Bru Bessa: Só mais uma conversa com Deus... Pai,...

Só mais uma conversa com Deus...
Pai, eu sei que errei, sei que sou imperfeita, sei que meus medos, receios e inseguranças muitas vezes faz com que eu cometa mais erros do que cometeria se tivesse uma personalidade mais forte e determinada, sem medo do que poderá acontecer, mas quero lembrar-te que todos erram.
Não posso justificar um erro tão banal mas, eu só considerei o meu raciocínio e não o contexto. Erro. Já disse que amava sem amar, já disse coisas sem sentir, já fingi que me importava, quando o que eu mais queria era proteger meu coração, já menti, já desrespeitei, já falei mais do que devia, não falei o que precisava. Já desconfiei de Ti, já tentei te esconder algo, já machuquei pessoas, mas também já fui machucada, mas tudo o que eu fiz, toda a minha vida está diante de Ti. Pai, mesmo com minhas imperfeições e com tantos pontos à serem melhorados, eu terei a audácia de pedir-lhe algo. Não pra mim, talvez, não diretamente, mas de certa forma é para mim, para a minha paz. À partir de uma decisão tomada, contra o meu desejo, admito, mas uma decisão tomada, peço permissão para seguir em frente. Peço que agora segure minha mão e me ajude a continuar, porque sinceramente, eu não sei fazer isso, dizem que Tu nunca entrega um peso maior do que o que a pessoa pode carregar, tudo bem, então isso quer dizer que eu consigo, mas peço que me ajude a dar os primeiros passos, serão os mais difíceis que eu terei que dar em toda minha vida. Pai, agora de coração pra coração, vem o principal, quero pedir que cuide muito bem dele, quero implorar que tome conta daquele coração, que não deixe-o entregar à pessoas de coração leviano, com maldade, com más intenções. Quero pedir que cuide dele por mim, durante todos os dias, que ajude-o a ter as expectativas profissionais atendidas, que ensine-o que não é necessário tanto quando se tem amor. Vó... quando eu falo com você, eu choro, é inevitável, talvez um dia eu deixe de derramar essas lágrimas, porque sei que você brigará comigo, mas até então, sinto muito... Vó, eu quero e preciso muito de você, junto com nosso Pai, quero que abrace o meu único amor, todas as vezes em que ele se sentir sozinho, quero que dedique à ele, todo o amor que dedicas à mim, que cuide dele como cuidaria, sendo ele, seu neto. Quero que entenda que eu sei que errei muitas vezes, que não sou e nunca serei perfeita, mas que não foi por mal. Quero que me perdoe pelos meus erros, vó, sei que você não ia gostar mas, ainda assim, cuide-o por mim. Não... tenho certeza que não. Assim como você, com todos os defeitos, amou somente um homem e depois dele, nenhum outro foi capaz de entrar na sua vida, permanecerei. Tenho orgulho de você e sinto inveja por saber que o homem que você amou, saiu da sua vida, mas te deixou com herdeiros que te encheram de alegria. Eu não tive essa sorte, foi uma promessa que ele havia feito, mas eu o perdôo. Hoje não ganhei o meu "bom dia", chorei até dormir, chorei ao acordar e chorei ao sentir a falta que ele me faz, me desculpe, mas não vou ser forte para parar de chorar por tão cedo, quando lembro dá saudade, quando dá saudade eu deixo o coração transbordar a tristeza e o vazio que o invade. Diante de tantos pedidos, resumidamente, peço que cuidem muito bem dele, já que eu não poderei fazer parte disso, e que se possível, faça dele eternamente feliz, seja com quem for. Em lágrimas, me despeço, fique com Deus, amém.

2 compartilhamentos
Inserida por brubessa