Dário David: O Grito Que saudade amor. Que falta...

O Grito

Que saudade amor. Que falta estás fazendo em minha vida. Não são tão fácies essas noites que te procuro nas horas tristes e não estas. Todos os segundos da minha vida, sem você, não existe. Eu tinha tudo, agora vivo por aí. Os sonhos nascem todos os dias em meu pensamento me revelando a certeza de um infinito adeus. A distância invade minha alma, percorrendo meu corpo, buscando por você no mais intenso vazio da minha solidão.
O grito em silêncio da minha voz, que te chama na medida da dor, implorando pelo o seu amor, ah, se apenas o teu coração ouvisse, e dissesse pra você o quanto eu te amo e quanto eu te quero aqui perto de mim. E assim, você chegasse pra mim e dissesse que também me ama. Ah, uma correnteza cristalina da mais pura lagrima escorreria pelo o meu rosto, trazendo novamente para minha vida a felicidade. E você, mais uma vez não me escutou. É nada é como a gente deseja.
Eu não sei mais no que acreditar. Não sei mais se o amor existe de verdade ou se é apenas uma ilusão que o coração cria em nosso pensamento, sentimentos vazios que busca amar ou sofrer. Mais, eu sei de uma única coisa, é que eu te amo e está muito difícil calar esse meu coração.
Se o amor existe de verdade, será que um grande amor um dia pode pra sempre acabar?

1 compartilhamento
Inserida por DDavid26