Andre Saut

101 - 125 do total de 907 pensamentos de Andre Saut

O que desejo…

O que mais desejo da vida é não entendê-la. Não quero saber o por que do beijo, quero só beijar. Não quero entender o sorriso, quero sorrir…nunca desejei saber porque mas adorei te abraçar, não desejo entender a razão, mas teu perfume me dá saudades, não quero entender a saudade, apenas sentir a vontade de rever…nunca desejei escravizar um amor, apenas ter a sensação de que sem esperar, pousará no meu coração simplesmente porque o pouso é bom e esperado…

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

Chegaram….

Não acreditei quando uma ruga me deu bom dia hoje! Acordei tranquilo, caminhei até o banheiro, lavei o rosto, escovei os dentes automaticamente fiz a barba, como sempre, sem olhar no espelho…e quando levanto os olhos, o que eu vejo? Uma ruga! Não sou mal-educado, mas não a cumprimentei…não conhecia, mas ela insistia em me dar bom dia…então sem querer ser descortês, dei um oi à indesejada e ainda perguntando, argumentei…demorou hein minha filha?…É, minha filha, sumida por alguns cremes, uma ou outra loção e sobretudo por eu não estar prestando atenção que o tempo passa…Então fizemos um acordo: Já que é da família, vamos viver em harmonia…só que pelo amor de Deus…dá mais um tempinho e só depois chama as tuas irmãs, primas e a rugalhada toda para morar com a gente…

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

única!

Quando olhamos para uma paisagem verde e no meio daquela mata surge uma árvore florida de matizes rosadas, é fácil se apaixonar, porque o diferente chama a atenção, o inusitado é apaixonante…Ah, mas maravilhoso é descobrir em meio as milhares, ou milhões de tons de verde, um lá perdidinho no infinito das folhas, que orienta os olhos e dirige o coração. Isto acho que é amor…quando o comum torna-se único, quando o simples atinge a complexidade de um sentimento que sei lá como definir. Mas é maior que tudo e, aquela paisagem toda verde derrepentesome e, lá está ela, uma folhinha, a mais importante de todas…porque tem o meu amor!

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

Palavras…

Existe coisa mais simples, complexo e poderoso quedo que um palito de fósforo? …Este pedacinho de madeira com um pouquinho de fósforo na ponta, tem o poder de destruir construções, fazer desaparecer em meio ao fogo que produz, milhares de acres de florestas e muito mais….Mas para meu espanto e, que divido contigo agora, tem mais de 100 mil verbetes na língua portuguesa que conforme combinadas, tem o poder de destruir ou construir qualquer coisa. E mais ainda, muitas vezes a palavra usada para construir, dependendo da entonação que for pronunciada, ou no contexto que está inserida…pode ter um tremendo poder destrutivo. A fonte do poder em manipular estes mais de 100 mil verbetes, cabe ao bom senso, mas acima de tudo a educação, a educação doada pelos professores e professoras desde as primeiras e desconhecidas letras rabiscadas nas louças dos primeiros anos de escola às desenhadas em projetos, livros e leis no decorrer do percurso de nossas vidas. Aprenda a língua portuguesa e descobrirás o poder infinito de transformar o mundo usando esta infinidade de armas ou flores, dependendo da entonação!

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

Um lápis, um papel…

Um dia conheci um lápis que se borrava de medo do papel, viviam um ao lado do outro. Um todo apontadinho e o outro branquinho sem nem uma manchinha ou risquinho…viviam ali em cima da mesa, sem fazer nada, esperando a madeira do lápis apodrecer e o papel amarelar…Um dia apareceu um vidro de tinta distraído que acabou derramando e borrando o papel, que inconsolado, sentindo-se sujo, usado para nada, quis se rasgar de desgosto…o que fez com que o vidro até chorasse pela tinta derramada…foi então que o lápis viu o borrão no vizinho papel, apreciou, gostou e assinou em baixo…foi então que aquele borrão da tinta derramada no abandonado papel vazio se transformou em uma obra de arte…que agora emoldurada passeia por aí em promissoras exposições…e o lápis…continua li apontadinho acomodado, esperando a parceria de um ou outro distraído vidro de tinta..

