusões pode ser uma forma de tocar a extrema felicidade.

Às vezes tenho ilusões para conseguir viver por algum momento meus sonhos, para sentir que eles podem ser reais, e também para não perder a fé...

Para mim é muito importante ter ilusões...

Graças a elas eu posso dizer que possuí algo que, na realidade, talvez eu jamais tivesse, pude tocar o céu, voar com asas de anjo, encontrar o amor perfeito e morar com ele na lua, tendo estrelas por descendência...

Ter ilusões é tão necessário quanto saber viver o real, na verdade, para mim, estar entre estes dois mundos é o que me faz viver. Não suportaria a realidade que, por vezes, tritura meus sonhos, meus desejos e planos, por outro lado, não suportaria viver em um mundo imaginário onde nunca teria a certeza de nada.

Do mundo imaginário que criei para ter alegria quando me faltasse no mundo real, ele foi a ilusão mais perfeita, de todas que tive, ele foi a única ilusão que poderia virar realidade, ou a que eu mais desejei que fosse.

Mas vida tem destas coisas, e eu tenho sorrisos e lágrimas para dar a vida!

Agosto de 2010

Camila Mascarenhas Souza
3 compartilhamentos

Hoje...

Do amanhã eu não sei, no momento peço que o futuro seja como agora, exatamente como hoje, quanto nos demos as mãos e seguimos juntos caminhando.

Conversávamos sobre coisas vãs e riamos, o que de fato importava era que estávamos caminhando juntos.

Amanhã eu não sei... Mas hoje vai ser eterno!

Agosto 2010

Camila Mascarenhas Souza
Inserida por milmascarenhas

Meu bem...

Como uma fogueira que queima a lenha, e quanto mais lenha se coloca mais queima, mais alta fica a chama, mais esquenta... É assim o que sinto por você...

Quanto mais te vejo mais quero te ver, quanto mais te toco mais quero te tocar, quanto mais te beijo, sinto teu cheiro, teu gosto, teu calor, mais eu quero...

É como uma sede que não cessa, uma fome que não passa, um desejo que termina e recomeça todas as vezes que teu corpo aquece o meu...

Quero estar cada vez mais, e mais e mais contigo, me embebedando em teus carinhos e ardendo em brasa no teu amor...

Teu bem.

Camila Mascarenhas Souza
Inserida por milmascarenhas