João Ubaldo Ribeiro: Em tese, somos capazes de nos apaixonar...

Em tese, somos capazes de nos apaixonar por tantas pessoas quantas sejamos capazes de lembrar, o limite é este, não um ou dois, ou três, ou quatro, ou cinco, ou... Frase de João Ubaldo Ribeiro.

Em tese, somos capazes de nos apaixonar por tantas pessoas quantas sejamos capazes de lembrar, o limite é este, não um ou dois, ou três, ou quatro, ou cinco, ou dezessete, todos esses números são arbitrários, tirânicos e opressores.

João Ubaldo Ribeiro RIBEIRO, J.U., A Casa dos Budas Ditosos. Editora Objetiva, 1999.
151 compartilhamentos
Inserida por mapezinha