Ilusões

Cerca de 1888 frases e pensamentos: Ilusões

"A maca de sua ignorância é a profundidade da sua crença na injustiça e na tragédia. O que a lagarta chama de fim do mundo, o mestra chama de borboleta"
"Eis aqui um teste para verificar se sua missão na Terra está cumprida : Se você está vivo, não está."

- Meu filho! Quando um escritor cria um romance sobre um drama qualquer, mesmo uma obra de ficção, por exemplo, tratando de personagens irreais ele precisa mostrá-los com respeito e caridade. O vilão, não deve ser caracterizado apenas como um mau espírito, pois, geralmente, nos mais severos obsessores identificamos a ignorância como gênese dos seus equívocos. Não é costume dos bons escritores dar ênfase ao mal para agradar leitores ou deixar claro que o mal existe e faz vítimas.
" Observamos o grau de responsabilidade de um escritor. A repercussão que um livro tem é muito grande. A depender do seu conteúdo podemos interpretá-lo como um amigo ou um inimigo que adentra o lar, pois em uns provoca mudanças, enche de alegria e a outros causa tristeza, remorso, arrependimento. Como os personagens dos romances espíritas geralmente são reais, as cenas descritas e os atos praticados por ele, lidos repetidamente por milhares de pessoas, poderão, em alguns casos, dificultar a recuperação dos envolvidos, encarnados ou desencarnados, caso venha a se estabelecer uma sintonia com alguém que tenha vivido aqueles episódios ou outros semelhantes. Essa sintonia pode ser motivada pelo medo, ódio, identificação com os fatos narrados ou com as personalidades que os geraram, formando um vínculo, provocando reminiscências passadas. O pensamento, uma vez lançado, é difícil de deter. Existem entre os leitores, pessoas que viveram dramas severos que podem ser liberados do porão que os retêm mediante uma leitura; outros cultivam desejos descontrolados a espera de estímulos que funcionem como gatilhos; terceiros criam fantasias que não devem ser alimentadas. Lembre-se de que nascemos com tendências ainda não sublimadas e de que um livro mal escrito pode aguçá-las, prestando um desserviço à evolução de muitos. Um bom livro é um bom amigo; um mau livro é um péssimo professor. Enquanto um bom livro clarifica o mundo e eterniza seu autor, qual sucedeu a Kardec, outros são pesados lastros a chumbar as pernas de viajantes descuidados. O bom escritor sabe selecionar e dosar dores e alegrias. Qual bom confeiteiro, adiciona à ideia central uma pitada de de poesia, outra de otimismo, mais uma parte de esperança, para então dizer que a dor é real, dói, mas é tragável e tem sua utilidade. Se uma obra não contribui para melhorar o mundo, antes dissemina o pessimismo e o desamor, melhor será deixá-la aos cuidados do pó, nas prateleiras, onde somente as traças a visitem. Um velho adágio popular diz que para iniciar uma revolução, a pena é mais valiosa do que a espada. A revolução que o Espiritismo propaga é aquela que o indivíduo começa em si mesmo a luta contra suas imperfeições morais, ou seja, a transformação que resulta em reformas cada vez mais abrangentes até atingir o estado de felicidade completa. Com sua obras fortaleça a revolução espírita".

Pior do que uma mentira, é a dor das ilusões que ela nos causam e tudo que ela nos faz perder por dize-las!

Se quisermos, vivemos num mundo de ilusões confortantes. Podemos nos permitir que sejamos enganados por falsas realidades ou podemos usá-las para esconder nossas reais intenções.

(Emily Thorne)

Ou você acaba com as ilusões ou elas acabam com você.

Em nossas ilusões, renunciamos ao que possuímos pelo que esperamos possuir.

‎[...]A gente se cansa. De algumas coisas. De um monte delas. Das ilusões. De se apertar pra caber em autoimagens que, na maioria das vezes, não têm nada a ver com a gente. Cansa de ficar à mercê da felicidade que parece acontecer só de fora pra dentro.

(Sem amor)

Ilusões durante a manhã

Choros e decepção à noite

Pensamentos que me arranham

Entrando dentro da noite

Pra isso nenhuma explicação

Muita pergunta sem resposta

Que maluca paixão.

Que contraposta

Queria não ter te conhecido

Pois iria me poupar dessa dor

Essa dor que me deixa tão enfraquecido

E esse amor que parece ser tão amador

E a solidão vai me consumindo

Enquanto o tempo passa

E eu vou andando,

Nessa trilha que nunca acaba.

Valeu a pena ser pescador de ilusões.

Primavera

Primavera gentil dos meus amores,
- Arca cerúlea de ilusões etéreas,
Chova-te o Céu cintilações sidéreas
E a terra chova no teu seio flores!

Esplende, Primavera, os teus fulgores,
Na auréola azul, dos dias teus risonhos,
Tu que sorveste o fel das minhas dores
E me trouxeste o néctar dos teus sonhos!

Cedo virá, porém, o triste outono,
Os dias voltarão a ser tristonhos
E tu hás de dormir o eterno sono,

Num sepulcro de rosas e de flores,
Arca sagrada de cerúleos sonhos,
Primavera gentil dos meus amores!

Percebi que o passado e o futuro são ilusões reais, que existem no presente, e o presente é o que existe e absolutamente tudo o que existe.

Homens tem duas ilusões na vida: pensam que vão comer todas as mulheres do mundo; enquanto a dele não vai dar pra ninguém.

Viver não é uma viagem de férias numa praia de ilusões como você imaginou quando era criança.

Não quero criar expectativas quanto ao que me espera, cansei de ilusões. Quero a plenitude daquilo que ainda não sei. Quero o inesperado batendo à minha porta. Algo bom, na fé! Não importa o que, só que seja bom.

Sinto saudade da época que não sabia o que era sofrer de amor, do tempo que não existia ilusões amorosas, de quando não tinha que sorrir pra esconder uma lágrima. Saudade daquele tempo que a única preocupação era decidir qual desenho ia assistir ou qual brincadeira ia alegrar meu dia. E principalmente sinto saudade de ser feliz sem me preocupar com absolutamente NADA.

Nós somos todos loucos, toda esta raça maldita. Estamos envolvidos em ilusões, delírios, confusões, estamos todos loucos e em confinamento solitário.

Filtre suas emoções, jogue fora velhos pensamentos, ilusões e se deixe abraçar, levar por novas sensações.

A fé faz um homem se prender a ilusões,o a Ateísmo o liberta para a raciocinalidade.

'' Tenho pena do teu preconceito à meu ateísmo, porém tu não és melhor que eu por crê em ilusões , & não sou melhor que tu por viver de fatos .

Liberdade, verdade, paz ou talvez amor? São ilusões, fantasias da percepção, sínteses temporárias de um débil intelecto humano tentando desesperadamente explicar uma existência sem significado ou propósito".

(do filme Matrix)