Alexandre Frickmann sonhosdaalma

Encontrados 17 pensamentos de Alexandre Frickmann sonhosdaalma

Ela encanta com seu olhar delicado, cativa com seu sorriso solto e magnetiza com sua boca de desejo.

Sensível, ela é capaz de sentir o mundo em sua plenitude. Ela se arrepia com a brisa do mar e se emociona com o pôr do sol.

Tsunami de simpatia
Furacão de encantamento
Vulcão de emoções.

Seu paladar vai amadurecendo a medida em que ela experimenta o gosto amargo e doce da vida. Ela prova todos os tipos de amores e seus distintos sabores. À la carte!

Ontem uma menina ingênua, hoje uma mulher resolvida.

Incansavelmente meiga
Lamentavelmente charmosa
Estupidamente carinhosa
Detestavelmente linda!

Ela enxerga liberdade na solidão mas sonha com um amor ainda desconhecido.

Ela respira primavera e transpira verão.
Ela é paquera, ela é paixão.
Ela é a maçã proibida, tentação!

Alexandre Frickmann sonhosdaalma
Inserida por alexandre_frickmann

Depois que tudo acabou resolvi me desfazer de vez desse passado sem futuro. Sentimentos com prazos de validade vencidos. Receitas de amor eterno prescritas.

O vento da liberdade se encarregou de levar para longe cada pedacinho de saudade que tinha sobrado. Precisei abrir espaço para o amor próprio e a autoestima.

Juntei os momentos inesquecíveis e os enterrei no túmulo dos indigentes, sem nomes, sem identidades. Apenas vestígios de duas vidas conhecidas que já não se reconhecem mais.

Silenciei a lembrança dos sorrisos e das gargalhadas pois com o tempo se transformaram em um barulho incompreensível. Perderam a graça.

Recolhi as lágrimas de tristeza que esvaziei da alma para regar uma nova semente de amor plantada. Será o meu jardim particular de uma flor só.

Por fim cancelei todos os bilhetes daquelas incontáveis viagens e fiz reserva para um destino inexplorado. Passagem só de ida rumo a um coração acolhedor, receptivo e disposto a me amar plenamente.

Alexandre Frickmann sonhosdaalma
Inserida por alexandre_frickmann

Se você fosse uma música, seria a minha preferida e eu passaria a vida inteira sintonizado na sua frequência tocando a minha melhor versão.

Se você fosse uma música, eu seria um compositor, e incluiria minhas notas musicais na perfeição dessa sua melodia infinita.

Se você fosse uma música, aumentaria o som ao máximo até sentir o seu sussurro de desejo nos meus ouvidos e a vibração dos seus lábios tocando os meus.

Se você fosse uma música, aprenderia todos os instrumentos musicais só para poder te tocar de todas as formas.

Se você fosse uma música, dançaria ao seu ritmo todas as minhas noites de solidão e sentiria a saudade do seu carinho cada vez que ouvisse a sua voz.

Se você fosse uma música, ao invés do Cupido disparar flechas fazendo todos se apaixonarem, ele cantaria.

Alexandre Frickmann sonhosdaalma

Te vejo
Em meu destino
Em cada flor de jardim
Em todos os lugares
Te vejo em mim

Te desejo
Mais que o ar
De qualquer jeito
Ardentemente
Te desejo para sempre

Te encontro
Nas letras das canções
Nas rimas das poesias
Nos meus sonhos
Te encontro em nossos desencontros

Te beijo
Sem regras
No canto da boca
Em segredo
Te beijo em várias línguas

Te admiro
Quando acorda
Por dentro e por fora
Em cada centímetro
Te admiro sem fim

Te amo
Sem filtro
Sem censura
Sem controle
Te amo simples assim!

