Versos de Histórias de Amor

Cerca de 534 versos de Histórias de Amor

A lua ficou tão triste
com aquela história de amor
que até hoje a lua insiste:
- Amanheça, por favor!

Essa coisa chamada "história de amor" requer um certo tempo para ser construída, e as que dão certo são aquelas vividas com paciência, com o espírito aberto e geralmente com qualquer um que consiga romper nossas defesas e nos fazer feliz.

Como se ela tivesse sido a mais bela história de amor da sua vida. E que uma parte de você acredite que ela foi, de fato, a mais bela história de amor da sua vida.

Todas as histórias de amor são iguais.

Uma linda história de amor e um final triste.
Certo dia, o namorado deu um desafio a sua namorada de viver um dia sem ele, sem qualquer tipo de comunicação, e a disse que se ela fizesse isso, a amaria para sempre. A namorada aceitou. Ela não ligou ou mandou mensagens para ele por todo o dia, sem saber que seu namorado tinha apenas 24 horas de vida, pois sofria de câncer. Ela foi a casa de seu namorado feliz no dia seguinte. Lágrimas caíram enquanto ela o viu deitado com uma nota ao lado: "Você conseguiu amor. E agora, você consegue fazer isso todo dia? Eu te amo".

No momento em que ouvi minha primeira história de amor,
eu comecei a procurar por você, mal sabendo quão cego estava.
Os amantes não se encontram finalmente nalgum lugar.
Eles sempre estiveram um dentro do outro.

Uma Carta ao Poeta - uma linda história de amor

É possível amar e deixar
As tristezas afundarem no oceano
Suas lágrimas têm valor
E você vai suportar a dor de uma paixão
Que se tornou em um grande amor sem fim
Não sofrerá e terá a felicidade
A história diz que você é capaz
De suportar o que for
E vai poder enfrentar tudo e ser feliz
Ao lado de seu amor.

Histórias de amor são como borboletas: você consegue ver, pode até tocar, mas se você tentar guardar uma pra você ela simplesmente morre. Tem que saber admirar de longe.

Como todas as histórias de amor verdadeiras a nossa vai morrer com a gente como deve ser.

E se as mais belas histórias de amor vividas na ficção normalmente são amores proibidos, qual o erro em viver um amor proibido na vida real?

- Você já morou só ?
- Sim.
- Onde ?
- Em algumas
historias de amor.

Historias de Amor na Cabeça

Para que criamos histórias de amor em nossas cabeças?
Porque necessitamos de algo para nos agarrar e acreditar fielmente?
Se temos a nós mesmas, você não é o suficiente para se sentir segura e saber que existe alguém que nunca vai te abandonar?
Porque nos momentos mais tristes existe alguém que chora com você, sofre porque você sofre, entende perfeitamente bem quando você fica brava, compreende que no fundo da sua braveza há dor e não te deixa nunca sozinha.
Porque nos momentos mais felizes, brinca, dança, sorri e sonha com você.
E nos momentos mais difíceis, quando você sente que o mundo está contra você, sabe que esse alguém vai saltar para te defender e ninguém vai te fazer mal.
Esse alguém nunca vai te deixar sozinha, esse alguém te ama, chegou com você e irá com você. Esse alguém é você...

Maldito os homens que nascem poetas,
Porque quase sempre precisam viver tristes histórias de Amor.
Bem-aventurados são os homens que nascem poetas,
Pois é através da poesia que eles silenciam seus corações aflitos.
É através da poesia que se consolam.
Este é o meio que Deus usou para confortar aqueles que sofrem por Amor.

Já fiz alguns poemas,
Mais não me considero poeta.
Histórias de amor já expressei,
Mais nunca publiquei.
Meu jeito de ser está incluso,
Mais ainda muito confuso.
As palavras não querem mais a boca,
E sim o papel.
Escrever não é obrigação,
Mais apenas uma distração.
Não escrevo para milhões de pessoas,
E sim apenas para você.

Algumas histórias de amor não são romances épicos. São contos. Mas isso não as deixa menos repletas de amor.

Entenda bem: não me veja tentando reatar uma história de amor já bastante espatifada (ou talvez sim, mas você não me deu chance e a coisa mais saudável que eu podia fazer era entrar noutra). Acontece que, com ou sem cama, gosto profundamente de você.

Não posso falar da nossa história de amor, então vou falar de matemática. Não sou formada em matemática, mas sei de uma coisa: existe uma quantidade infinita de números entre 0 e 1. Tem o 0,1 e o 0,12 e o 0,112 e uma infinidade de outros. Obviamente, existe um conjunto ainda maior entre o 0 e o 2, ou entre o 0 e o 1 milhão. Alguns infinitos são maiores que outros. Um escritor de quem costumávamos gostar nos ensinou isso. Há dias, muitos deles, em que fico zangada com o tamanho do meu conjunto ilimitado. Queria mais números do que provavelmente vou ter, e, por Deus, queria mais números para o Augustus Waters do que os que ele teve. Mas, Gus, meu amor, você não imagina o tamanho da minha gratidão pelo nosso pequeno infinito. Eu não o trocaria por nada nesse mundo. Você me deu uma eternidade dentro dos nossos dias numerados, e sou muito grata por isso.

Hazel Grace
GREEN, J. A Culpa é das Estrelas. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2012

Nota: Frase do personagem do livro "A Culpa é das Estrelas" de John Green

...Mais

Amor platônico é uma história de amor, onde o protagonista ama sozinho e o vilão é a pessoa que você mais ama.

Todo mundo fica assim no começo de uma história de amor: quer felicidade demais, prazer demais, até adoecer.

O vício é a marca de toda história de amor baseada na obsessão. Tudo começa quando o objeto de sua adoração lhe dá uma dose generosa, alucinante de algo que você nunca ousou admitir que queria - um explosivo coquetel emocional, talvez feito de amor estrondoso e louca excitação. Logo você começa a precisar dessa atenção intensa com a obsessão faminta de qualquer viciado. Quando a droga é retirada, você imediatamente adoece, louco e em crise abstinência.