Intensidade do Amor

Cerca de 795 frases e pensamentos: Intensidade do Amor

O amor não conhece sua própria intensidade até a hora da separação.

Eterno é tudo aquilo que vive uma fração de segundo mas com tamanha intensidade que se petrifica e nenhuma força o resgata.

Carlos Drummond de Andrade
"Fazendeiro do Ar". 1.ª ed. São Paulo: Companhia das Letras. 2012

Dez vezes maior que a intensidade de uma paixão obsessiva é a indiferente frieza que pouco tempo depois lhe sucede!

AMOR QUE NÃO COBRA

O amor maduro não é menor em intensidade.
Ele é apenas quase silencioso. Não é menor em extensão.
É mais definido, colorido e poetizado.
Não carece de demonstrações: presenteia com a verdade do sentimento.
Não precisa de presenças exigidas: amplia-se com as ausências significantes.

O amor maduro somente aceita viver os problemas da felicidade.
Problemas da felicidade são formas trabalhosas de construir o bem e o prazer.
Problemas da infelicidade não interessam ao amor maduro.

O amor maduro cresce na verdade e se esconde a cada auto-ilusão.
Basta-se com o todo do pouco.
Não precisa nem quer nada do muito.
Está relacionado com a vida e a sua incompletude, por isso é pleno em cada ninharia por ele transformada em paraíso.
É feito de compreensão, música e mistério.
É a forma sublime de ser adulto e a forma adulta de ser sublime e criança.
O amor maduro não disputa, não cobra, pouco pergunta, menos quer saber. Teme, sim. Porém, não faz do temor, argumento.
Basta-se com a própria existência.
Alimenta-se do instante presente valorizado e importante porque redentor de todos os equívocos do passado.
O amor maduro é a regeneração de cada erro.
Ele é filho da capacidade de crer e continuar, é o sentimento que se manteve mais forte depois de todas as ameaças, guerras ou inundações existenciais com epidemias de ciúme.

O amor maduro é a valorização do melhor do outro e a relação com a parte salva de cada pessoa.
Ele vive do que não morreu mesmo tendo ficado para depois.
Vive do que fermentou criando dimensões novas para sentimentos antigos, jardins abandonados cheios de sementes.
Ele não pede, tem.
Não reivindica, consegue.
Não persegue, recebe.
Não exige, dá. Não pergunta, adivinha.
Existe, para fazer feliz.
Só teme o que cansa, machuca ou desgasta.

A intensidade da decepção é proporcional a amizade, ao afeto, ao amor e ao carinho que você tem por quem lhe proporcionou tal dor.

Quero fraternidade e amor de verdade não importando a intensidade, respeito e companheirismo, doçura, quero ser valorizado pelo que sou e não pelo que tenho, quero alguém que procura me entender, que sonhe junto comigo, que seja minha amiga pra todas as horas, que me ouça, que me ajude nas horas difíceis, uma pessoa que queira compartilhar momentos e memórias, que queira construir comigo uma história de felicidade, uma mulher que saiba valorizar meus sentimentos, que saiba valorizar cada segundo, quero paz e saúde, quero que me ajude com soluções, que goste de estudar e que deixe a ignorância de lado, que avalie e pense nas palavras que diz, que evita tomar decisões no calor das emoções, que seja consciente do que faz, uma pessoa eminente à mim, quero uma arquiteta para planejar o futuro comigo, que valorize o tempo, que valorize Deus, não importa a forma como o vê,que tenha fé em si própria, que saiba plantar e colher sentimentos,que durma abraçada e aconchegada comigo e que logo pela manhã conte seus sonhos...

'Sou fogo, terra, água e ar... Na intensidade dos sentidos, sou o Amor... Apenas me ame, e deixa eu te amar"!

AMOR MADURO

O amor maduro não é menor em intensidade. Ele é apenas silencioso. Não é menor em extensão. É mais definido colorido e poetizado. Não carece de demonstrações: Presenteia com a verdade do sentimento.

Não precisa de presenças exigidas: amplia-se com as ausências significantes.
O amor maduro tem e quer problemas, sim, como tudo. Mas vive dos problemas da felicidade. Problemas da felicidade são formas trabalhosas de construir o bem, o prazer. Problemas da infelicidade não interessam ao amor maduro. Na felicidade está o encontro de peles, o ficar com o gosto da boca e do cheiro do outro - está a compreensão antecipada, a adivinhação, o presente de valor interior, a emoção vivida em conjunto, os discursos silenciosos da percepção, o prazer de conviver, o equilíbrio de carne e de espírito.

O amor maduro é a valorização do melhor do outro e a relação com a parte salva de cada pessoa. Ele vive do que não morreu, mesmo tendo ficado para depois, vive do que fermentou criando dimensões novas para sentimentos
antigos, jardins abandonados, cheios de sementes.

Ele não pede, tem.
Não reivindica, consegue.
Não percebe, recebe.
Não exige, oferece.
Não pergunta, adivinha.
Existe, para fazer feliz.

