Ket Antonio: A IMPORTÂNCIA DO USO DA PONTUAÇÃO NAS...

A IMPORTÂNCIA DO USO DA PONTUAÇÃO NAS FRASES ESCRITAS E FALADAS.

Os pontos são importantes, pois são eles que indicam a sua expressão numa frase e é a impressão que se vai causar em quem lê ou escuta.
São eles, os mais conhecidos e muitas vezes usados de maneira incorreta:

- Ponto final, de afirmação ou negação ( . )
- Vírgula ( , )
- Ponto e vírgula ( ; )
- Reticências ( ... )
- Exclamação ( ! )
- Interrogação ( ? )

Vejamos uma pequena explicação, usando uma redação para ilustrar estes sinais de pontuação.

As vírgulas são pequenas pausas na frase que, de fato, devem ser empregadas de maneira correta, mas, se você perceber, numa locução, as pausas se fazem presentes exatamente onde as vírgulas estão sendo usadas nesta oração (basta ler de novo, porém em voz alta para fazer o teste); podendo ser substituídas algumas vezes por ponto e vírgula, quando existir uma pausa maior ou uma mudança dentro do mesmo assunto; ou ainda por ponto final, quando chega um ponto em que se tem uma conclusão e já se tornou cansativo falar sobre.
As reticências? Ah... As reticências! Como disse o sábio Mario Quintana: As reticências são os três primeiros passos do pensamento que continua por conta própria o seu caminho. Entendeu? Se não entendeu, então vai...
Pesquisar... Pesquisar é excelente! Como eu amo pesquisar! E é assim que se usa a exclamação. Quando você clama ou reclama, você exclama. Para enfatizar também serve. Mas cuidado! Se expuser muito sua “clamação” pode se tornar um chato de tanto exclamar, ou reclamar.
A interrogação é sem dúvida a pontuação mais fácil. Precisa dizer mais alguma coisa?

Pontuar errado é tão errado quanto escrever errado. E aqui eu errei de tanto repetir a palavra “errado” numa mesma frase. Mas alguns erros até passam. O importante é se fazer entender.
A Língua Portuguesa não é chata. É rica! E riqueza foi feita para usar.
Você aguenta uma pessoa falando na sua orelha sem parar? Chega uma hora que você, não entendendo mais nada, alerta essa pessoa: Ei, calma! Fala devagar... Para, respira e continua.
Na escrita é da mesma forma. Para se fazer entender no papel, comece pontuando certo. Lembre-se da pessoa falando na sua orelha sem parar... E escreva seguindo o alerta: Pare, pense e continue. Pare, pense e continue...

2 compartilhamentos
Inserida por ketantonio