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

Pedras no Caminho…

Quando encontramos uma pedra no caminho, normalmente 2 hipóteses surgem involuntariamente, instantaneamente, contornar o obstáculo ou até desistir do trajeto e retornar. Mas também tem uma terceira opção: – chutar ou enfrentar a pedra, o que é incrível pois no momento que encararmos o obstáculo ele diminui de tamanho e a medida que vamos caminhando em sua direção, ele vai diminuindo, diminuindo até que, sem importância e sem atrapalhar ou atrasar o destino, ele some. E a vida fica bem mais colorida com os pincéis do teu sorriso e as tintas coloridas dos teus olhos.

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

A vida tem algumas quadras tão compridas que mal dá para ver a esquina

Nesta pequena jornada vivida, dividida agora em quadras, vou percorrendo a primeira calçada com apressados passos para chegar logo na esquina, e caminho planejando e decidindo se vou dobrar e continuar na mesma calçada ou atravessar a rua. Em meio a meus apressados passos deixei de ver o velhinho lendo jornal, a cafeteria que abriu, não percebi o cheirinho do pão quentinho da padaria…o gato da menina que caminhava pelo parapeito daquela construção centenária, agora reconstruída…a moça que cantarolava…e a vida que passava…
Na próxima quadra, vou andar não tão com pressa e viver cada metro da calçada…

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

Tão chata que deixa saudades…

Ô goteira chata e insistente,

pinga, pinga pinga na gente

Ô barulhinho chato, persistente,

no mesmo ritmo, pingando sempre.

Vai enchendo o balde, vai enchendo a gente,

Amanhã bem cedinho, se acordar contente,

arrumo esta goteira…mas com certeza

vou acabar tendo saudade

da goteirinha que então, será ausente…

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

Opinar ou ouvir?

Deve ser arrogância a incrível habilidade de acharmos que podemos dar conselhos tendo como base a experiência pessoal. Pois experiência pessoal, –É PESSOAL! - e certamente não se aplica a outra pessoa. Quando alguém vem pedir conselhos, normalmente ela quer só ser ouvida, pois ao relatar sua experiência na verdade ela já está procurando a solução e, provavelmente a achará durante seu relato. Pois ao falar sobre o “problema”ela está relembrando, analisando e em meio as “vírgulas de pensamento” durante o relato, os caminhos que ela deseja ou precisa seguir irão sendo gradualmente iluminados. Assim acredito que quando alguém vem pedir opinião, ela quer ser ouvida e, ouvido não tem boca. Vamos escutar mais, opinar menos e deixar que Alguém maior, lá de cima, ou lá de dentro oriente melhor nossos confidentes.

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

De que somos feito?

Desde os primeiros anos de vida somos bombardeados por pequenos exemplos bons e nem tão bons que admiramos e acatamos durante nossa vida. Noutros tempos nossos exemplos eram pais, mães, avós, professores, atletas ou seja, eram pessoas de carne e osso, derrepente passaram a personagens imaginados por autores de filmes, livros e desenhos…hoje crianças tem como exemplo a violência dos desenhos de lutas marciais, arrogância de personagens que roubam e se dogram nas sessões da tarde ou a noite de TV, heróis e vilões de filmes fazem do fruto da aventura, uma salada de fruta de personalidades…na cabecinha de nossos pequeninos…Já que não podemos e não iremos bloquear ou proibir as mídias…Onde ficou o humor do Perna Longa, né velinho? A poesia dos desenhos de walt Disney? A aventura do pequeno príncipe ou as histórias lidas e contadas pelas mamães ao lado da cama antes de dormir…as aventuras e desventuras contadas pelos vovôs…Vamos inventar histórias de princesas que não estreiam na telinha, mas na imaginação, vamos retratar como era nossa infância se tirávamos leite da vaquinha ou ele vinha em saquinho e garrafas, se o leiteiro trazia de carroça puxada pelo alazão…vamos reviver para que nossos filhos possam viver…

