Ana Clara Moura Vieira

1 - 25 do total de 33 pensamentos de Ana Clara Moura Vieira

É um erro escrever , porque a gente nunca escreve o que a gente quer. E eu estou cansada de escrever o que eu não quero. Estou sentindo raiva escrevendo isso agora. Essas ultimas frases passaram pela minha mente e eu pensei em não escrevê-las. Mas vi esperança nessas palavras, talvez escrevendo eu consigo achar um pouco de sentido na minha raiva em escrever. Eu não sou escritora mesmo. A cada dia que passa vejo uma falta de sentido. Mesmas palavras. Mesmos textos. E uma pessoa sem rumo, sem atitude, sem destino e sem conhecimento suficiente para escrever. Tanto que agora não sabe nem inventar historias. Já passou a fazer textos metalingüísticos. Estilo receita de fracasso.

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Quando não temos o que queremos. Ao invés de buscarmos, tentamos fugir. Pois cogitamos estar indo em busca da dor. Mas a dor maior está em deixar nossos maiores desejos de lado.

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Histórias são histórias. Não importa o desfecho, nem o início. Histórias surgiram de uma única fonte. Sentimentos humanos. E eles sim, são uma forma de igualar os seres. É a partir do sentimento universal, que podemos contá-las de formas diferentes e permitir o surgimento de uma sensação única.

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Eu já vim ao mundo no horário errado
O horário que todos almoçam
E não querem ouvir choro de criança
E eu que já briguei por motivos bestas
Já corri para não levar pancada de vassoura
... Já chorei por ter inventado uma história triste
E eu que sou sonâmbula
Já criei palavras novas durante a noite
Já bati em quem dormia ao meu lado
E eu que gosto de escrever
Para descobrir o que estou pensando
Para descrever o que estou sentindo
Porque tenho preguiça de pensar
E de rir
.

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Essa ligação entre a razão e a emoção eu nunca vou entender, quanto mais eu penso, eu sinto dor. Quanto mais eu sinto dor, menos penso.

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Cada um com o seu mundo. Sua maneira de ver, e de sentir as coisas. A vitória para um pode ser o fracasso para outro. Assim desenvolvemos bolhas, nas quais queremos ser o centro ou achamos que somos. Entretanto esquecemos que somos sete bilhões de bolhas. Disputando um centro e uma verdade absoluta a partir de uma relativa. Uma que só cabe a você e ao seu pequeno universo. Uma que não pode ser minha.

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Não venha me falar que você quer ser rico, bonito e inteligente... seja primeiro gente.Gente janta. Gente bebe água. Gente diz que ama. Gente corta carne. E quem não é gente. É gigante. Gente é pequeno.Gentil. Gestante. Gente tem gente. Se não tem fica sem. Vira ninguém.

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

O mundo está cheio de gente que vai te colocar para baixo, que vai fazer você chorar, e que vai ter o prazer de pisar em você. Então por que você precisa se torturar, quando muitos fazem isso? Deixe essa tarefa para os ricos, os ricos de ignorância e hipocrisia. O bom da vida? é ser você!

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Que seus olhos alcancem os meus
Quando o horizonte nos separa
Que sua voz cante a nossa canção
No silêncio de uma madrugada solitária
Eu te encontrei
Em um lugar onde ninguém tem fé
Mas se há uma coisa verdadeira
é o que é

Nós que nunca tivemos muito tempo
Que desde sempre fomos fim
Juntos separados por uma estrada
Um caminho um jardim
De flores brancas e vermelhas
De amores perdões eu vim
Para te abraçar
E amar você .

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Espero que ninguém coloque muita expectativa... Amanhã é 2013, disso é certo... mas 2013 não garante nada. Um novo ano não é um novo emprego, uma nova personalidade ou uma nova atitude...
Um ano novo é apenas o término de um ciclo da terra em torno do sol. E o começo de outro ciclo.
Para as coisas se renovarem, não é necessário a terra começar novamente a girar ao redor do sol, talvez, seja necessário você receber a luz que esse irradia a cada dia e pensar em tudo que você pode ser , fazer e concretizar.
É a mudança de espírito, visão, ação, e não a mudança de um ano!
Deixe o sol invadir seu quarto, e anunciar um novo dia, uma nova pessoa, um novo olhar.
Feliz ano novo para todos!

