Jhonathan Luiz: Escutar uma música olhando suas fotos...

Escutar uma música olhando suas fotos não torna tudo melhor, relembrar o passado chorando, me alimentando de falsas esperanças, pelo contrário é pior.
Me olhar no espelho e ver seu reflexo nos meus olhos, escutar seu nome por todo lado. Isso está me deixando louco. Te ver em todos os rostos, isso não pode ser amor, se for é doentil.
Quero parar de sofrer por você, mas às vezes parece tão profundo esta dor que parece ser pra sempre, simplesmente eterna, mas às vezes eu esqueço, é frequênte, você me cai em esquecimento, se torna algo que não consigo entender ou não consigo acreditar que existe.
Por que tamanho amor foi me atingir? Mas eu encho tão bem a boca pra falar, que nem sei se é amor de verdade, mas se não for, nossa, é um sentimento sem nome, sem definição, sem tamanho, vem do coração, mas se vem daqui é sem entendimento, pois não precisa entender, necessita sentir.
A cada lágrima que do meus olhos saem, se for de tristeza é por você, mas não se culpe. Se for de felicidade é por você e pode se culpar, com seu rostinho você me rouba qualquer sorriso, qualquer inocente gesto seu me torna um ser bem, feliz e me sentir vivo perto de você é muito boom, sabe? É como a sensação de dormir em um lugar e acordar em outro, não dá para explicar.
E te ter presente junta à mim é o maior presente. E assim, agora por uma atitude por um dom de magoar eu me afasto de você. Melhor, nós nos afastamos e enquanto estou longe de você, percebo a cada dia, dia à pós dia, semana à pós semana, eu sou apenas "eu" se não tiver você. Também não quero conversar, "tô" sendo orgulhoso sim, mas é que se eu for falar com você eu caiu nesse seu jogo de amor, vai me olhar com aquele único rosto que tem todo comando sobre mim e com uma simples “desculpa” vai me convencer a se tornar "eu e você" novamente e esse jogo é sempre a mesma coisa, eu sou a única peça que sempre perde. Eu estou cansado disso, quero viver no meu próprio jogo, onde não saio perdendo e tento não deixar ninguém perder, onde só quem sabe falar a verdade e ser sincero joga. Mas perdoar é um ato de amor e eu te perdoo denovo, mas não sei se você precisa ficar sabendo. Tudo vai mudar apartir daquele momento e eu te peço mais uma vez: - Eu aceito, mas só se você aceitar as regras e como eu propor. Não sou ninguém que você sempre quis, mas sou o que vai te fazer feliz e por favor, você sabe, só eu posso te dar tamanho amor.

1 compartilhamento
Inserida por JhonLuiz