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

Sonhos…

Abandonar um sonho é como acordar sem ter dormido. Uma das maiores motivações para viver, é ter sonhos, é ir em busca do irreal, transformando a utopia em realidade. Pois o que é utópico para muitos é facilmente alcançado por quem sonha, pois sonhar é caminhar nas nuvens com os pés no chão…não compreendes, eu explico: Quem observa o “sonhador”não está vivendo o sonho, está só ouvindo uma música sem senti-la, se tiver a oportunidade e a sensibilidade de ouvir o som da batida do coração de quem está sonhando, vai acompanhar e principalmente entender que sonhar é o primeiro passo para conquistar. Viver a emoção de perseguir um sonho é o combustível que leva à conquista dele. Não quero parar de sonhar, pois se não sonhar com o perfume, que graça tem a flor?

Andre Saut
3 compartilhamentos

Poeminha confuso…

Quando as primeiras folhas de outono começam a cair, e o vento faz voar as sementes camufladas de borboletas que irão aterrissar nos campos gelados do inverno próximo desabrochando em saudades nos então campos pós floridos da primavera…Eu, vou lembrar que não te esqueci…vou correr sem tocar os pés no chão, vou falar sem me ouvir, só pensando, só imaginando o que não foi mas será, o que não é mas foi…
Tudo isto pensei porque hoje acordei dormindo, pois ao te ver sem sonhar, teu perfume ficou abraçado no meu corpo quando nos despedimos…beijo querida…te vejo na primavera…

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

decisão…

A palavra mais complicada da língua portuguesa é sem dúvida: “decisão” não sua escrita mas sua aplicação…todos os dias desde o abrir dos olhos é cercado de decisões. Que roupa vestir, que pasta de dente usar, que vou tomar no café…mas estas até são fáceis. A medida que o dia vai passando as decisões vão se tornando mais difíceis…que vou dizer, que vou fazer …que caminho vou seguir…O bom seria que todos os caminhos fossem como os de uma auto estrada, com 3, 4 ou 6 pistas e, que pudéssemos ficar trocando, andar mais rápido, mais devagar, com mais cuidado ou mesmo pisar fundo e ir colecionando multas…mas sempre decisão…Mas são decisões que temos que tomá-las e sempre com o cuidado de tentar acertá-las…isso é difícil para alguns até impossível mas, isso é decisão deles!

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

Desligue a tecnologia e ligue seu coração!

Todo dia inventam uma nova tecnologia para perpetuar instantes…caneta que bate foto, telefone, botão de camisa, óculos, tampinha de garrafa…tudo bate fotografia, tudo fica registrado e, as pessoas estão tão preocupadas em registrar o momento que as vezes esquecem de vive-lo…esqueça se a luz está boa para gravar, se tem bateria no aparelho, se tem memória…a resolução da imagem, aproveite mais cada momento, beije mais, abrace mais, viva mais. sinta a brisa no teu rosto nesta queda dágua maravilhosa que está a sua frente, a luz que brilha nas gotinhas e forma o arco-íris, sinta o ar refrescante, a mão que pega na tua e curte este momento contigo. As vezes esquecemos que Deus nos deu um corpo perfeito que a tecnologia busca mas não alcança, capaz de verdadeiramente guardar na memoria momentos que armazenam os 5 sentidos e, mais alguns que nem conhecemos ainda. Desligue o celular, deixe a câmera fotográfica de lado e viva mais…

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

regra não muito prática para compreender mulheres

Quando Deus criou a mulher, no mínimo, Ele quis deixar o homem confuso…Quando ela diz sim, quer dizer não, quando diz não significa…pode ser…e quando ela diz pode ser…é talvez! Haja dicionário de interpretação. Quando ela sorri? está triste ou feliz e quando pergunta se gostamos do vestido que ela está experimentando antes da festa…ela te olha, pergunta como estou? e você pensa…ah meu Deus e agora??? Minha sugestão é esboce um sorriso, vai ao encontro dela e, só a abrace…se ela gostou do vestido, vai te abraçar forte e agradecer, se ela não gostou vai te abraçar forte e dizer que só você a compreende…então meu Deus como posso entendê-las?

