Textos de Içami Tiba

Cerca de 6 textos de Içami Tiba

Se você abre uma porta, você pode ou não entrar em uma nova sala. Você pode não entrar e ficar observando a vida. Mas se você vence a dúvida, o temor, e entra, dá um grande passo: nesta sala vive-se! Mas, também, tem um preço... São inúmeras outras portas que você descobre. Às vezes curte-se mil e uma. O grande segredo é saber quando e qual porta deve ser aberta. A vida não é rigorosa, ela propicia erros e acertos. Os erros podem ser transformados em acertos quando com eles se aprende. Não existe a segurança do acerto eterno.

A vida é generosa, a cada sala que se vive, descobre-se tantas outras portas. E a vida enriquece quem se arrisca a abrir novas portas. Ela privilegia quem descobre seus segredos e generosamente oferece afortunadas portas. Mas a vida também pode ser dura e severa. Se você não ultrapassar a porta, terá sempre a mesma porta pela frente. É a repetição perante a criação, é a monotonia monocromática perante a multiplicidade das cores, é a estagnação da vida... Para a vida, as portas não são obstáculos, mas diferentes passagens!

Içami Tiba
2.6 mil compartilhamentos

Eu sou branco. Você é vermelho.
Quando estamos juntos somos rosa.
Antes de eu conhecer você, eu não sabia o que era rosa.
Até que eu vivia bem sozinho:
comia o que e na hora que eu queria;
saía na hora quando bem entendia para ir ao lugar que tinha vontade de ir,
numa liberdade, independência e auto-suficiência.
Quando eu vi você, fiquei vermelho de paixão
e nem me incomodei com os meus brancos.
Até perceber-me que eu já não era mais o branco.
Foi quando o vermelho começou a me sufocar e então, brancamente, me protegi.
Mas às vezes eu me irritava e brigava com você.
No fundo, era porque você era vermelha e não branca igualzinho a mim.
Percebi-me em alguns variados momentos querendo mudar a sua cor.
Ainda bem que você soube permanecer-se vermelha, ter suas próprias emoções,
sentimentos, comportamentos e pontos de vista.
Caso contrário, você seria também branca.
Mas tive minhas reticências,
pois estava acostumado ao meu ritmo e modo de vida branco.
Temi perder minha individualidade.
Mas aos poucos fui descobrindo que o branco para se transformar em rosa
não é perder, desestruturar-se e desaparecer, mas é completar-se com o vermelho.
O rosa me atemorizou, mas hoje vejo quanto é gostoso conviver,
relacionar-me, amar e ser amada.
Dá mais trabalho porque nem tudo pode e deve ser feito brancamente,
mas sem dúvida tudo pode ser mais gostoso e rico com o vermelho.
Frequentemente, um bom lanche branco
não é tão agradável quanto um singelo jantar rosa.
Um mundo muito Cor de Rosa a todos....

Içami Tiba
652 compartilhamentos

FILHOS SÃO COMO NAVIOS


Ao olhar um navio no porto imaginamos que ele esteja em seu lugar mais seguro, protegido por uma forte ancora.

Às vezes não percebemos que ali ele está em preparação, abastecimento e provisão para se lançar ao mar, ao destino para o qual foi criado, indo ao encontro de suas próprias aventuras.

Dependendo do que a força da natureza lhes reserva, poderá ter que desviar da rota, traçar outros caminhos ou procurar outros portos. Certamente retornará fortalecido pelo aprendizado adquirido, mais enriquecido pelas diferentes culturas percorridas. E haverá muita gente no porto feliz à sua espera.

Assim são os filhos.

Por mais segurança que possam sentir junto aos pais, eles nasceram para singrar os mares da vida e viver suas próprias aventuras.

Certo que levarão consigo os exemplos dos pais, o que eles aprenderam e os conhecimentos da escola, mas a vivência e a experiência própria é necessária.

É claro que o lugar mais seguro que o navio pode estar é o porto. Mas ele não foi feito para permanecer ali.

Se os filhos foram destinados a partir, temos que perceber que ninguém pode traçar o seu destino, mas deve estar consciente de que na bagagem devem levar valores herdados como: humildade, honestidade, disciplina, gratidão e generosidade.

Porém, para isso, precisam ser preparados e amados, na certeza de que: quem ama educa.

Ah! Como é difícil soltar as amarras.
(Içami Tiba)

Içami Tiba
92 compartilhamentos

Piadas e bom humor aliviam a dor porque liberam endorfinas- cuja composição química, similar à morfina e à da heroína, tem efeito tranquilizante no corpo. O humor cura, pois o riso anestesia o corpo, ativa o sistema imunológico, protege contra doenças, auxilia a memória, melhora o aprendizado e prolonga a vida.

