Mensagens Póstumas para Homem

Cerca de 83 mensagens Póstumas para Homem

pêsames vulgar


Nós não demonstra sentimentos
Muito menos a fraqueza
Honestidade é vosso espírito
E a fé vossa riqueza

Meus pêsames me deu fraquezas
Quedarse em minh'alma
Para de ti tornarme mais forte
Ter maestria na destreza

Nem toda escuridão é clara
E nem sempre nos ajuda
E faz nós questionarmos
O que realmente é a conduta ?

Não que sejamos sarcásticos
No contrario,cismadores
E essa é a realidade
Perante a todo quimeradores

Maroto Leonardo
Inserida por MarotoLeonardo

QUANDO EU MORRER...

Você pode até chorar, mas não vá se lamentar, não vá agir como se a vida também tivesse acabado para você. Na verdade, você é a minha continuação, desde que sejam mantidos acesos os meus ideais, desde que mantenham-se vivos os meus bons costumes, os meus bons exemplos...

Conte histórias sobre mim e de como eu queria mudar o mundo, mas seja também o protagonista da sua própria história, piloto da sua própria moto sobre a belíssima estrada da vida e de vez em quando lembre-se de olhar pelo retrovisor, para ver o quanto tem avançado, mas lembre-se de seguir em frente, pois você ainda pode ir mais longe.

Fernando Angelo

Memórias Póstumas de Marcel Cheiroso

Melhor escapar vivo do que morrer cheiroso...
Com essa frase singela Marcel Cheiroso despediu-se da vida dos machões e entrou para o time dos enrustidos.
Na véspera, havia comprado um guarda-roupas novo nas Casas Bahia e tomou os últimos goles no Vai Ladrão.
Era o fim de uma era de culpas e desculpas às quais o malandro finalmente resolveu renunciar...

Marinho Guzman

Soneto de autopostumação

Sensações póstumas devem ser reconfortantes,
pelo alívio do sofrimento de uma vida inteira,
tornando todo o peso do dia a dia uma besteira,
uma vez do outro lado nada mais será como antes...

Preocupações de outrora em vida serão irrelevantes,
parte de uma extinta realidade passageira,
meu espírito, móvel velho em que se tirou poeira;
renovado, fará de angústias e mágoas coisas distantes...

Não há medo, confio no que mereço, por tudo que fiz;
a morte é um processo natural, calmo e bem-vindo,
finalmente terei a chance de ser bem mais feliz...

Ao partir sei que a caminho do maior estarei indo,
será bom, jamais vi uma caveira com semblante infeliz,
todas espontaneamente estão sempre sorrindo.

Clay Werley

Rituais e homenagens póstumas não apagam traições. Estátuas não compensam torturas. Letreiros luminosos em prédios edificados com grana pública não ofuscam isolamentos cruéis. Jardins no centro não limpam cusparadas. Isso não basta.

Fábio Sexugi
Inserida por peabiruta

Mande-me flores enquanto estou vivo. Homenagens póstumas não me interessam, pois não as assistirei. Flores sobre meu cadáver para que, se, em vida, me atirou pedras, apenas!? De nada adianta chorar sobre o leite derramado, ele não matará a fome. Nem sobre o fogo apagado, afinal, ele não assará mais a carne. Enfim, valorize enquanto tem. Não sapateie, não pise, não sambe em cima de quem quer apenas o seu bem. O cansaço, aahhh, o cansaço, esse sim, é a pior colheita para quem planta mau agradecimento. E o desprezo?! Não. Ele é apenas consequência do mal feito.

