Albano Martins

Encontrados 2 pensamentos de Albano Martins

DOIS POEMAS



Em que idioma te direi
este amor sem nome
que é servo e rei?


Como o direi?
Como o calarei?



*



É como se a noite se molhasse
repentinamente, quando choras.
É como se o dia se demorasse,
quando te espero e tu te demoras.

Albano Martins

Levarás pela mão
o menino até o rio.
Dir-lhe-ás que a água é cega e surda.
Muda, não. Que o digam os peixes,
que em silencio com ela
sustentam seu diálogo líquido,
de líquidas sílabas
de submersas vogais.

Albano Martins
Inserida por lucijordan