Alexandre Frickmann sonhosdaalma
Inserida por alexandre_frickmann

Existem coisas na vida
Que não tem explicação
Mesmo sem te conhecer
Me apaixonei de coração

Caminhando sem destino
Passo o dia a te procurar
Vou passeando pelas horas
Sem saber por onde começar

Sonho contigo acordado
Você não sai do meu pensamento
Quero te ter ao meu lado
A todo instante, a cada momento

O vento é o meu guia
Por todos os lados que for
Não quero mais ninguém
Só quero o seu amor

E pelas estradas dessa vida
Me proponho a seguir
Talvez no fim de alguma delas
Você deva existir

E se um dia te encontrar
Mesmo que leve a minha vida inteira
Pediria como meu último desejo
Sentir o calor do seu primeiro beijo

Alexandre Frickmann sonhosdaalma
Inserida por alexandre_frickmann

Dois olhares que se encontram
Dois caminhos que convergem
Duas bocas que se conhecem
Dois desejos que se satisfazem
Duas notas que se harmonizam
Duas pessoas que se amam
Duas chamas que não se apagam
Dois mundos que se unem
Duas liberdades que se juntam
Duas mãos que se entrelaçam
Dois amores que se bastam
Dois destinos que se abraçam
Duas vidas que se multiplicam
Duas almas que se completam

Alexandre Frickmann sonhosdaalma

Milhares de pedacinhos de areia fina caem sem parar contando a história do nosso amor na ampulheta da vida.

Uma eternidade não será suficiente para vivermos intensamente o que ainda nos resta. Corremos inutilmente contra um tempo que não espera, que não adia, que não perdoa.

No meu passado, a sua ausência.
No seu presente, a minha existência.
Juntos, no nosso futuro, perpetuaremos a nossa essência.

Ontem éramos dois.
Hoje somos um.
Amanhã seremos infinito.

O tempo foi a única testemunha de tudo que vivemos. Quando lhe perguntarem sobre o nosso amor ele dirá que em segundos me envolvi, que em minutos te seduzi, que em horas nos encantamos, que em dias te conquistei, que em meses me apaixonei, e que pela eternidade nos amamos.

Alexandre Frickmann sonhosdaalma
Inserida por alexandre_frickmann

Foi bem aqui, no alto deste morro, que juntos plantamos a semente do nosso amor.
Todos os dias subíamos para rega-la com baldes transbordando de carinho e paixão.
Rapidamente, aquela pequena sementinha criou raízes de admiração e respeito.
Quando seu tronco se tornou mais robusto, eternizamos nele nossas iniciais como uma tatuagem.
Em pouco tempo, seus galhos e suas folhas nos deram sombras de felicidade, e estampado em cada uma de suas folhas, estavam as fotografias da nossa história.
Suas frutas que brotavam diariamente tinham a forma de coração e o sabor do nosso prazer.
Essa era a nossa árvore. A mais bela e frondosa de toda a região.
Com o passar do tempo, já não subíamos todos os dias para cuidar dela. O morro se parecia mais com uma montanha íngreme de difícil escalada.
Você se cansou de subir e nunca mais voltou. E eu por algum tempo, ainda continuei vindo, mas já não tinha forças para carregar os baldes de esperança necessários para mantê-la como antes.
E assim, sem os nossos cuidados e atenção, o tempo se encarregou de dar um destino para ela. Seus frutos já não tinham forma e nem sabor. E suas folhas de tão secas viraram pó.
Hoje não há mais vestígios dela e nem sinal de que um dia ela existiu.
Mas foi bem aqui, no alto deste morro, que eu presenciei o nascimento e a morte da mais bela árvore de amor.

Alexandre Frickmann sonhosdaalma
Inserida por alexandre_frickmann
1 compartilhamento

Se você fosse de papel, cuidaria para que nenhuma lágrima te molhasse, e a única coisa que poderia te fazer desmanchar seriam meus beijos apaixonados.

Se você fosse de papel, adoraria brincar de origami e te transformar em uma borboleta, uma rosa ou um coração. Pintaria com lápis de cor suas unhas e lábios e desenharia todas as roupas que quisesse usar em cada ocasião diferente.

Se você fosse de papel, passaria horas lendo suas pintas, marcas e cicatrizes, e ficaria viciado na leitura do seu corpo. Escreveria todos os dias nos espaços em branco um novo capitulo dessa nossa história de amor.

