Poesia Bebê

Cerca de 543 poesia Bebê

Qual é a utilidade de um bebê recém-nascido? (Respondeu quando lhe perguntaram qual era a utilidade de uma nova invenção).

Benjamin Franklin
25 compartilhamentos

Eterno é a flor que se fana
se soube florir
é o meninno recém-nascido
antes que lhe deem nome
e lhe comuniquem o sentimento do efêmero
é o gesto de enlaçar e beijar
na visita do amor às almas
eterno é tudo aquilo que vive uma fração de segundo
mas com tamanha intensidade que se petrifica e nenhuma força
[o resgata.

Carlos Drummond de Andrade

Quanto menos comes, bebes, compras livros e vais ao teatro, pensas, amas, teorizas, cantas, sofres, praticas esporte, etc., mais economizas e mais cresce o teu capital. És menos, mas tens mais. Assim todas as paixões e actividades são tragadas pela cobiça.

Karl Marx
1.3 mil compartilhamentos

A árvore não prova a doçura dos próprios frutos; o rio não bebe suas próprias ondas; as nuvens não despejam água sobre si mesmas. A força dos bons deve ser usada para benefício de todos.

Provérbio hindu
619 compartilhamentos

Os desejos humanos são infindáveis. São como a sede de um homem que bebe água salgada, não se satisfaz e a sua sede apenas aumenta.

Textos Budistas
80 compartilhamentos

O governo é como um bebê: um canal alimentar com um enorme apetite numa ponta e nenhum senso de responsabilidade na outra.

Ronald Reagan
72 compartilhamentos

Uma chuva forte irá cair

Eu vi um recém-nascido rodeado por lobos
Eu vi uma estrada de diamantes com ninguém nela
Eu vi um galho negro que pingava sangue
Eu vi uma sala cheia de homens com seus martelos sangrando
Eu vi uma escada branca toda coberta por água
Eu vi dez mil oradores cujas línguas estavam todas quebradas
Eu vi armas e espadas afiadas nas mãos de crianças
E é forte, é forte, é forte e é forte
É forte a chuva que irá cair

Bob Dylan

Da criança de cinco anos até mim, é apenas um passo. Mas do bebê recém-nascido até a criança de cinco anos, a distância é espantosa.

Leon Tolstói

Círculo vicioso

Um dia, milhões de bebês choraram na liberdade uterina do milagre da vida: nasceram. Não vestiram seus corpos, não lhes calçaram sapatos nem lhes deram o conforto do seio materno, antes da posse do sonho infantil, foram rejeitados, ao rigor do abandono.

Um dia, mãozinhas trêmulas, inseguras, sem afeto, bateram na porta do vizinho, procurando abrigo. Não havia ninguém ali para oferecer afeto nem portas havia na pobreza do lado. O menino escorregou na direção da rua.
Um dia, a criança anêmica foi eleita à marginalidade da escura noite e disputava papelões e pães no lixo do depósito público. Aos tapas, cresceu como grão perdido no vão das pedras, sem a mínima possibilidade de sobreviver: sem teto, sem luz, sem chão.

Um dia, o adolescente esperto teve alucinações de vida e o desejo de conferir a sociedade: candidatou-se à luta amarga do subemprego. Alvejado pela falta de habilitação, foi condenado como vagabundo, recebendo etiqueta oficial de mendigo.

Um dia, o adulto desiludido, amargurado, sem emprego, sem referencial, saiu à procura do amor. No escuro, mas cheio de esperanças, foi colecionando portas fechadas pelo caminho. Sem Deus, sem nome, sem avalista, sem discurso, acreditou no “slogan” das campanhas sociais.

Um dia, o menino mal nascido, mal amado, mal educado, não soube cuidar do filho que nem chegou a ver. Não ouviu seu choro. Imaginou apenas que, após nove meses de duríssima gestação, alguém brotara de um rápido encontro, irresponsável, assustado e vazio que sempre ouviu dizer que se chamava amor.