Jesimiel Amaral
Inserida por MielAmaral

MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE UM AMOR SEM LÓGICA

E assim sucessivamente em uma mente sucessiva, sem hora pra chegar ou pensar em coisas boas, tudo pode ser substituído, vou me despedindo, me despindo, me desfazendo daquela vida de engano sem motivo ou razão, vou acontecendo, descendo e chegando aos poucos, por completo já estou aqui, pronto pra te seduzir, pronto pra um novo amor esperando uma velha decepção, sonho passageiro de uma estrada de ilusão, estou cego, sem juízo, sem novidades pra contar, sei que sou meu próprio caminho, não preciso de regras, suas leis não me bastam, nada me satisfaz, continuo refém de meus medos e o passado sempre a me atormentar, cada escolha tem sua consequência, boa ou ruim, não venha me culpar pelo monstro que você se tornou, já nem me recordo a última vez que dei um bom sorriso, aquele amor foi entre todos o pior e mais agonizante veneno que já provei.

Smith Paz
Inserida por Htims

Pensamentos...
memórias póstumas de momentos
que a saudade não trará mais.

Percorro meus delírios,
afinal, o que houve?
Não sei se tudo foi
só um sonho ruim,
ou se a simples necessidade
de ter você aqui
nos distanciou ainda mais.

Amar sem medida
é a desgraça dos enamorados.
Embriagam-se com um amor,
tão incontrolável,
que é fácil dizer que estão
apaixonados.

Escravizam-se por migalhas,
resquício de um sentimento
tão profano
que dizer que é amor
é o mesmo que dizer
que foi engano.

Pois, dizer que tudo foi paixão,
já que de algo tão repentino
percebemos nossa pequenez,
o quanto somos somente
seres humanos...

Douglas Rodrigues da Silva
Inserida por dohrds

As obras de arte póstumas, sem permissões e sem interferência autorais verdadeiras no mercado de arte no Brasil Cultural de hoje são crescente. Mau comparando seria como se tivéssemos indiscriminadamente a farta e irresponsável emissão de uma avalanche de moedas monetárias não pelo estado de direito sem o uso do papel moeda adequado e sem o lastro necessário das garantias dos valores. Logo antes de adquirir uma obra de arte no Brasil, consulte um renomado especialista.

Ricardo V. Barradas
Inserida por ricardovbarradas

Literatura não póstumas de Samuel Augusto
Nem JOÃO GUIMARÃES, ou CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE,
Nem CECÍLIA MEIRELES, ou MARIO DE ANDRADE,
Nem JORGE AMADO, ou LIMA BARRETO,
ou EUCLIDES DA CUNHA, ou MONTEIRO LOBATO,
Nem sequer AUGUSTO DOS ANJOS, nem ÉRICO VERÍSSIMO,
Nem MANUEL BANDEIRA, ou GRACILIANO RAMOS,
Está homenagem que fez fui Eu,
Samuel Augusto, à Literatura que ainda não Morreu.

Samuel Augusto
Inserida por sasgag

Obras póstumas de alguém que está vivo, ao menos fisiologicamente:

Ao meu filho
É possível transformar qualquer coisa que vc ame muito fazer em uma fonte rentável. Essa e a única forma saudável de se obter um bom emprego. E é também a forma mais simples de ser bem sucedido nele.

Ao meu grande amor
Vamos combinar faltar a um compromisso acontece, mas faltar a uma existência? Francamente.

A mim mesmo
Você tem noção do quanto é inútil escrever um recado para você mesmo? PS. Vá trabalhar...

Ao mundo
A genialidade está escondida no cotidiano, recondicionar a sua forma de ver as coisas é o principal elemento para dar publicidade generalizada a este fenômeno.

J. Henrique Leite
Inserida por jhenrique0

Enigma


Em vestes póstumas, se foi a razão;
Levou o espelho, deixando o reflexo;
Da imagem nociva, um ponto convexo;
De curvas varridas, transcritas a mão.

Em marcas de ferro, a fogo na folha;
Na tábula rasa, o contraste, a escolha;
De dias nascidos, ao perdido momento;
E noites passadas, sob o sofrimento.

Agora na falta, o caminho é distante;
Paralelo a maldade a inata verdade;
Escondida nas sombras de um meliante.