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Escondi por muito tempo atrás de uma matéria que há pouco tempo não existia e que, imprevisivelmente pode deixar de existir. Matéria a qual apodrece e iguala os homens à condição de mortais. Matéria que sublima, perde em meio ao nada, e que é nada.

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Por muito tempo pensei que não havia saída, que tudo o que vivia estava em um roteiro obrigatório. Quando pensei mudá-lo, chorei, senti angústia. Foi um erro achar que sentiria tudo aquilo a todo instante. E foi um erro pensar que o roteiro não era facultativo. E que o final poderia ser bom. O final é misterioso. E o meu nível de curiosidade para conhecê-lo é mínimo ao ponto de abandoná-lo. Talvez não iria chorar. Talvez poderia sorrir. Mas a dúvida é descartável. Abro as portas para traçar um novo caminho.

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Só me resta chorar
Porque quando o amor é demais
Ele sobra e apodrece

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Só o que há no firmamento
é testemunha do nosso amor.

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Quando nos abandonamos
Eu não te abandonei

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Hoje estou feliz
não tão feliz
mas aquela felicidade plena
serena
verdade
que surge aqui dentro
e ninguém tira
sinto o silêncio
a umidade do ar
o descanso da chuva
e fecho os olhos
meio sorriso
uma felicidade feliz.

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

É tanta tristeza em mim
dentro de mim
fora de mim

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Muitas pessoas dizem amar muito a Deus, rezam, agradecem e amam cada vez mais. Elas se fecham em suas casas, nas igrejas e em centros para falar com o Deus que ouve, que aconselha e que faz milagres. Essas pessoas se fecham e esquecem de abrir a porta de suas casas para dar um prato de comida a um necessitado. Essas pessoas creem em um Deus que vão libertá-las de todo mal e esquecem do outro que não reza como elas. E esse outro, como será livre? Como terá bondade no coração? Com certeza rezando menos, divulgando menos para a sociedade que ama a Deus e na verdade, fazendo com que cada dia o verdadeiro bem esteja em suas ações e em sua vida. E é nesse bem que está Deus.

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Um pontinho no final
pode fazer chorar
fazer sentir falta
sentir uma dor
uma dor terminar.

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Onde você está?
Anônimo? Bandido? Escrito no altar?
Uma peça, uma história, um livro de Bazar
Um xadrez. Uma pipoca. Um chinês no Pará.
Faz pensar. Fez cantar. Tudo o que já falei.
Sem sentido. Sem motivo. Só para lembrar.
Que a dor. Falta amor. Não me faz chorar.

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Uma poesia que me faça rir amanhã
mas que hoje seja motivo de um sorriso forçado
desejo de abraço apertado
Onde está você?
Na lua ou no cd?
Na rua ou na tv?
Nos olhos ou no por que?
Por que você?

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Já é sábado, e eu fico imaginando quantas pessoas ainda acham que é sexta.

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Credo daquele balde sujo
desses cacos de vidro
dessa música alta
Credo desses olhares diamante
dessa beleza triunfante
dessa valsa impecável
Credo desse anel de brilhante
dessa vida de amante
desse perfume importado
Creio na mulher deslumbrante
com um homem ao seu lado
conversando do passado
que credo
era ruim demais sem ela.

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

Leio sobre você
não para conhecer
seus amigos
seu passado
Leio sobre você
para conseguir te ver
ao meu lado
Leio nos teus olhos
o amor bagunçado
e na tua boca
um desejo acanhado
de ler em mim
um ser apaixonado.

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi

E essa madrugada ladra
que rouba meu sono
e presenteia-me de pensamentos
como penso em você
desde quando, o porquê
não se sabe, nem se vê
nem o coração sabe dizer.

Ana Clara Moura Vieira
Inserida por kkzinhagbi