Amor

Cerca de 195727 frases e pensamentos: Amor

Há sempre alguma loucura no amor. Mas há sempre um pouco de razão na loucura.

Friedrich Nietzsche
Assim Falou Zaratustra. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

Amo como ama o amor.
Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar.
Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Fernando Pessoa

Nota: Trecho adaptado de "Fausto: tragédia subjectiva", de Fernando Pessoa.

Amor não é se envolver com a pessoa perfeita, aquela dos nossos sonhos. Não existem príncipes nem princesas. Encare a outra pessoa de forma sincera e real, exaltando suas qualidades, mas sabendo também de seus defeitos. O amor só é lindo, quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser.

Desconhecido

Nota: O pensamento não tem autoria conhecida, apesar de muitas vezes atribuído de forma errônea a Mário Quintana ou Martha Medeiros.

...Mais

Purifica o teu coração antes de permitires que o amor entre nele, pois até o mel mais doce azeda num recipiente sujo.

Pitágoras

Nota: Autoria não confirmada.

Tão bom morrer de amor! E continuar vivendo...

Mario Quintana
Baú dos espantos, Porto Alegre: Editora Globo.1986.p. 596 p. 87.

Nota: Trecho do poema Conversa Fiada, compilado na obra referida de Mário Quintana.

...Mais

Aquilo que se faz por amor está sempre além do bem e do mal.

Friedrich Nietzsche
Além do bem e do mal. São Paulo: Companhia de Bolso, 2005.

Nota: Adaptação de trecho do livro "Além do bem e do mal".

...Mais

As mais lindas palavras de amor são ditas no silêncio de um olhar.

O verdadeiro amor nunca se desgasta. Quanto mais se dá mais se tem.

Antoine de Saint-Exupéry
O Pequeno Príncipe

A distância faz ao amor aquilo que o vento faz ao fogo: apaga o pequeno, inflama o grande.

Roger Bussy-Rabutin
Histoire amoureuse des Gaules. Paris: Garnier, 1868

Se o amor é fantasia, eu me encontro ultimamente em pleno carnaval.

Toquinho e Mutinho
Trecho da letra da música "Escravo da Alegria", composta por Toquinho e Mutinho.

Amor é síntese

Por favor, não me analise
Não fique procurando
cada ponto fraco meu
Se ninguém resiste a uma análise
profunda, quanto mais eu!
Ciumenta, exigente, insegura, carente
toda cheia de marcas que a vida deixou:
Veja em cada exigência
um grito de carência,
um pedido de amor!

Amor, amor é síntese,
uma integração de dados:
não há que tirar nem pôr.
Não me corte em fatias,
(ninguém abraça um pedaço),
me envolva todo em seus braços
E eu serei perfeita, amor!

Myrtes Mathias
Bom dia amor! Juerp, 1990

Nota: A autoria do poema é muitas vezes atribuída erroneamente a Mario Quintana.

...Mais

O amor não se vê com os olhos mas com o coração.

William Shakespeare

Nota: Trecho adaptado de "Sonho de uma Noite de Verão", de William Shakespeare.

Amai, porque nada melhor para a saúde que um amor correspondido.

Vinicius de Moraes
Seção de prosa do site oficial de Vinicius de Moraes.

Nota: Por vezes a frase é atribuída, de forma errônea, a Tom Jobim.

...Mais

O amor, quando se revela,
Não se sabe revelar.
Sabe bem olhar p'ra ela,
Mas não lhe sabe falar.

Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há de dizer.
Fala: parece que mente...
Cala: parece esquecer...

Ah, mas se ela adivinhasse,
Se pudesse ouvir o olhar,
E se um olhar lhe bastasse
P'ra saber que a estão a amar!

Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala,
Fica só, inteiramente!

Mas se isto puder contar-lhe
O que não lhe ouso contar,
Já não terei que falar-lhe
Porque lhe estou a falar...

Fernando Pessoa
Poesias Inéditas (1919-1930)

Não há ninguém, mesmo sem cultura, que não se torne poeta quando o amor toma conta dele.

Platão

Nota: Autoria não confirmada.

A medida do amor é amar sem medida.

Santo Agostinho

Nota: Pensamento adaptado e atribuído a Santo Agostinho, citado por Severo, bispo de Milevi, em carta a Agostinho, Epistola 109, e por São Bernardo de Claraval, em De Diligendo Deo. A autoria do texto tem vindo a ser erroneamente atribuída a Victor Hugo.

...Mais

É um amor pobre aquele que se pode medir.

William Shakespeare

Nota: Trecho adaptado de "Antônio e Cleópatra", Ato I, Cena I: Antônio.

O amor calcula as horas por meses, e os dias por anos; e cada pequena ausência é uma eternidade.

John Dryden
Amphitryon: a Comedy. London: J. Bell, British Library, Strand, 1792.

O amor romântico é como um traje, que, como não é eterno, dura tanto quanto dura; e, em breve, sob a veste do ideal que formamos, que se esfacela, surge o corpo real da pessoa humana, em que o vestimos. O amor romântico, portanto, é um caminho de desilusão. Só o não é quando a desilusão, aceite desde o princípio, decide variar de ideal constantemente, tecer constantemente, nas oficinas da alma, novos trajes, com que constantemente se renove o aspecto da criatura, por eles vestida.

Fernando Pessoa

Nota: Trecho adaptado de poema do "Livro do Desassossego", de Bernardo Soares (heterônimo de Fernando Pessoa).

...Mais

Como são sábios aqueles que se entregam às loucuras do amor!

Jo. Cooke
How a man may choose a Good Wife, Ato I. 1

Nota: Paráfrase de outro pensamento.

...Mais