Alexandre Morais: Carrego as minhas companheiras que ao...

Carrego as minhas companheiras que ao fim do dia, com a chuva de verão, lutam contra os pensamentos atormentados. Com os olhos opacos e sem esperança, sento no ... Frase de Alexandre Morais.

Carrego as minhas companheiras que ao fim do dia, com a chuva de verão, lutam contra os pensamentos atormentados. Com os olhos opacos e sem esperança, sento no canto esquecido do quarto mofado e coloco-as na cabeça. Tentam rasgar o sentimento que está dentro do eco da toca, a saudade, que fura o coração e congela as veias. A falta de calor direciona para o inevitável, a solidão.

1 compartilhamento
Inserida por LexMor