Içami Tiba

Não basta ser inteligente, a criança precisa ter ética.” – Içami Tiba

A verdade é que nossos filhos podem estudar nas melhores escolas, terem tudo do bom e do melhor e muitas oportunidades de sucesso, mas ainda assim não irão muito longe se não forem pessoas éticas.
Parte fundamental da criação de um filho é ensiná-lo valores, pontuando desde cedo o que certo e o que é errado, plantando a semente da sabedoria em seu coração e ajudando-o a seguir o melhor caminho na vida.

Nesse sentido, damos muita importância ao tipo de educação que nossos filhos terão, muitas vezes gastamos o que não temos com boas escolas, esperançosos de que estimularão a inteligência e o pensamento crítico das nossas crianças, preparando-as para viver no mundo competitivo em que vivemos.

No entanto, muitas vezes desvalorizamos ensinamentos que devem ser aprendidos em casa, como respeito, tolerância, princípios e moral.

A verdade é que nossos filhos podem estudar nas melhores escolas, terem tudo do bom e do melhor e muitas oportunidades de sucesso, mas ainda assim não irão muito longe se não forem pessoas éticas.

A geração atual é sabotada de diversas maneiras. Em muitos casos, isso começa dentro de casa, e os pais não percebem.
O desejo de compensar a ausência, a falta de cuidado e de carinho com bens materiais ou mesmo com a permissividade desenfreada pode causar sérias consequências na vida dos filhos e, consequentemente, na vida da família de forma geral.

Não são poucas as famílias que procuram médicos para tratar condições como déficit de atenção nos filhos, acreditando que há algo de errado com eles, quando na verdade há problemas na forma com essas crianças são educadas. É claro que a grande maioria dos pais tenta fazer o seu melhor sempre, mas é preciso que haja uma reflexão sobre os valores que ensinados aos filhos.

Crianças precisam da presença dos pais, de sua sabedoria, orientação, amor e cuidado. Elas precisam de uma educação saudável, precisam saber como viver em um ambiente social, reconhecendo e respeitando as necessidades das pessoas ao seu redor e não passando por cima das outras pessoas para conseguirem ser atendidas.

Içami Tiba, psiquiatra e escritor abordou esse tema com muita sabedoria na seguinte frase:

“Muitos pais estão preocupados com o fato de seus filhos serem hiperativos, possuírem déficit de atenção, necessitando de um cuidado médico-psicológico especial. O que eu tenho observado é que a maioria dessas crianças são, na verdade, mal educadas, apesar de bem criadas. Criar uma criança é fácil, basta satisfazer-lhe as vontades. Educar é mais trabalhoso. Trata-se de prepará-la para viver saudavelmente em sociedade, o que significa que não basta ser inteligente, a criança precisa ter ética.”

Não é fácil educar um filho, descobrir quais são as escolhas certas e impedir que nossas crianças passem pelas dificuldades que passamos, mas ainda assim precisamos fazer um esforço para não nos perdermos no caminho.

O legado mais precioso que podemos transmitir aos nossos filhos é uma educação ética. Inteligência pode ser desenvolvida, sucesso pode ser alcançado, mas uma criação saudável nunca pode ser substituída. Tenha sempre isso em mente.

Grande parte do futuro de seu filho é determinada pela educação que ele recebe hoje. Seja consciente de seu papel e lembre-se sempre do que diz Içami Tiba: “Não basta ser inteligente, a criança precisa ter ética.”

Luiza Flecher
Inserida por RivaAlmeida

“Penso que não há nada mais sustentável que educação familiar, pois o que um filho aprende de verdade, ele leva dentro de si para onde for e lhe servirá para o resto de sua vida. Caso o filho ensine o que aprendeu, então o conhecimento, ou o valor, vai ultrapassar o individual e atingir o social. A sustentabilidade do planeta agora depende muito mais do cidadão sustentável do que de leis impostas verticalmente, que tentam comandar todos os indivíduos do planeta.
Se queremos um planeta com sustentabilidade é importante que cada um de nós se torne sustentável. Isso está muito nos pais e professores de hoje, pois nossos filhos já vivem o nosso futuro. O futuro deles não sabemos qual será. Mas com Educação Sustentável, os filhos terão muito mais condições de vencer, seja qual for o cenário do futuro.”

Içami Tiba
Inserida por LEandRO_ALissON