Se você fosse de papel, te faria de confete e serpentina para alegrar as crianças no carnaval, e depois passaria horas juntando e colando cada pedacinho seu até voltar a ser a mais bela escultura.

Se você fosse de papel, iria te amassar e dobrar até caber no meu bolso, para que assim eu pudesse levá-la comigo para todos os lugares que fosse, e nunca sentir saudades suas.

Alexandre Frickmann sonhosdaalma
Inserida por alexandre_frickmann

Do último cais que zarpei, só sobrou decepção e amargura. Resolvi deixar terra firme pois fiquei sem chão quando tudo acabou.

Levantei âncora e parti com meu barco de sonhos disposto a desembarcar na primeira ilha de paz que encontrasse.

Sem o mapa da felicidade e sem a bússola da esperança, foram dias e noites perdido navegando por mares de solidão.

Enfrentei muitas tempestades de desilusão e naufraguei em algumas delas. Em cada um desses mergulhos profundos, voltei à superfície mais corajoso e pronto para enfrentar novas tsunamis de dor. Mas elas não me afundariam novamente.

Deixei minha paixão conduzir o barco e me guiar por aguas desconhecidas. Foi então que avistei no horizonte, na direção do pôr do sol, uma terra misteriosa e inexplorada, mas de natureza exuberante e receptiva.

Foi ali, no lado esquerdo do seu peito, onde joguei minha âncora e desembarquei para viver feliz pelo resto da minha vida.

Alexandre Frickmann sonhosdaalma

Meu bom e velho amigo. Não existe melhor companheiro e confidente, que você, meu travesseiro.

Quando a saudade invade meu quarto no meio da noite e me abraça, é você quem me dá forças para aguentar e suportar a dor.

Só você me estimula a refletir e repensar qual caminho seguir. Suas palavras ditas em silêncio ecoam pelo quarto e me acalmam. Faço minhas confissões de forma reservada à você, que me ouve com tanta atenção.

Já tivemos infinitas conversas e foi assim que você conheceu cada detalhe meu. Se houvesse algum segredo a quem confiar, essa pessoa certamente seria você.

Todas as noites quando estou triste e me deito, é você que me da colo e me conforta. Cada lágrima que escorre do meu rosto é você quem as recebe. Cuide para que não se percam e guarde-as com carinho para que eu possa revivê-las sempre que precisar. Mas deixe-me te avisar: ainda existem oceanos inteiros por chorar e sei que aí dentro há espaço suficiente para caber todas as lágrimas do meu ser.

Alexandre Frickmann sonhosdaalma

E foi assim, de repente, que você apareceu e entrou pela porta da frente.

Já no salão principal e sem cerimônias foi logo conhecendo todos os meus sentimentos.

O primeiro foi o medo, que desapareceu depois que se encantou com sua gentileza e seu abraço.

O segundo foi a solidão, que se levantou da mesa e foi embora quando ficou fascinada por seu carisma e educação.

O terceiro foi a tristeza, que sumiu ao se maravilhar com sua simpatia e senso de humor.

O quarto foi o tédio, que partiu sem deixar rastros depois de ficar impressionado com sua conversa cativante e inteligente.

O quinto foi a carência, que saiu de fininho
quando se deslumbrou com toda a atenção e carinho que recebeu.

E quando me dei conta, já não havia mais ninguém na festa. Éramos só nós dois, dançando juntos a música do amor, ao ritmo da batida dos nossos corações.

Alexandre Frickmann sonhosdaalma
Inserida por alexandre_frickmann

Você foi embora sem se despedir. Da janela do meu quarto ainda te vejo caminhando pela rua.
A cada passo seu, observo nossos momentos desprenderem das árvores e cairem no chão feito as folhas amareladas no outono.
O vento sopra para longe nossos sonhos que você foi jogando fora pelo caminho.
A medida que caminha posso ver minha sombra abraçada com a sua, como se ainda estivéssemos juntos nessa estrada.
Mas quanto mais você se afasta, sua silhueta parece ser a de uma outra pessoa. Alguém que eu não conheço. E nem conheci.
Te chamo, mas você já não me escuta mais porque está ouvindo uma nova canção.
E no horizonte te vejo pela última vez, dobrando a esquina da vida sem sequer olhar para trás.

