Willian S. Corrêa: ‘Não amar’ é inevitável; Uma vez...

‘Não amar’ é inevitável ;

Uma vez um amigo me disse 'Sofrer é inevitável', desde então eu vivo pensando sobre o assunto. Será que viemos ao mundo para sofrermos ou para sermos felizes? Dizem que quem não sofre não da valor, que é só sofrendo que se aprende. Também não querer sofrer é um tanto quanto egoísta, pois, se até Jesus sofreu, porque eu, mero pecador não iria sofrer um pouco também?

Na realidade você pode até evitar sofrimentos, mas não por muito tempo. Você evita de sofrer quando não tenta, mas como não tentar se a conseqüência de ‘conseguir’ é tentar? Neste caso, sofrer seria perder e a chamada felicidade seria o ganho. Ah claro, a felicidade… leve o tempo que levar eu sei que encontrarei você.

Talvez ao invés de evitar sofrer, o que é inevitável, você pode mesmo é deixar de fazer os outros sofrerem. Isso se chama “Compaixão”. A prática da compaixão é imposta desde sempre e desde sempre as pessoas fazem descaso dela. Talvez seja por isso que o mundo é sofrimento. O problema é que as pessoas tentam não pecar de um jeito pecando de outro, por exemplo, mentem.

É muito fácil você mentir e omitir para evitar que os outros sofram. Mas como omitir “Seu filho morreu” ou mentir “Eu te amo”. Ah claro, esse ponto é ótimo, mentir um amor é dar alegria hoje e sofrimento amanhã. As comparações que fiz foram um poucos distantes uma da outra, de um sentimento de profundo sofrimento e talvez o maior sofrimento que alguém pode sentir é a perca de um filho.

Mas e o Amor ein? Descobri que O Amor é o sentido do sofrimento. Sem um o outro não existe. Você prefere não amar e não sofrer, ou amar e sofrer? Eu não sei, mas chego a conclusão de que se Sofrer é inevitável tanto quanto amar também é. Veja por exemplo no post aqui do meu Tumblr “E até mesmo os Ogros amam” de um tal de Marcelo.

1 compartilhamento
Inserida por twilliann