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

Não creio em minorias…

Nos campos de cima da serra, quando a chuva cai, as dezenas de riachos, córregos e nascentes vão se unindo até que em instantes os pequenos rios se transformam, por alguns momentos, em fortes mananciais de água que vão derrubando e levando o que encontram pela frente. Nunca acreditei em minorias, acredito sim em grupos desunidos e conformados. Não acredito em armas, mas duvido que exista alguma mais forte do que a voz, a caneta e a informação. Não creio que a revolta dê bons resultados, e não acredito que as articulações sejam desinteressadas. Ainda desconheço a resposta, mas não quero me acostumar com o problema. O homem nasce puro e a medida que cresce a vida vai temperando o seu caráter, mas creio que um bom banho de discernimento, leve embora todos estes temperos que tiraram o gosto pelo correto, pelo desejado, e faça com que retorne à pureza de sentimentos, ações e a descoberta das respostas certas.

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

Perdi um tempo enorme olhando para cima, pulando e tentando alcançar as estrelas, então um dia olhei para baixo e em uma simples poça d’água consegui alcançá-las…

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

Quero aproveitar mais os tics…

Acordei sem ter dormido por causa do tique nervoso desse tic tac estressado e apressado do relógio…eu estava curtindo o tic e ele veio com o tac…espera, quero me agarrar ao tão bom presente sem que tu, apressado tragas o tac me mostrando que já passou…quero um relógio só de tics…

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

Tem carvalho que se acha…

A pequena estradinha que entrava mata a dentro era emoldurada, desproporcionalmente de um lado por um grande e forte carvalho, do outro por um frágil lírio que envergava-se em direção ao chão, como um súdito à revenciar-se diante de seu rei. O carvalho soberbamente para parecer humilde, falou para a pequena florzinha que não precisava reverenciá-lo, pois ele por natureza era grande, forte, belo e muito seguro de si sendo que um dos motivos eram suas fortes e firmes raízes. Ela respondeu, desinclinando-se o quanto dava para que, de canto de olho, tentasse olhar para a tal majestosa e falante árvore… então disse: – Apesar de grandiosa, eu não te reverencio, muito menos assumo qualquer compromisso com teu imaginário reino, querida árvore, é que tuas fortes raízes são o motivo de minha fraqueza a ponto de para ti, parecer reverência, sem que tu percebas tuas raizes, consomem toda a água e os nutrientes do solo no qual e, do qual vivo. Esta terra, que para mim por proporção, é um vasto campo, para ti, é muito pequeno, tanto que cobres o sol que poderia me dar força também, com a sombra de tuas folhas e galhos. Não me leve a mal, amigo carvalho, não quero tua extinção, para que eu viva melhor, até porque tua vizinhança me protege dos fortes ventos e temporais…não que eu seja uma flor tão santinha que de vez em quando não torça para que um raiozinho caia em cima de ti…mas por favor, por respeito a mim, não penses que faço reverência à ti, por tu te achares tão superior, eu me curvo é de fraqueza em razão do alimento que tu me tiras com tuas raízes que passam por baixo e entre as minhas…enquanto majestosamente vai tomando conta de todo o terreno que nos cerca…

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

Só sei o que sei porque pensava que sabia…

Eu poderia falar um monte de coisas que não sei, sussurrado pelo google, “copiado e colado” por duas ou três teclas tipo control alt shift mas, resolvi que não, pois minha posição, no mínimo em vão diria tudo sem saber de nada, confessaria um assassinato sem ao menos ter conhecido o fédido defunto…mas sendo que a única coisa que penso que sei é sobre o tal amor, sem desconfiar da grande mentira que minha boca prediz quando o ouvido da direita não escutou a mesma coisa que ela, apaixonadamente desapaixonada balbuciou no pé do ouvido esquerdo, espantado porque lhe faltaram braços e, não pode abraçá-la. Na dúvida, juntando os depoimentos destas duas testemunhas auriculares num julgamento secreto em algum lugarzinho perdido no meu cérebro: constatei escrevia sobre o amor mas…não tinha ganho a tal incontestável prova a qual, sonhava, procurava e desejava que fosse …”o beijo”…

