Pâmella Ferracini: A visão do amor A vida é realmente uma...

A visão do amor

A vida é realmente uma caixinha de surpresas. Nada como um dia após o outro para começarmos a entender tudo que acontece conosco. O que antes era um pensar certo, agora é uma dúvida peculiar. E, o que agora é até então a melhor maneira de resolver “algo” já nos deixa com uma idéia bem diferente de sua realização.

Dizer o que é certo e errado chega a ser um pouco equivocado, pois as coisas mudam “as vezes” . Nem sempre o que achamos é o que de certo existe, ou é de fato. Imaginar, sim, nossa mente imagina “tantas coisas” das quais de cada cinco, pelo menos duas mudamos nosso pensar.

Um amor, por exemplo, antes mesmo de começar algo, já começamos sua idealização. Por uma carga excessiva de nossos planos, medos em cima de um “início de amor” é por um “quase” fim no que ainda está no início. Assim, voce sofre, e a segunda parte fica totalmente sem ação. A parte masculina, é sempre na “sua” pouca fala, mas, não se engane em pensar que “homens não sabem manifestar seu amor” muito se engana quem pensa assim.

Os homens sabem sim, mas, o que diferencia das mulheres é que deixa claro seu amor, para eles é como perder o controle da ”invisível liderança na relação” para eles os papéis são: Mulheres são românticas, e homens devem ser durões, “claro que como tudo na vida á exceção em tudo, cada caso um caso” .

A forma mais fácil de viver um amor, é deixa os dias falarem por si só, nada de pressão, nada de cobranças, muito menos “cenas de mulher carente, que cá entre nós, nós mulheres temos um vulcão dentro de nós, um passo errado, e lá se vai tudo ao chão” ou estou exagerando em? Mas, que é bom ser correspondida em palavras, e atitudes por quem amamos, isso é .

continuação ...

1 compartilhamento
Inserida por PamellaFerracini