Diego Ramos: Divórcio de poeira Poeira pairava nos...

Divórcio de poeira
Poeira pairava nos céus em harmonia com o vento ,
ele se sentia tão vivo voando naquelas correntes de ar .
Conhecia “tudo” graças à seu amado .
Um casal perfeito , até um lindo dia ensolarado , o dia da separação ,
poeira pensava em silêncio ; Eu acho que o vento é muito autoritário ,
está sempre me mandando , vá para aqui agora vá para ali ,
e eu cego de paixão obedeço mas pra mim chega ,
então poeira expôs seus pensamentos para o vento que odiou a conversa ,
e disse eu sou autoritário mesmo e não vou mudar .
Foi uma discursão violenta , então acaba aqui o casamento adeus disse poeira .
A nuvem amiga íntima do casal presenciou a cena e chorou , chorou muito ,
o tempo estava fechado , milhares de gotas caíram .
Uma dessas gotas atingiu e envolveu poeira
ele caiu em alta velocidade e teve medo de morrer ,
derrepente um impacto , a gota explode na superfície de um oceano sereno
e poeira conhece um novo mundo , aprende a nadar e criar o seu próprio caminho .

2 compartilhamentos
Inserida por alogyblogspot