Se faz insolúvel, a passos de vaidade;
O tal enigma, em mudança constante;
A espera da luz, no reflexo da lealdade.

Álvaro de Azevedo
Inserida por AlvaroAzevedo

Considerações póstumas a uma paixão

Quando eu romper o fio que me prende a terena existência,
e minha alma liberta naturalmente encontrar seu caminho,
não quero que lágrimas demonstrem que me tens carinho,
não me honras o troféu de sua tristeza em minha reverência...

E quando a lousa fria vier a refletir a prateada reluzência,
não percas seu sono, ainda conservo por ti o mesmo aninho,
não me agraria teu sofrer, nem me orgulharia o teu definho,
se dedique-lhe amor não foi pra que fizeste dele penitência...

Se o destino ingrato não nos deu sequer direito a despedida,
ao menos sei que terás boas lembranças de nossa trajetória;
sei também que sentirás pelo que não fez por mim em vida...

Mas aos poucos merecidamente, seguirás com tua história;
e minha ausência sem que percebas não mais será sentida...
Pois o tempo... É o funeral para sempre da memória.

Clay Werley
Inserida por ClayWerley

Não quero homenagens póstumas.
Pensar em mim e querer chamar fanfarras, fechar a avenida, colocar meu nome em placa de rua, quando eu me for. quando eu morrer...
Não aceito! Quero, sim,
peço, rogo a você que me ajude a carregar meu fardo.
Só uma coisa.
Reconheça-se em mim no dia a dia.
Grato, muito obrigado!

Nilton Mendonça
Inserida por dalainilton

do sertão pro caos me desloco,
me deslouco.
faço de mim,
memórias póstumas
de um poeta que vive.

carsan
Inserida por mtcarsan

⁠Memórias Póstumas de um Lindo Coração Humano

Quando eu morrer, se eu não doar o meu lindo coração, gostaria que o meu coração fosse enterrado no fundo do mar.

Cleisson Vieira
Inserida por cleissonopensador

Os meus mais sinceros pêsames pela irreparável perda do seu ente tão querido. Infelizmente, nem tudo está em nossas mãos. Um momento como este traz muito sofrimento, mas precisamos nos lembrar que não podemos controlar tudo na vida, há coisas que estão muito acima de nós, e só nos cabe nos resignar e encontrar algum conforto naquilo que não podemos mudar.

Silenciem as vozes e escutem apenas o vosso coração. Vivam o luto, mas busquem paz, busquem amor, busquem luz e consolo. Não se entreguem ao sofrimento. Tenham fé que esta dor um dia vai diminuir, que este sofrimento agudo vai ser amenizado. Lembrem-se dos bons momentos, dos dias felizes, mantenham o coração aquecido. Logo, a saudade será menos sofrida e mais serena. Confiem em Deus.

Desconhecido

Neste momento de profunda dor e consternação, quero expressar meus pêsames e lamentar a perda que você e sua família estão enfrentando. É uma grande tristeza perceber que as melhores pessoas partem quando menos esperamos.

Tenha muita força para superar as dificuldades que um acontecimento assim causa em nosso coração. Pode contar com a minha disponibilidade para dar apoio em tudo que precisar.

Desconhecido

Você é autossuficiente? Se tu o és meus pêsames, mas se pensa em ser bom em vez de perfeito, você está no caminho certo. Meus parabéns. Ensine o apropriado, não o certinho demais. Isso vicia e leva à bancarrota.

Anderson Carmona Domingues de Oliveira

Meus pêsames às pessoas que trapaceiam seus semelhantes imaginando que estão tirando vantagens. Sinto muito lhes informar, mas as Leis do Universo são implacáveis e não há perdão para os trapaceiros. Não espere que semeando ervas daninhas irás colher trigo. Todos nós recebemos diariamente as recompensas pelos nossos atos.

Scheila F. Scisloski