Frases de Luís de Camões

Cerca de 60 frases de Luís de Camões

Nos perigos grandes, o temor
É maior muitas vezes que o perigo.

Luís de Camões

Basta um frade ruim para dar que falar a um convento.

Luís de Camões

Estando em terra, chego ao Céu voando;
Numa hora acho mil anos, e é de jeito
que em mil anos não posso achar um'hora.

Luís de Camões

Ó glória de mandar! Ó vã cobiça
Desta vaidade a que chamamos fama!

Luís de Camões

Amar e saber amar... amar com o coração e não com a cabeça.

Luís de Camões
214 compartilhamentos

E sou já do que fui tão diferente
Que, quando por meu nome alguém me chama,
Pasmo, quando conheço
Que ainda comigo mesmo me pareço.

Luís de Camões
38 compartilhamentos

Aqui é onde acaba a terra e começa o mar.

Luís de Camões

Inimiga não há, tão dura e fera,
como a virtude falsa da sincera.

Luís de Camões
10 compartilhamentos

Eu ainda acredito em Luís de Camões, Álvares de Azevedo/SP – (Poeta por excelência), William Shakespeare e em mim é claro, que também sou poeta e ainda acredito no AMOR.

Antonio sabino

Transforma-se o amador na cousa amada,
por virtude do muito imaginar;

Luís de Camões

Que um fraco Rei faz fraca a forte gente.

Luís de Camões

... Mas o que é Deus, ninguém o entende, que a tanto o engenho humano não se estende”.

Luís de Camões

E aqueles que por obras valerosas
Se vão da lei da morte libertando:
Cantando espalharei por toda a parte,
Se a tanto me ajudar o engenho e arte.

Luís de Camões

Da tensão danada nasce o medo.

Luís de Camões

Mas todas suas iras são de amor;
todos estes seus males são um bem,
que eu por todo outro bem não trocaria.

Luís de Camões
Inserida por luanamabs

"Da tensão danada nasce o medo."

Luís de Camões

Quão mal está no caso quem cuida que a mudança de lugar muda a dor do sentimento!

Luís de Camões

O amor é uma ferida que dói, e não se sente;

Luís de Camões
Inserida por barulho

Se noutro corpo uma alma se traspassa,
Não como quis Pitágoras, na morte,
Mas como quer Amor, na vida escassa...

Luís de Camões
Inserida por katiasoraes

154 Mas eu que falo, humilde, baixo e rudo,
De vós não conhecido nem sonhado?
Da boca dos pequenos sei, contudo,
Que o louvor sai às vezes acabado.
Nem me falta na vida honesto estudo,
Com longa experiência misturado,
Nem engenho, que aqui vereis presente,
Cousas que juntas se acham raramente.

(Os Lusíadas)

Luís de Camões
Inserida por Lenisil