O amor maduro cresce na verdade e se esconde a cada auto-ilusão, basta-se com o todo do pouco. Não precisa e nem quer nada do muito. Está relacionado com a vida e por isso mesmo é incompleto, por isso é pleno em cada ninharia por ele transformada em paraíso. É feito de compreensão, música e mistério.

É a forma sublime de ser adulto e a forma adulta de ser sublime e criança. É o sol de outono: nítido, mas doce.

Luminoso, sem ofuscar.
Suave, mas definido.
Discreto, mas certo.

Artur da Távola

Nota: Trecho adaptado de um texto do autor.

Como resolver uma divisao em nosso coração dois amores de intensidade igual mas em formas diferentes?

ir ao desepero por amor é uma fraqueza?

Inserida por doisamores

Eu sei...

As vezes eu preciso pisar no freio.
Controlar minha intensidade.
Reconhecer meus limites.

Eu sei...

As vezes eu preciso dar um pouco de razão pra toda essa emoção.
Mas...
As vezes...
Eu só quero abrir meu coração.

Inserida por Amordealma

"Se você não sabe o que é intensidade,
não brinque comigo.
Eu não sei brincar."

Só é possível mensurar a intensidade de um amor quando este encontra-se ameaçado!

Inserida por pastoreinaldoribeiro

Não importa a intensidade da noite. Ela jamais será capaz de deter o sol!

Inserida por pastoreinaldoribeiro

o que esperamos de um amigo é que sinta nossa dor com a mesma intensidade que nós a sentimos. Às vezes, é preciso que um amigo sinta a nossa dor, antes e mais do que nós.

Inserida por LeitorDivulgador

⁠Faça do tempo saudade!
Da saudade lembrança!
Viva com intensidade!
Vibre como uma criança!

Inserida por O.DEUS.DO..AMOR

❝ ... A intensidade da luz que você emana é proporcional ao amor que você doa com humildade e sensibilidade ... irradiar o bem somente lhe fará se sentir bem consigo mesmo , receber a paz e a luz de quem divide seus dias com você é uma benção linda ... porém poucos são aqueles que se permitem sentir sem ter em si a soberba de querer ser mais e ou melhor ... esquecendo assim que uma luz compartilhada nunca é diminuída e sim intensificada ... ❞

APENAS AMOR

Ninguém mais compreende a intensidade da vida. Falta amor, carinho, compreensão. Faltam os valores que se perderam com o tempo e ninguém consegue achar. Deve ter ficado em algum lugar esquecido, esperando ser resgatado.

Às vezes sinto uma sensação de vazio. Noutras esta sensação vai embora, ficando apenas o momento e o que restou dele. Muitas vezes este momento se torna inesquecível, apesar de nada ter acontecido.

Falta vida. Vida com cores fortes e vibrantes. Faltam pincéis. Faltam as próprias tintas que deveriam estar escorrendo entre as veias e vertendo pelos poros. Faltam no mercado as telas. Faltam atributos que coloririam a vida com tamanha intensidade.

Falta sensibilidade para entender que as cores da vida estão relacionadas ao amor. Amor de várias formas e ângulos. Amor sem limites. Amor de todas as cores. Amor sem uma relação certa. Apenas amor.

Eu aprendi...
Eu aprendi a amar mais antes precisei com a mesma intensidade do amor aprender a perdoar
Eu aprendi que crescer não foi conseqüência da idade, mais foi a minha capacidade de tornar possível o que antes eu não era capaz.
Eu aprendi a acreditar, pois se Deus ainda acredita na minha capacidade de vencer, quem sou eu para não confiar.
Eu aprendi que a pressa nos diz que o tempo é pouco, mais não percebemos que poderá ser a ultima hora de falar com quem amamos.
Eu aprendi que ser livre não é fazer tudo que queremos, mais é ser obediente diante dos que o único interesse é nos ver feliz.
Eu aprendi que a maior virtude do homem é fazer o bem, pois o mal é conseqüência da perversidade dos seres humanos que ao invés de amor disseminam o ódio.
Eu aprendi que não posso mudar o mundo mais posso mudar a minha parcela, eu sou o autor da minha própria história.
Eu aprendi que nossos pais são professores e que na escola da vida eles ensinam à matéria principal
Eu aprendi que a amizade não se prova pelo o tempo que ela dura, mais sim pelas vezes que precisamos de um ombro pra chorar.
Eu aprendi que amor é eterno e incomparável a uma paixão passageira que somente nos faz sofrer
Por fim aprendi que nada sou sem Deus, e que até aqui ele me ensinou, cabe a mim dentre outras lições o desejo de aprender.

Talvez, o problema não seja a intensidade do seu amor mas a qualidade das pessoas que você está amando.

Intensidade assusta né? Pois é. Por isso muita gente prefere não se casar com o grande amor. Porque o grande amor faz isso, ele te revela, te desnuda, te tira da zona de conforto. E por isso, tem muita gente que prefere não ter que ver ou viver com isso. Prefere viver com menos.