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

separando segundos…construindo uma hora…

Confesso que quando te tive, por não ser detetive, nunca me ative na razão mais óbvia de que amar é separar de cada minuto um segundo continuadamente, guardando-o para que depois, com um olhar amadamente descompromissado , juntá-lo a muitos outros colecionados construindo assim, com estes segundos separados um tempo único de cada momento chegando ao infinito de uma hora de maravilhosas lembranças…

Andre Saut
2 compartilhamentos

Descobri que sou um aprendiz da vida…

Descobri que sou um aprendiz da vida querendo ser um artezão de sonhos pois incessante não desisto daquilo que acredito. Sonhando bem acordado, trabalho em transformar o abstrato em concreto o impossível em provável e o incerto em certeza. Não acredito no “não dá”, mas em contornar a razão de quem achar que tem sem querer discutí-la, mas sem insistir que desista destas incravadas convicções, apenas acrescente à ela, outras e, perceba que não vai me ouvir dizer, vai me ver fazer! Mesmo que pareça irreal o mais difícil de alcançar não é o sonho, mas a capacidade de acordar e ver que a realidade acontece por que você a idealizou e, acreditou ou, por vezes com a ajuda do acaso, sem esforço, por motivação do aventureiro destino.

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

preencher vazios…

O maior dom do homem, no meu entender, é o de preencher vazios…não podemos ver uma vaso sem flor, uma parede sem quadro, uma sala vazia, uma sorriso sem graça, uma varanda sem a cadeira de balanço e a cadeira sem ninguém a balançar…não podemos ver, sem pensar em preencher…colocar, plantar…em um coração vazio, um olhar, no nada achar algo, no balanço pensar em uma criança, olhar triste para uma dançarina sem par, um jogador sem bola, uma bola sem time, um time sem campo, um campo sem grama…chegar na cama vazia do teu lado, teu perfume ficou, tua mão onde anda? porque a minha no vazio…ainda procura a tua…

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

Aves selvagens, aves domésticas…

Hoje a tarde cavalgava nos campos de cima da serra, quando observei um bando de marrecos selvagens pousarem no açude perto da casa da fazenda. Eles pousaram ao redor de um domesticado e adaptado pato doméstico, o qual nadava ao lado contrário do pouso do bando, mas logo mudou de direção e seguiu nadando no meio de seus selvagens primos. Alguns instantes de descanso e logo apressaram-se em alçar novamente voo…e surpreendentemente, o patinho do logo, foi junto…alias tentou voar também, mas poucos segundos depois, a a uns 30 cm do chão, esparramou-se na água…

Por mais que pareçamos acomodados, penso que não somos, falta apenas a motivação, uma boa dose de boa vontade e treino para colocar em prática tudo que desejávamos da vida e ao passar dos anos, nadando no laguinho fomos esquecendo que um dia éramos selvagens e queiramos atravessar o mundo alcançando os céus da satisfação e o prazer da conquista. Meu amigo tem muito mais na vida do que um laguinho, tem o mar, tem os rios…e, acredite, ainda podes voar, eu tenho certeza que posso, porque EU QUERO!

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento

Um grande coração

Nós brasileiros temos por índole, um grande coração. E uma das frases populares que confirmam isso, usada para dizer que sempre tem lugar na nossa casa, em nossa mesa é a famosa “onde comem 2 comem 3” só que por aí se vai… onde comem 4 comem 6 onde comem 6 comem 12…
Este grande coração é como se fosse uma casa, tem entrada, quarto, sala, cozinha e muitas outras peças. Tem gente que deixamos entrar e quando notamos estão esparramados na sala, alguns mais íntimos já na cozinha, abrem o refrigerador. Outros melhores instalados, deixamos que olhem na biblioteca e alguns dos particulares diários nela arquivados..
tem também aquelas que ficaram esquecidos na entrada e derrepente, ops… lembramos, e tem aquela visita especial, que já foi embora e, deixou a porta aberta e levou a chave…e que esperamos que volte…porque onde…

Andre Saut
Inserida por andresaut
1 compartilhamento