Rogerio Woloszyn: As vezes eu imagino que sou um...

As vezes eu imagino que sou um astronauta,
La em cima, acima de tudo e de todos,
Me sinto grande, o melhor, indestrutivel,
Mas logo me cai a ficha e me volto a realidade,
Não sou nada mais que ninguem,
Alias, varias vezes é assim que me sinto,
Um ninguem, um simples clandestino em um mundo estranho,
Um planeta aonde todo mundo parece normal,
O normal enjoa, faz mal a todos,
Ainda bem que me sinto diferente, pelo menos pra mim,
Os outros me imaginam normal, eu sei disso por mim mesmo,
Já tentei ser o que eu não sou,
Ser fiel a minhas palavras,
Falar e fazer não é algo que eu sei muito bem,
O que eu digo quase sempre não concorda com o que eu faço,
Então, eu traço uma rota cheia de mentiras,
Eu não entendo até onde eu quero chegar,
Procuro o melhor, mas nasci errado infelizmente,
Meu mundo é outro, sou clandestino,
Tentei ser o melhor de mim,não consegui
Não, por que o erro ja nasceu comigo...

1 compartilhamento
Inserida por rwoloszyn