Ivone Boechat
1 compartilhamento

Ser Mãe

Deixei a natureza transformar-me
Com todas suas leis
Tive o prazer de sentir um bebê no meu ventre
Chorei na maternidade,
Troquei fralda,
Passei noites acordada,
Desfrutei a sensação de amamentar,
Ensinei a comer,
Ensinei a andar,
Chorei no primeiro dia de escolinha
Talvez tenha deixado algumas pessoas de lado,
Talvez não tivesse tempo para dar atenção para as amigas
Pode ser que me relaxei um pouco com minha aparência
Ou quem sabe não tive nem tempo para pensar nisso
Pode ser que deixei alguns projetos pela metade
Ou talvez porque não conciliava com meu horário familiar
Momento algum joguei nada para o alto
Na verdade segurei com as duas mãos
Tudo o que vi cair do céu
Porém permiti
A mão de Deus me tocar
Para ser uma verdadeira mãe

Mara Chan.
2.6 mil compartilhamentos

Provo teu gosto em silêncio
Como quem bebe o luar
No proibido da noite
Não tive medo de amar

Provo teu corpo num sonho
Deste que ardem por dentro
Guardo comigo, em silêncio
O próprio gosto do vento...

lisandro amaral
151 compartilhamentos

O medo ameaça.
Se você ama, terá Aids
Se fuma, terá câncer
Se respira, terá contaminação
Se bebe, terá acidentes
Se come, terá colesterol
Se fala, terá desemprego
Se caminha, terá violência
Se pensa, terá angústia
Se duvida, terá loucura
Se sente, terá solidão.

Eduardo Galeano
753 compartilhamentos

Bom dia, neném!
Bom dia, meu bebê!
Bom dia, minha princesa!
Bom dia, minha deusa!
Bom dia, minha dama!
Bom dia, minha kundaline!
Bom dia, bom dia, bom dia!
Meu amor, que seu dia seja claro, limpo, puro, saudável, incrível, alegre!
Que seja marcado, para que possa ser relembrado, com momentos tranquilos e de muitos sorrisos, alegres, alegres, que haja paz, que haja carinho, que haja respeito, que haja saúde, que haja sinceridade, que haja gratidão, que haja amor, que haja amor, que haja amor, amor, amor, amor, amor, 70 x 7000!
Bom dia, te amo!

HENRIQUE FURTADO
16 compartilhamentos

O homem sábio sempre aprende com o passado que teve
Aquele que produz veneno fatalmente bebe um pouco dele.

Filipe Ret
100 compartilhamentos

Não, ela não era tola. Mas como quem não desiste de anjos, fadas, cegonhas com bebês, ilhas gregas e happy ends cinderelescos, ela queria acreditar. Nunca, jamais diga o que sente. Por mais que doa, por mais que te faça feliz. Quando sentir algo muito forte, peça um drink.

Caio Fernando Abreu
730 compartilhamentos

Quando nascemos de novo, somos todos bebês, e não crentes maduros; e os bebês precisam de muito amor e paciência.

Billy Graham
26 compartilhamentos

Faz um mês que sinto teu cheiro
Te trago em meus braços
E te alimento em meu seio
Faz um mês que o sono não tem monotonia
Ha algo novo todo dia
E a casa nunca está vazia
Faz um mês que a ansiedade terminou
Que enfim você chegou
E fez maior minha alegria
Faz um mês
Toda espera valeu a pena
Numa tarde tão serena...
Já faz um mês,
nasceu a minha Elena.

Sofia Goulart

Neste brando inverno
Nosso amor floresceu eterno
Em descendência e vida
Nos regalou essa flor querida
De alma tão serena
A nossa doce Elena.

Sofia Goulart
Inserida por sofiagoulart

O tempo expõe, talvez, a maior fraqueza do ser humano,
É impossível controlá-lo, segurá-lo ou impedi-lo de avançar.
Ele consome a força, a vitalidade e a energia,
Torna velho o que já foi novo, faz crescer o recém-nascido,
Faz surgir frutos onde só havia sementes.
O tempo não pode ser visto, apesar de medido,
Não pode ser tocado, apesar de existir,
Tempo, definitivamente, é melhor tê-lo como amigo,
Se é que isso seja possível.

Mauricio Souza Rosa
Inserida por mauricio_souza_rosa

São tantos planos, e de repente eles nascem, nos tomam por completo, nosso tempo, nossa vida, nossa alma. É um medo e um amor sem fim. E o tempo passa, e passa depressa...
Um dia, um mês... um ano. E o que vai ficando são as lembranças de tudo aquilo que, embora muitas vezes seja dor, só chamamos de AMOR.

Nátaly Seckler
Inserida por NateSeckler