Alexandre Frickmann sonhosdaalma
Inserida por alexandre_frickmann

Sim, eu sou um homem sensível. E não viveria feliz se não o fosse. Sim, eu choro. Mas ser sensível não é sinônimo de ser chorão.
Ser sensível é fazer uma declaração de amor ajoelhado para a pessoa que você gosta sem receio do que ela vai dizer.
Ser sensível é se arrepiar ao ver sua noiva entrando na igreja.
Ser sensível é saber o que a sua esposa está te dizendo mesmo em silêncio.
Ser sensível é se emocionar profundamente no nascimento do seu filho.
Ser sensível é se colocar no lugar de uma outra pessoa, mesmo desconhecida, e ser capaz de sentir a sua dor, a sua angústia ou o seu sofrimento.
Ser sensível é quando seus olhos se enchem de lágrimas ao ver seus avós, já bem velhinhos, caminhando de mãos dadas e se abraçando.
Ser sensível está na sua essência. Então não guarde, esconda ou reprima algo que te sensibiliza, comove ou empolga.
Ser sensível não o fará ser menos homem, o fará ser mais humano.

Alexandre Frickmann sonhosdaalma
Inserida por alexandre_frickmann

Reviver o passado ou imaginar o que viveremos no futuro.
O passado é reflexão, são lembranças, memórias, nostalgia, está distante, encerrado.
O futuro é esperança, imaginação, horizonte, são sonhos.
O passado já foi e o futuro nunca será. Porque tudo só acontece neste instante. Precisamos viver o presente. Intensamente. Agora.
Ligue para saber como ela está. Agora. Porque o medo? Convide-a para sair. Agora. Porque o receio? Peça desculpas. Agora. Porque adiar? Faça aquele carinho inesperado. Agora. Porque esperar? Diga como ela é linda e especial para você. Agora. Porque depois?Diga eu te amo. Agora. Não deixe para amanhã!

Alexandre Frickmann sonhosdaalma
Inserida por alexandre_frickmann

Você se lembra do nosso primeiro beijo? E não estou me referindo ao dia, local ou a que roupa usávamos. Estou falando do turbilhão de sensações que sentimos quando nossos lábios se tocaram pela primeira vez.

E aquele instante que antecedeu ao beijo? Parecia tortura! Será que beijo agora? Aqui ou melhor ali?Puxo pela mão ou seguro pela cintura? Acho melhor só virar e roubar logo esse beijo! Que agonia! Quanta dúvida! Afinal de contas esse seria o nosso primeiro beijo, aquele que nos paralisa, que nos faz flutuar, que nos tira de órbita. O tempo congela. Até a terra para de girar.

Um momento tão mágico e aguardado da nossa história, não pode ficar esquecido e engavetado na prateleira dos sonhos esquecidos. Sim, porque foi um sonho. Por isso amanhã te levarei lá novamente, naquele mesmo lugar, para voltarmos no tempo e revivermos esse turbilhão de sensações que alimenta o nosso amor. Quero te beijar pela primeira vez, de novo.

Alexandre Frickmann sonhosdaalma
Inserida por alexandre_frickmann

Antes do amor se tornar amor, ele já existe, ele está lá, hibernando em seu casulo, ainda disfarçado de amizade, admiração, paixão. Mas o que é preciso para que esse sentimento se transforme em amor? Talvez um simples sorriso, uma conversa despretenciosa, um toque aguardado, um piscar de olhos, uma gentileza. Não importa o como, quando e onde. Importa que, naquela fração de segundo que não sabemos qual mas que existiu, a amizade, a admiração ou a paixão, se transformou em amor!
Quando a borboleta deixa de ser uma lagarta e está pronta, ela rompe o casulo e libera suas asas! Eis o amor que surge da mesma maneira, rompendo todas as nossas amarras e nos libertando para viver um universo inesgotável de sensações.
Ahhh o amor!

Alexandre Frickmann sonhosdaalma
Inserida por alexandre_frickmann