Luana Rodrigues.: Profunda indignação com seu próprio...

Profunda indignação com seu próprio ser. Esperando encontrar tal pessoa no final da rua. Desfilando entre uma curva e outra, afundando sua mágoas em um balde de lixo. Como deixar o passado de lado, e convidar o futuro para entrar? A sua vida tumultuada pela sociedade hipócrita, que julga sua imagem alternativa. Mas todos são crianças, sem inocência, completamente perdidos no tempo, sem conhecimento, propriamente ignorantes. Particularmente, sua casa bagunçada, livros de sua cabeceira baixa, cigarros amassados pela metade em todo canto da casa. Tinha discos aranhados… e seu tapete da sala, manchado pelo vinho tinto caído da noite anterior. Com outra imagem agora, perceba quê não há palavras para definir, usaria várias páginas para descrever suas expressões tímidas, seu sorriso de canto de boca alerto. Entre em contato com a moça que ninguém conhece. Tal moça que um dia roubou minha máscara de gente forte e bem vinda, agora vou assim, estranha, esperando reciprocidade da vida em geral.

1 compartilhamento
Inserida por LuanaRodrigues