Bruno Brito J. dos Santos

Encontrados 9 pensamentos de Bruno Brito J. dos Santos

A relatividade do que é bom ou ruim, não está no seu contexto, mas sim no contexto de quem vê de fora, o que você diz por dentro.

Bruno Brito J. dos Santos

É impossível que a natureza mude seu ciclo.
É impossível que um homem diga a verdade em razão de culpar a si mesmo.

Bruno Brito J. dos Santos
Inserida por BrunoBrito

A lógica é uma só, a ciência é relativa e nossa interpretação sobre ambas é influênciada sobre nossas concepções, o que torna a lógica uma questão de modo de visão, e não de pensamento em comum.

Bruno Brito J. dos Santos
Inserida por BrunoBrito

Contudo, o que mais faz sentido lógico, é o que menos te convém.

Bruno Brito J. dos Santos
Inserida por BrunoBrito

Cada qual com sua finalidade, esperança e valor.
Cada qual com seu interesse, egoísmo e falsidade.

Bruno Brito J. dos Santos
Inserida por BrunoBrito

O que seria do homem sem a mulher, se não apenas uma hipótese de vida?

Bruno Brito J. dos Santos
Inserida por BrunoBrito

Novidades, aquelas que não se podem prever
Pequenas ou grandes coisas que nunca devemos temer
Pois para prever uma novidade
Basta um pouco de verdade,
Atitudes melhores, de pessoas piores.

Coisas que não se compram, nem se vendem
As novidades são aquelas que nos prendem
Em um mundo de eternas expectativas
E uma traição de nossas próprias ambições.

Bruno Brito J. dos Santos
Inserida por BrunoBrito

Reflexos

Reflexos são como a íris do mais belo olhar,
Que não tendo direção fixa, se encontram com o mar
Proporcionando a mais bela e pura admiração.

Tudo o que reflete nossa imagem nos admira e nos ama
Pois o reflexo também é, uma das imagens do amor

Sem dor, sem ódio e sem vingança...
Apenas eu e você admirando a bonança.

Bruno Brito J. dos Santos
Inserida por BrunoBrito

Das coisas.

Das diferentes maneiras, aquilo que é preto
Pode ser o branco escurecido por sua própria sombra
Nem sempre se tem um acerto sobre tudo
Pois aquilo que tememos pode não ser o que nos assombra

Da vida se leva a dor, o amor e o perdão
Da morte, quem sabe a escuridão?
Então de que vale viver em vão?
Sem amar, viver ou se afogar
No mar de nossos próprios sentimentos

Bruno Brito J. dos Santos
Inserida por BrunoBritoJ